Como Viver uma Vida Santa

Título original: How to Live a Holy Life

Charles Ebert Orrn (1861-1933)

Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra

 

LEITURA DEVOCIONAL

Uma pessoa pode quase ser conhecida pelos livros que ela lê. Se lê habitualmente livros ruins - podemos concluir com bastante segurança que ele é um homem ruim; por outro lado, se ele habitualmente lê livros piedosos - podemos razoavelmente presumir que ele é um homem piedoso. Por que é isso? É porque a natureza dos livros de uma pessoa - geralmente é a natureza de seus pensamentos; e como um homem pensa, assim ele é. Conseqüentemente, nossa literatura devocional é uma ótima ajuda para o nosso ser devocional. Muitos poucos, temo, percebem o quão importante para o nosso avanço espiritual é o cultivo do gosto pela leitura devocional. Em regra, aqueles que conhecem livros espirituais e satisfazem esse gosto - prosperam no Senhor; enquanto aqueles que não gostam de tais livros trabalham em grande desvantagem. Alguém disse que "aquele que começa uma vida devotada sem um gosto pela leitura espiritual, pode considerar as dificuldades comuns multiplicadas em seu caso por dez". Os homens mais espirituais de todas as épocas tiveram um forte amor pela leitura de livros devocionais. Se, no entanto, o meu leitor não tem gosto ou tal amor, ele não deve ficar desencorajado, pois isto pode ser criado e aumentado através da perseverança na leitura de literatura devocional. Assim como uma pessoa que não gosta de um determinado alimento pode aprender a apreciá-lo se ele persistir em comer - então uma pessoa que não tem gosto por livros devocionais pode vir a apreciá-los, se ele diligentemente e com oração os examinar. A leitura espiritual revigora o intelecto, aquece as afeições e gera em nós o desejo de mais da plenitude de Deus e de uma vida mais celestial. É especialmente útil para a oração. Quando a mente está aborrecida e os espíritos deprimidos e não temos inspiração para a oração, a leitura de um poema espiritual muitas vezes estimulará a mente, elevará os espíritos e animará a alma, para facilitar a oração. Quanto aos livros a ler, a Bíblia, é claro, é o melhor de todos. Mas precisamos dos outros. Embora nenhum outro livro possa tomar o lugar da Bíblia e nenhum de nós deve negligenciar a sua leitura - há muitos livros que podem ser lidos de forma rentável em relação a ela. Mas, qualquer livro devocional que você esteja lendo - não leia muito rápido. Pense e medite à sua volta. Que haja um levantamento freqüente do coração para Deus na oração. Não é a abelha que voa tão rapidamente de flor em flor, que reúne o mel - mas a abelha que desce na flor. Algumas sentenças tomadas na mente e no coração, e moraram lá até que se tornaram parte de nós - são melhores do que muitas páginas lidas superficialmente.

PREFÁCIO

Se a leitura deste pequeno livro encorajar qualquer um em seu caminho de peregrinação; se os despertar para uma maior diligência; se criar neles um desejo mais forte de viver mais como Cristo; se lhes der uma melhor compreensão de como viver - então este pobre servo do Senhor será totalmente recompensado por todo o seu trabalho. Mesmo entre os filhos de Deus, há uma inclinação por parte de alguns, pelo menos, e talvez mais do que alguns, para diminuir a velocidade e não ser o melhor e mais ativo para Deus. Esperamos que este pequeno livro desperte esses para um maior zelo e fervor. Diligência, sim, aplicação constante, é o segredo do sucesso em toda a vida - e especialmente na vida cristã.

Este volume está escrito para todos aqueles que desejam agradar a Deus com uma vida bem vivida. É enviado em nome de Jesus, com uma oração para que Deus abençoe e ajude o leitor e o escritor a viver a vida no seu melhor e a cumprir o propósito de Deus em relação a eles.

Seu humilde servo no amor cristão,

Charles Ebert Orr

 

INTRODUÇÃO

Temos apenas uma vida para viver, apenas uma. Pense nisso por um momento. Aqui estamos neste tempo no mundo, cumprindo a jornada da vida. Cada dia estamos mais longe do berço - e mais perto do túmulo. Pensamento solene! Veja a poderosa caminhada de vidas humanas; ouça seu pesado passo na marcha. Alguns estão apenas começando a jornada da vida; alguns estão a meio caminho da colina, alguns alcançaram o topo, e alguns estão a meio do declive ocidental. Mas aonde todos nós estamos indo? Ouça, e você vai ouvir apenas uma resposta - "Eternidade!" Além dos brilhos apagados e moribundos do pôr-do-sol da vida - há um oceano ilimitado e infinito chamado Eternidade! De vez em quando, você e eu viajamos diariamente.

