Recomendar este artigo para um amigo - O CASAMENTO DE OSÉIAS NÃO FOI APENAS SIMBÓLICO