Por que o Brasil Precisa Urgentemente de Mais Engenheiros do que Advogados e Médicos? Em destaque

Por

2 de 2 pessoas acharam esta avaliação útil
★★
Interessante.
Seu artigo estava interessante até o momento que você trocou para doutrinação política neoliberal. Como Engenheiro, posso garantir que as políticas públicas do atual governo não são as responsáveis pela escassez de profissionais na área. O problema é que como engenheiro você está "condenado" a trabalhar como assalariado da iniciativa privada, enquanto médicos são autônomos e advogados fazem concursos públicos. Nenhum dos meus filhos quer "seguir os meus passos", eles querem ser médicos, pois um médico ganha praticamente 10 vezes mais do que eu.
Resposta do autor

Caro "Eng. socialista" Daniel, Tu não parece um engenheiro, pois na história da administração os primeiros pensadores da administração clássica e científica foram engenheiros e capitalistas: Henri Fayol, Frederick Taylor e Henry Ford. Logo, a filosofia do liberalismo econômico e suas condutas estão relacionadas diretamente a como administrar da forma mais eficiente e mais eficaz possível todas as organizações, sejam elas privadas ou governamentais. Também discordo absolutamente desta sua crença que tu estás "condenado" a trabalhar como assalariado da iniciativa privada. Isto é apenas uma interpretação esquerdista (socialista/comunista) que tu resolveu acreditar como "verdade absoluta, eterna e inquestionável", ou seja, praticamente um "dogma religioso". Os pais da Administração clássica e científica foram engenheiros e inventores e isto por si só é absolutamente contraditório à sua interpretação "esquerdista, vitimista e coitadista" que é totalmente equivocada e nada pragmática em relação às engenharias. Onde está sua proatividade? Onde está sua postura e conduta empreendedora? Onde está a sua livre iniciativa para tu ser o senhor do seu próprio destino, tomando iniciativa para se transformar em um empresário (não importando o tamanho)? Sabia que milhares de empresários no Brasil e no mundo ganham em pró-labore (e outros rendimentos somados ao patrimônio) muito mais de 10 vezes do que milhões de médicos, advogados e outros profissionais? Os esquerdistas lhe ensinaram a ser acomodado e/ou preguiçoso sempre esperando "muita ajuda" do "papai Estado e/ou Governo" (paternalismo e assistencialismo estatal)? Ou isto é apenas um reflexo de sua própria personalidade, temperamento e psicologia de ser acomodado e/ou preguiçoso? Tenho certeza absoluta que bilhões de pessoas discordarão de ti ao afirmar que tu pode sair desta "condenação" e "prisão esquerdista" e se transformar em um autônomo e até ser um empresário de sucesso! Basta trabalhar, trabalhar e trabalhar arduamente, com determinação, perseverança, foco no objetivo e boa gestão financeira que a prosperidade será consequência! Também a grande maioria dos executivos das maiores empresas do mundo possuem graduações em diversas engenharias chegando até a conquistar trabalhos, empregos e cargos de pessoas graduadas em administração! Outro dado também muito relevante é que muitos concurseiros classificados e campeões em aprovações em diversos concursos públicos são graduados em engenharia. Assim, desconfio muito de suas colocações. É difícil acreditar que existam engenheiros que são "100% esquerdistas" em todos os sentidos, pois os princípios teóricos básicos e as principais condutas técnicas das engenharias são extremamente coerentes com as filosofias e condutas de sociedades com economias de mercado: produtividade, eficiência, eficácia, meritocracia, resultados positivos (lucros nas empresas privadas e superavit na administração governamental), pragmatismo (resultados concretos e mensuráveis, independentes de filosofias políticas e econômicas) e foco em soluções objetivas! Já em relação à sua defesa do atual governo esquerdista do PT (Lula e Dilma), tu apenas repete a defesa falha e falaciosa dos esquerdistas: sempre querem colocar a culpa de seus erros, fracassos e crimes nos outros. Puro vitimismo e coitadismo esquerdista! É claro que os governos (prefeitos, governadores e presidentes da república) não são os únicos responsáveis pela baixa formação de engenheiros/ano no Brasil e pela criação de empresas de engenharias (indústrias de alta tecnologia em todos os setores), mas, infelizmente, os governos Lula e Dilma não executaram certas políticas públicas eficientes e eficazes em várias áreas (educação, ciência, tecnologia, economia, gestão, etc) para, pelo menos, estimular o aumento do número de engenheiros/ano formados e a criação de empresas de engenharia mecânica, eletrônica, química, mecatrônica, robótica, nanotecnologia, hardware, software, etc. Imagino que tu seja apenas um perfil falso (fake) de uma pessoa que fingiu ser engenheiro apenas para querer justificar seu "esquerdismo". Talvez seja até graduado, mas não acredito que seja em engenharia. Engenheiros são muito focados em construir "engenhos" (de todos os tipos e sentidos através de muito trabalho duro e estudos árduos) que solucionam os problemas (atitude típica dos eficientes capitalistas) e não em ficar apenas criticando, reclamando e pedindo mais direitos (atitudes típicas dos esquerdistas preguiçosos e acomodados que ficam sempre esperando ajuda dos paternalismos e assistencialismos governamentais). Como já disse, a ciência clássica e científica (Teoria geral clássica e científica) da Administração de empresas (privadas e governamentais na cultura ocidental) foram criadas por engenheiros capitalistas, ou seja, adaptados e concordantes com a economia de mercado. Então, definitivamente, é incoerente ser um engenheiro "socialista/comunista".


Denunciar