O tempo é como uma grande roda que vai ao seu redor. A seguir, continua. Alguns estão pisando e alguns estão saindo. Mas, onde esses últimos estão pisando? Na eternidade! Veja aquele velho com forma dobrada, cabelos brancos de neve e passos vacilantes. Aquele tem tido uma longa jornada, mas finalmente conseguiu. Veja o homem de meia-idade. Sua jornada não foi tão longa, mas ele deve sair. Veja o jovem. Ele já passou um pouco - mas ele é trazido para o lugar de arranque. Ele pensou que sua jornada seria muito mais longa. Ele supôs que ele estava começando - quando aquela mão gelada foi colocada sobre ele e alguém disse: "Venha, você cumpriu sua volta e você deve ir!" A criança que deu seu primeiro choro esta manhã - pode pronunciar seu última balbucio fraco hoje à noite. E assim eles vão. Mas onde? Eternidade.

Se você começasse hoje e perguntasse a cada pessoa que conheceu: "Onde você está indo?" e, se possível, você deveria viajar pelo mundo e perguntar a cada um dos habitantes da Terra, não poderia haver mais do que uma resposta: "Eternidade".

"Oh, eternidade, longa eternidade!

Ouça os passos solenes da eternidade!"

Apenas uma vida para viver! Apenas uma vida - e então devemos enfrentar uma eternidade vasta e infinita! Devemos passar pelo caminho da vida, senão uma vez. Cada passo que damos - é um passo que nunca pode ser dado de novo.

Com este fato em mente, quem não sente vontade de invocar o Deus Todo-sábio para direcionar cada passo dele. Se, quando dermos um passo errado, pudéssemos voltar e dar uma volta, então não haveria uma necessidade tão grande de dar um passo com cuidado. Mas nunca podemos voltar. Estamos deixando pegadas. Assim como os nossos passos são, assim serão as pegadas que contarão a história da nossa vida. Se tivéssemos vinte vidas para viver, como viver essa vida não seria de tão grande importância. Teríamos então dezenove vidas para corrigir os erros e pecados desta; mas, infelizmente! Nós temos apenas uma! O que, então, devemos buscar mais fervorosamente, do que saber como viver?

Não duvidamos, mas há no coração do leitor um forte desejo de viver a vida como deveria ser vivida. Graças a Deus, você pode. Você deseja que sua vida seja como o oásis fértil, onde o viajante cansado se refresca. Você viu os raios de luz persistentes sobre a encosta e a copa das árvores e dourando a nuvem depois que o sol tinha caído. Você deseja que os belos raios de luz de sua vida permaneçam muito tempo depois que seu sol se por. Você pode tê-la assim. As ações que você faz - viverão depois que você for embora. São as pegadas. Alguém disse que todos os dias estamos construindo a casa que vamos ocupar na eternidade. Se isso é verdade, nada deve nos interessar tanto como o modo como devemos viver. Alguns homens estão dedicando seu tempo e as habilidades à invenção; alguns estão estudando a política; alguns estão estudando as artes, outros as ciências; mas nós devemos aprender um pouco mais sobre como viver. Muitos estão pensando muito sobre como eles desejam morrer - mas vamos aprender a viver. Se vivermos bem - então morreremos bem.

Uma vez que não temos mais do que uma vida para viver, e com ela devemos enfrentar a eternidade, tenho certeza de que há muitos que querem aproveitar ao máximo a vida. Há muitos que querem ter o melhor da vida. Este mundo não é um play-ground, ou um lugar para barganhar com o tempo. É um lugar de trabalho e esforço, um lugar de propósito e seriedade, um lugar para fazer algo. A vida não nos é dada para ser desperdiçada, mas nos foi dada para realizar um propósito na mente do Criador. Se nos configurarmos para viver como devemos, Deus nos ajudará e nenhum homem pode nos impedir. Estamos comprando tesouros para a eternidade fazendo um bom uso do tempo. Se você desperdiçar um dólar - você pode recuperá-lo; mas um momento desperdiçado - nunca pode ser recuperado.

Existe uma grande responsabilidade na vida. Isso significa muito para viver. Foi o tempo, quando você e eu não éramos, mas agora somos. Nós somos, e nunca pode vir um momento em que não devemos ser. Você e eu sempre existiremos de alguma forma, em algum lugar.

Um pensamento doce para mim, é que eu tenho tempo suficiente para fazer tudo o que Deus pretende que eu faça, e faça isso bem. Então vem outro pensamento - um pensamento que assombra: o bem que eu faço, a soma da minha utilidade, será menor do que deveria ser - se eu passar um momento de tempo inutilmente. Deus nos dará todo o tempo que precisamos para realizar tudo o que ele nos propõe para realizar - mas ele não nos dá um momento para nos afastarmos.

