SAUDADES INESQUECÍVEIS

SAUDADES INESQUECÍVEIS

A VIDA ÁRDUA NOS CANSA, DEPRIME, NOS ESTRESSA APREGOANDO CULPABILIDADES QUE MACHUCAM, DESCORTINANDO O VÉU DA ESPERANÇA. INVADE-NOS O CORAÇÃO SEM MALDADES, AS BEM-AVENTURANÇAS SÃO ALEGRIAS QUE IRRADIAMOS COM CONSTÂNCIA. CREDENCIANDO-NOS AO CONVÍVIO DA CRISTANDADE, DA FRATERNIDADE AO SABOR DO AMOR, DA AMIZADE ILUMINANDO NOÇÕES DE FELICIDADES. SENSAÇÕES ALEGRES E TRISTES DESNORTEIAM OS AZIMUTES DIVINAIS SACROSSANTOS QUE SOMATIZÃO, MAS DEIFICAM O AMOR DESENCANTANDO AS EMOÇÕES; ACOPLANDO SINGELAS ENERGIAS AOS NOSSOS CORAÇÕES.

AFAGOS, CORDIALIDADES, OPRESSÕES SÃO SENÕES E LUZIDIAS DE ESPERANÇAS JUDICIOSAS QUE NÓS DETEMOS, PRESOS ANELADAS AO MATERIALISMO E AS OBSESSÕES. REMISSÕES, EGÓLATRAS SÃO ESFACELAMENTOS, TRANSFORMADORAS EM PARADOXOS CODIFICADOS POR AÇÕES DANINHAS, ESCOLHOS, ESTEREÓTIPOS DE INCAUTOS SOFRIMENTOS. ORGULHO, EGOÍSMO E SEUS DERIVADOS, DESVIOS DE CONDUTA, VÍCIOS, SÃO ESCANINHOS PARA A NOSSA ALMA. A VIRTUDE, A FÉ DEVE EXISTIR PARA MINORAR O SOFRIMENTO HUMANO, E ASCENDER NOSSA REFORMA ÍNTIMA E PROMISSORA.

MASMORRAS SÃO TRISTEZAS LÚGUBRES QUE NOS ROUBAM O MAIS VALIOSO QUE TEMOS, A VIDA DIVINA QUE ENLEVA O HOMEM AO BEM, CREDENCIA-NOS A MAIS PORTENTOSA LOUÇÃ, A PRESENÇA TERRENA REPLETA DE GRACIOSIDADE, GENTILEZA, E ATITUDES VIÇOSAS E VIGOROSAS. CONVIVEMOS COM O FELIZ E O TRISTE, A PRESENÇA É SINÔNIMO DE ALEGRIA, A AUSÊNCIA DE TRISTEZA. SENTIMOS TRISTEZA NA AUSÊNCIA PELA NOSSA IMPERFEIÇÃO E O EXCESSO DE AMOR NO CORAÇÃO. A COMPANHIA SERENA E TRANQUILA QUANDO DESANELADA TRANSFORMA ALEGRIAS EM SAUDADES INESQUECÍVEIS.

O CORAÇÃO PALPITA, DESDITA, A INDOLÊNCIA TOMA CONTA DE NÓS, A INÉRCIA NOS LEVA A DEPRESSÃO, VEM A REMISSÃO SINTONIZADA PELO ACALANTO DOS AMIGOS, PARENTES E ADERENTES QUE SOFREM COMO NÓS. VÊM OS MELINDRES, A OCIOSIDADE, A TRISTEZA, A COMOÇÃO, AS AÇÕES REDENTORAS SURGEM DE TOGA TRAZENDO VENTURAS ALTANEIRAS, O CALVÁRIO NÃO É O FIM, A COMPLACÊNCIA DIVINA NOS ENCHE DE LUZ E A ALEGRIA ENDÓGENA EXULTARÁ COMO TRANSFORMAÇÃO HOSÂNICA DE NOSSOS SOFRIMENTOS.

HÁ SEMPRE UMA LUZ NO FINAL DO TÚNEL E COM ELA DEVEMOS ILUMINAR OS NOSSOS DISSABORES E TRISTEZAS TRANSFORMADAS EM PROVAÇÕES E REMISSÕES, A VIDA EM ETERNIDADE, A MORTE EM ESTADO PASSAGEIRO, APENAS UM ENIGMA ENUNCIADO, AMBÍGUO OU VELADO, SOMOS MAIS FORTES, SOMOS SEMENTES DE UM SER ONIPOTENTE, ONIPRESENTE E ONISCIENTE QUE SEMPRE QUER O BEM DA GUENTE. TRISTEZAS NÃO PAGAM DÍVIDAS, SOMENTE A ALEGRIA E A FELICIDADE PODE NOS LEVAR AO ÁPICE DA VIDA E DA IMORTALIDADE. O VETOR DESTA VENTURA BENFEITORA CHAMA-SE DEUS.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E DA ALOMERCE

Publicado
Visualizações
145.542
Votos
303