A missão deste pequeno volume é fortalecer e dinamizar e ajudá-lo a passar a vida como deveria. Que seja o favor do Grande Mestre, que prometeu "mostrar-nos o caminho da vida" - abençoar esse pequeno trabalho e ajudar alguém a uma vida pura e nobre e à realização de todo o desígnio de Deus em lhes dar vida.

 A VIDA MODELO

Ao fazer qualquer coisa, é sempre bom ter um modelo para moldar nosso trabalho. Na verdade, nada é feito sem um padrão, seja real ou imaginário. O menino fazendo um brinquedo, tem em sua mente um modelo pelo qual ele está enquadrando seu trabalho. Do mesmo modo, o escultor tem em mente um modelo, e com os "resíduos de mármore - a imagem cresce" na semelhança da visão em sua alma.

Para viver essa nossa vida como deve ser vivida, devemos ter um modelo perfeito, segundo o qual padronizar. Graças a Deus, este modelo perfeito de vida pode ser encontrado. De todo o vasto número de vidas que viveram desde Adão até o presente dia, houve apenas uma que podemos tomar como modelo. Esta é a vida de Jesus. Ele diz: "Eu sou a vida". Para viver bem a nossa vida, para vivê-la ao mais alto grau de perfeição - devemos moldá-la de acordo com a gloriosa vida de Cristo. A vida de Jesus é a vida modelo para todo cristão. Ele nos convida, sim, nos ordena, seguimo-lo, pisarmos os passos dele, caminhar como caminhava.

Houve muitos homens bons no mundo - mas nenhum deles nos oferece um verdadeiro padrão de vida. Havia um homem que disse: "Sejam meus imitadores", mas ele imediatamente acrescentou, "como eu também sou de Cristo". O homem pode viver assim, para nos revelar a vida de Cristo. Podemos seguir, não eles - mas a vida de Cristo que eles manifestaram através deles.

Deixe-me aqui dizer uma palavra sobre um assunto sobre o qual podemos ter mais para dizer a seguir. O homem mais grandioso e mais nobre que já existiu - foi para revelar a vida de Cristo para outro, ajudando assim a pessoa a se moldar mais segundo a imagem de Jesus.

Uma pequena flor cresceu em um lugar tão sombreado, que nenhum raio do sol poderia cair diretamente sobre ela. Uma janela estava de tal forma situada que, em uma certa hora da tarde, refletia os raios do sol sobre a flor, dando-lhe cor e beleza e ajudando-a a florescer.

Assim mesmo, algumas pessoas vivem na sombra densa. Nenhuma luz de Cristo já brilhou sobre eles. Se você viver de modo a refletir a vida de Cristo e derramar luz sobre eles, assim sela sobre eles uma vida mais santa - você não viveu em vão. Reflita a vida de Cristo em sua pureza e beleza diante de alguém e influencie-o, embora apenas um pouco, para viver melhor e amar mais a Jesus - é uma obra cujo valor nunca pode ser computado. Aquele que ajuda outro a um modo mais santo de viver, faz mais do que aquele que ganha grande honra e riquezas mundanas. Bem-aventurada é a vida que faz com que outra vida seja mais parecida com Cristo. Oh, que este pensamento penetre nossos corações e nos encha de uma paixão maior para viver a vida de Deus.

A voz da Escritura nos diz que devemos ser "imitadores de Deus como filhos amados". Quando as crianças são queridas pelo coração dos pais, ele gosta de fazê-las lhe obedecer. Os filhos de Deus são queridos por ele, e ele faria com que o seguissem. Seguir a Deus é imitá-lo, ou ser como ele. Este é o verdadeiro caminho da vida.

"Como o que o chamou é santo, você também será santo em toda a sua maneira de viver". 1 Pedro 1:15. Somente aqueles que vivem piedosamente em toda a sua vida, passam os dias de sua peregrinação como deveriam. Jesus percorreu o verdadeiro caminho da vida; dizendo para caminharmos em seus passos. Se formos a cada dia exatamente onde Jesus pisou, então, olhando para trás, não podemos ver uma pegada nossa; mas se tomarmos um único passo falso, nossa pegada mostrará a nossa partida do verdadeiro modo de vida. Quão profundas e solenes são as palavras da Escritura, pelas quais nos é ordenado caminhar como "Jesus andou"!

Jesus diz: "Eu sou o caminho". Não existe outra maneira direta e perfeita. Se caminharmos como Jesus andava - então andaremos no verdadeiro caminho da vida. Só este é o caminho que conduz aos portões de ouro da glória e dos campos doces do céu. Esse brilhante mundo de bem-aventurança nos encoraja. Se seguirmos a Jesus e vivermos como ele viveu - a aprovação de Deus será sobre nós, e sua mão estendida nos ajudará no caminho da vida e, finalmente, sobre o turbulento rio da morte - até a costa iluminada pelo sol eterno. Muitas vezes podemos nos cansar e pensarmos que o cansaço do caminho é quase pesado demais; mas quando lembramos que é o caminho que Jesus pisou - então os céus abrem para a nossa visão, aguardamos com expectativa a mansão preparada para nós, e os trabalhos do caminho ficam mais leves.

(Nota do tradutor: De fato, seguir ao Senhor não é algo pesado, pois o seu jugo é suave e o seu fardo leve, uma vez que não é segundo o nosso velho homem que o seguimos, mas segundo a nova criatura que passamos a ser na conversão, pela regeneração e santificação do Espírito Santo, que implanta em nós esta nova natureza celestial e espiritual, pela qual podemos efetivamente servir a Deus.)

Veja aquele peregrino envelhecido que atravessa o declive ocidental da vida. O sol está se aproximando da configuração. Longa e dolorosa foi sua peregrinação - mas ele andou no caminho que seu Salvador pisou. Por muitos anos, sua vida foi escondida com Cristo em Deus. Nele, ele viveu e se moveu e teve seu ser. Agora ele está dando o último passo na costa do tempo; ele passa para fora da nossa vista através dos portões, naquela terra onde os horizontes terminaram e o sol nunca se põe. Mas sua vida foi a vida de Jesus. Ele era santo - como Deus é santo; ele caminhou - como Jesus andava. Isto é como viver. Este é o verdadeiro caminho da vida, e o único caminho para a vida eterna. Aquele que não vive com Cristo na terra - não pode viver com ele no céu! Aquele que não vive como Jesus viveu - não vive como deveria. A vida de Cristo foi a vida perfeita. A nossa é perfeita, na medida em que o imitamos.

Tome minha vida, ó divino Cristo,

Faça-me santo, assim como és;

Cada ato e pensamento e palavra,

Seja um fluxo de saída de meu Deus.

Guia meus pés e guarda meu coração;

Não me deixe partir de você;

Deixe-me respirar seu amor fervente,

Que minha alma seja elevada ao céu.

Enquadre-me, Jesus, enquadre-me mais próximo;

Jogue Seu braço forte à minha volta;

Abrace-me ao seu lado perfurado;

Abrigue-me junto ao seu peito!

Ensina-me toda a sua vontade e palavra,

Para que minha vida seja preenchida com Deus;

Ensina-me, Cordeiro do Calvário,

Como viver esta vida para ti!

 COMO VIVER A VIDA DE CRISTO

O homem não pode naturalmente viver a vida de Cristo. Mas Cristo prometeu entrar em nossos corações e viver em nós. Para que possamos ter Cristo habitando em nossos corações e para que possamos viver sua vida, deve haver uma desistência de nossa própria vida. Deve haver aniquilação de si mesmo – para que Cristo possa viver em nós. É realmente maravilhoso e tão glorioso - como é maravilhoso que o homem possa viver a vida de Cristo neste mundo. Mas aqui está o segredo: é o homem que deixa de viver a própria vida - e Cristo passa a viver nele.

Imagine uma figura de bronze oca na imagem exata de um homem. Suponha que você preencha essa figura oca com uma espécie de vida que devemos chamar de vida própria. Esta vida passa a usar as mãos e os pés, os olhos, os ouvidos e a língua; em suma, todos os membros desta figura de bronze - mas usa-os no interesse de si mesmo. Agora você deseja fazer uma mudança; você quer que a imagem fale, aja e pense apenas para você. Você deve primeiro fazer morrer a vida que está usando a figura, limpá-la por completo e depois entrar em você mesmo. Uma vez dentro, você pode usar todos os membros dessa imagem para si mesmo.

Seu corpo é como essa figura de bronze oco. Havia uma vida em você que usava todos os membros de seu corpo - no interesse de si mesmo. Mas houve uma mudança. Você foi feito uma nova criatura. A vida que você já teve, foi morta - foi crucificada; então Cristo entrou em seu coração, e agora ele usa todos os membros de seu corpo para Si mesmo. Você ainda vive, mas ainda não você - mas Cristo vive em você. Uma vez que você fez coisas por si mesmo - agora você as faz por meio de Cristo. Assim como você viveu proposital e intencionalmente para si mesmo - agora você faz coisas intencional e propositalmente para Jesus, porque é ele quem vive, e não você mesmo.

Você lembra como uma vez que você planejaria para si mesmo. À noite, quando você se deita na sua cama, e de novo pela manhã e ao longo do dia você pensa sobre o que você iria comer ou beber, o que você teria para vestir, onde você iria viver, onde você iria, e o que você iria fazer. Mas agora você é mudado; você é uma nova criatura. Agora não é você que vive - mas Cristo vive em você. Agora você não come para si mesmo - mas para Jesus. Você vai agora, não onde o eu o guiará - mas onde a vida em você ama ir e você teria que ir. Você faz coisas, não para si mesmo - mas para Jesus. (Nota do tradutor: Isto pode soar exagerado para alguns que não conhecem esta nova vida, mas não é, porque de fato deixamos de frequentar muitos lugares, e de fazer muitas coisas que fazíamos antes, por causa da nossa conversão a Jesus, que nos fornece uma disposição e inclinação santas para fazer apenas aquilo que é da Sua vontade.  Imitar a vida de Cristo não consiste em simplesmente tentar copiar a sua vida modelar, por meio da nossa compreensão natural de tudo o que se refere à sua vida, conforme registrado na Bíblia. Tratando-se de uma vida espiritual, sobrenatural, celestial, divina, é impossível sequer compreendê-la pelo simples uso da razão natural. É preciso nascer de novo do Espírito. Requer-se que recebamos antes esta nova natureza espiritual, esta nova inclinação para as coisas espirituais, celestiais e divinas, não somente para a compreensão delas, como também para tê-las incorporadas em nossa mente e procedimento.)

Ó Cristo, eu morro, para que você possa viver,

Para que você possa viver em mim;

Que tudo o que penso ou falo ou faço,

Possa ser, Senhor, tudo por você.

Não pode ser o mínimo de mim mesmo

 - Mas todos sejam mortificados.

Oh, que eu não faça nada por mim mesmo,

Nem mesmo uma respiração egoísta!

Para que meu Salvador viva em mim,

Para ocupar o todo,

Para tornar meu coração seu trono real

E tomar o controle completo.

É tudo que eu peço; é tudo o que desejo;

É todo o desejo do meu coração,

Que eu seja apenas um arbusto no caminho

Para sustentar o fogo santo de Deus!

Sob os seus pés, ó Cristo, eu caio

Um pedaço de barro rendido,

Para que tu me moldes como quiseres,

Para ter seu próprio caminho doce!

 

 

 

O CAMINHO DA BÍBLIA

Se a Bíblia não nos tivesse sido dada - não saberíamos o caminho em que Jesus andava. Mas ele nos deu sua Palavra. O caminho da Bíblia - é o caminho de Cristo e, portanto, é o verdadeiro caminho da vida. Ó peregrino para o reino celestial - a Palavra de Deus será uma lâmpada para os seus pés e uma luz para o seu caminho. Ela irá iluminá-lo em casa. Nunca haverá um dia tão escuro, mas os feixes de luz da Bíblia abençoada atravessarão a escuridão e cairão com um resplendor brilhante em seu caminho. Se às vezes você não pode ver exatamente onde Jesus pisou - então pegue o precioso Livro de Deus, e será uma lâmpada para mostrar a maneira como ele pisou.

Uma manhã invernal, um pai passou uma longa distância pela neve profunda para alimentar sua ovelha. Poucas horas depois, um menino foi enviado para chamar seu pai para casa. A criança estava cuidadosamente pisando as pegadas diante dele - mas logo uma nuvem escura surgiu e a tempestade de neve cegou seus olhos e ele frequentemente se afastava. Na bela e clara luz da Bíblia, podemos ver todo o caminho que Jesus pisou. Se caminharmos de acordo com a Bíblia, andaremos como Jesus andava - e não perderemos um passo. Faça da bendita Palavra de Deus o seu guia - se você deseja andar no caminho da vida corretamente e ser feliz.

"E muitas vezes para o seu conforto

Você lerá o Guia e o Gráfico:

Tem sabedoria para a mente

e doce consolo para o coração;

Ela servirá como seu mentor;

Ela o guiará com certeza e corretamente,

Todo o tempo que você vai viajar,

seja o fim em breve ou tardio."

"Toda a Escritura é inspirada por Deus e é proveitosa para ensinar, repreender, corrigir, treinar em justiça, para que o homem de Deus seja completo, equipado para toda boa obra". 2 Timóteo 3: 16-17. Se pela fé recebemos em nossos corações, a instrução em justiça dada pelas Escrituras – seremos amadurecidos espiritualmente. Oh leitor, se você deseja saber como viver - estude a Bíblia! Ela indica o caminho de forma clara e direta. Deixe suas verdades em todo o seu poder atingir a profundidade do seu coração. Deixe a sua alma desfrutar a Bíblia e beber sua força e doçura - como a abelha sorve a doçura da flor. À medida que o animal come a erva e pela assimilação converte-a na vida física - então coma o Livro de Deus e o converta-o na vida espiritual. É a comida dos anjos. Mas ao invés de ser a Bíblia convertida em vida humana, é a vida humana transformada na pureza da Bíblia. Existem grandes profundidades na Bíblia. O texto mais simples contém profundidades para as quais sempre podemos descer.

Aqueles que desejam uma vida santa devem colocar a vida de Cristo diante deles como retratado pelas Sagradas Escrituras. Você não pode ver muito dessa vida perfeita, por um olhar passageiro. É aquele que olha para a lei perfeita da liberdade e continua a olhar - quem verá a vida perfeita que ela retrata. O artista deve olhar longamente a paisagem e vê-la em sua alma - antes que ele possa reproduzi-la sobre a tela. A descrição bíblica da vida de Cristo - deve preencher sua alma com admiração e com um forte desejo de possuí-la. Seu coração deve se apossar disso até que a vida seja focada e impressa sobre sua própria alma. É como a arte de pintar. O objeto deve ser definido diante do coração.

A Bíblia é a luz que faz brilhar a imagem de Cristo sobre a alma. Para que os puros de coração se desenvolvam em uma vida espiritual superior - eles devem ganhar tanta admiração pela beleza de Cristo - que desejam possuí-lo em maior plenitude. A súplica do coração será: "Senhor, deixe a sua beleza estar sobre nós!" Suas almas seguirão muito as Suas perfeições. De nenhuma outra forma, a alma se desdobrará e se tornará a vida cristã superior. Aquele que não aprendeu a crescer na graça - ainda não aprendeu a viver. Para viver a vida da melhor maneira possível - é necessário estar fazendo um progresso constante. Oh, deixemos que Jesus seja a nossa melhor vida! Quando nos aproximarmos do fim do caminho e o sol da vida estiver afundando baixo, se ao olhar para trás não pudermos ver mais que uma vida passada no serviço de Deus, caminhando à luz de sua Palavra - isso nos proporcionará uma satisfação incalculável.

Oh bendita Palavra da vida eterna,

A lâmpada para guiar o caminho,

Através deste mundo cansado de pecado e conflito,

Para o dia perfeito do céu!

O CAMINHO CELESTIAL

Há um céu. Há um lugar de descanso eterno e felicidade. Eu não fui para o céu - mas o céu veio até mim; então eu sei que há um Céu. Muitos que comeram laranjas nunca estiveram em uma terra onde as laranjas crescem - mas essas pessoas sabem que deve haver tal terra, porque provaram seus frutos. Da mesma forma, eu sei que há um Céu - porque desfruto diariamente de sua alegria.

Não só existe um Céu - mas há um caminho para o Céu. O céu é um lugar santo - e o caminho para o céu é um caminho santo. Isaías, o profeta, disse: "E ali haverá uma estrada, um caminho que se chamará o caminho santo; o imundo não passará por ele, mas será para os remidos. Os caminhantes, até mesmo os loucos, nele não errarão." Isaías 35: 8.

O cristão habita em um lugar celestial. O escritor aos santos em Éfeso diz: "Ele nos criou juntos e nos fez sentar juntos em lugares celestiais". Para viver em um lugar celestial na eternidade - devemos viver uma vida celestial agora. Aqueles que não vivem uma vida celestial na terra - nunca viverão no céu.

A vida celestial é a única vida que vale a pena viver. É a única vida que acaba no Céu. O caminho da santidade - é o caminho da felicidade. Santo e feliz - é a verdadeira e correta vida do homem. Esta nossa breve vida - deve ser a santidade e a felicidade constantes. Sem isso, a vida não é como deveria ser. É nosso privilégio em Cristo, caminhar pelo caminho da vida em santidade e em perfeita paz e alegria. Tal vida fluirá para uma eternidade de alegria indizível!

Doce vida celestial! Doce vida feliz

Suas alegrias aumentam a cada dia.

Oh alma minha, pressione e continue

Nesse caminho alto e santo.

GUARDANDO OS MANDAMENTOS

A Palavra de Deus é pura. O próprio céu e o grande trono branco não são mais puros do que a Palavra de Deus. Nossa vida pode ser pura, deve estar em uma doce harmonia com a Bênção da Bíblia. Uma vida que é vivida em obediência à Bíblia - é tão pura quanto a Bíblia. Tal vida é pura o suficiente para o céu. O escritor de Apocalipse, que estava no Espírito, viu "um rio puro de água da vida, limpo como cristal, saindo do trono de Deus e do Cordeiro". Este fluxo puro era a maravilhosa Palavra de vida. Era tão puro como sua fonte, que era o trono de Deus. A vida através da qual esse fluxo puro flui - será tão pura quanto o trono.

Um dos escritores do salmo disse: "As palavras do Senhor são palavras puras: como a prata provada na fornalha, purificada sete vezes". "Sua palavra é muito pura, portanto seu servo a ama". O escritor de Provérbios diz: "Toda palavra de Deus é pura". Quando o véu é retirado e nossas almas são trazidas cara a cara com a pureza da Bíblia - então entendemos que uma vida bíblica - é a vida melhor, mais pura, mais nobre e mais santa que pode ser vivida sobre a Terra.

Nas seguintes palavras, temos a soma de toda a vida verdadeira e correta: "Agora tudo foi ouvido, aqui está a conclusão do assunto: Teme a Deus e guarde seus mandamentos, pois este é o dever total do homem". Eclesiastes 12:13. Este texto, conforme apresentado na versão da Septuaginta, revela mais claramente a verdadeira significação: "Ouça o fim do assunto, a soma. Teme a Deus e guarde seus mandamentos, pois este é o homem inteiro". O homem não é inteiro, ele não é completo como originalmente pretendido, quando não guarda todos os mandamentos de Deus. Falta algo na vida, que não está em plena obediência a cada palavra de Deus.

A Bíblia fala de uma cidade bonita nesse mundo brilhante e celestial. É uma cidade de ouro puro, tão clara como o cristal. Suas paredes são de jaspe; suas doze fundações são decoradas com todo tipo de pedras preciosas; seus doze portões são portões de pérola; suas ruas são ouro puro. Naquela cidade justa - não há pecado, nem dor, nem doença; tristeza e dificuldade nunca vêm lá; uma lágrima nunca deve cair de qualquer olho, pois nenhuma lágrima está lá. Não há morte naquela maravilhosa cidade tão justa. No meio da rua, ergue-se a árvore da vida. Ah, quem não quer morar para sempre naquela cidade de amor e luz, quando as dores e tristezas, as provações e as lágrimas, desta vida cansativa acabarem?

Escute enquanto eu leio em acentos claros, distintos e inconfundíveis: "Bem-aventurados os que obedecem aos seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida e entrem pelas portas da cidade". Apocalipse 22:14. Ó viajante para a eternidade, sua entrada na bela e gloriosa cidade de Deus - depende da sua conduta respeitando os mandamentos de Deus, enquanto você está fazendo a jornada pelo turbulento mar da vida.

Guardar os mandamentos de Deus - é todo o dever do homem. Se ele fizer todo o seu dever através da vida - então ele surgirá do vale escuro e sombra da morte, e encontrará os portões de pérola se abrindo para ele. Quem, então, não se deterá com os mandamentos de Deus? Quem, então, não obedecerá a sua voz e caminhará diariamente em seus caminhos santos? O obediente será recompensado por uma herança inefável, na cidade eterna de ouro. Há uma bela mansão na grande casa de Deus, para toda alma obediente. Oh, como isto é abençoado!

Estou pensando no céu esta noite,

Na mansão preparada para mim,

Onde Jesus, meu Salvador, agora habita,

E onde eu estou desejando estar!

O Céu não é digno de uma vida de obediência à Palavra de Deus - embora a obediência seja através de. . .

tempestades de perseguições, fornalha de provações,

oceanos de tribulações, e

anos de trabalho e sofrimento?

Moisés "considerou o opróbrio de Cristo - como de maior valor do que os tesouros do Egito - porque ele estava olhando para a sua recompensa!" Hebreus 11:26

Sente-se por um momento e, por um forte olhar de fé, desvie o olhar para o céu e veja a mansão brilhante preparada para você. Veja essas paredes de jaspe, esses portões perolados e aquelas ruas de ouro. Veja a coroa da vida, a harpa de Deus e a luz do Cordeiro. Será que não suportaremos as provações da vida, com um pouco mais de paciência? Não devemos estar vigilantes para caminhar nos caminhos de Deus e obedecê-lo, para que esta rica herança possa ser nossa para sempre? Parece que posso ouvir uma resposta que vem do fundo de um coração sincero e confiante: "Sim, viveremos em humilde obediência a Deus na Terra, para que eu esteja com ele para sempre naquela cidade celestial de  luz". (Nota do tradutor: as próprias tribulações, provações, tristezas, que suportamos por causa de nosso amor a Jesus, visam ao nosso aperfeiçoamento espiritual para o céu. Não são contra nós, portanto, mas para o nosso próprio bem, uma vez que sendo pecadores, necessitamos ser conduzidos à santidade, para termos comunhão com Deus e conhecimento da Sua vontade.)

Além das costas do tempo e dos reinos deste mundo – há um reino chamado o reino dos céus. É o lugar onde Deus tem o seu grande trono branco, em torno do qual os anjos tocam suas harpas douradas e clamam: "Bênção, honra, glória, louvor e poder sejam dados a Deus para sempre". É em torno deste trono, que aqueles que passaram pelas tribulações e pelas cenas tentadoras deste mundo inferior, e atravessaram os portões da morte - estão cantando a doce música da redenção.

Quem não deseja se juntar a essa multidão feliz e celestial - e agitar as palmas nas mãos e usar essas vestes brancas e cantar essas músicas doces além do vale da sombra e da morte? Pareço ouvir muitas vozes dizendo: "Espero estar entre essa multidão de seguidores!" Deixe-me dizer-lhe com toda ternura e amor - mas muito claramente, que a realização de sua esperança depende inteiramente de como você vive enquanto aqui neste mundo. Ah, quanto desse grande e solene futuro depende do nosso modo de vida neste mundo! Deixe-nos aprender a viver bem, ser o nosso melhor todos os dias.

Podemos sonhar com um lar no céu; podemos entreter a esperança de ver Jesus e de herdar uma mansão nas margens da felicidade eterna; podemos imaginar-nos caminhando pelos campos florescentes do paraíso e sentados sob a árvore da vida. Mas nossos sonhos, nossas esperanças e nossa imaginação nunca serão realizados - a menos que guardemos cuidadosamente os mandamentos de Deus. Mais do que uma mera profissão é necessária; a obediência é a única porta para o reino de Deus. Jesus disse: "Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus". Até que nossa fé atravesse e veja as belezas e as realidades de Deus, para que possamos dizer das maiores profundidades da alma: "Eu me deleito em fazer a sua vontade, ó Deus", e "Minha comida e minha bebida é fazer a vontade daquele que me enviou", nós não entramos completamente no caminho verdadeiro e correto da vida. Guardar os mandamentos de Deus, é o dever de todo o homem e para toda uma vida santa. (Nota do tradutor: É pela guarda dos mandamentos que se evidencia se nos convertemos de fato a Cristo, e por conseguinte, se nascemos de novo do Espírito, por termos sido justificados. A salvação é somente pela graça, mediante a fé, e não pelas obras da Lei, nem mesmo pela nossa obediência sincera aos mandamentos de Jesus, senão pela nossa exclusiva fé nEle, mas se requer que demonstremos que somos salvos de fato por um amor aos mandamentos e por uma sincera aplicação em guardá-los.)

 SER PRATICANTES DA PALAVRA

Quero lembrá-lo de novo, que a missão deste pequeno volume é ensinar você a viver a vida eterna. A vida além - depende da vida aqui. Deixe-me enfatizar o que eu repetidamente disse antes: para viver como devemos - devemos viver por cada palavra de Deus. Viver por cada palavra de Deus, não é apenas ouvi-la - mas também praticá-la. Aprendemos que, para entrar na cidade de Deus e comer da árvore da vida, devemos obedecer aos seus mandamentos, e também que não são "todos os que dizem: “Senhor, Senhor!”, que entrarão no reino de Céu - mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está no céu." (Nota do tradutor: Antes de tudo, a vontade do Pai é que creiamos no Seu Filho Jesus Cristo e em toda a obra que ele fez em nosso favor, sobretudo pela negação de nós mesmos, e tomar a nossa cruz para segui-lo em tudo. O mais é decorrência disto.)

Agora vou ler-lhe um texto da Epístola de Tiago: "Mas sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-vos a vós mesmos". Estamos vivendo em uma época descuidada. A Palavra de Deus está sendo tratada com negligência. Muitos estão ouvindo - mas, infelizmente! Quão poucos estão praticando! Desta forma, as pessoas se enganam. Eles pensam que estão a caminho do Céu - quando não estão. O único caminho para o céu é praticar os mandamentos. Para ilustrar isso, eu vou encaminhar você para alguns textos. "Se o seu inimigo está com fome - alimente-o". Romanos 12:20. "Quem te ferir na sua face direita - volte-lhe a outra também". Mateus 5:39. "Assim como quereis que os homens vos façam, do mesmo modo lhes fazei vós também.". Lucas 6:31. Se nos parece mais natural viver de acordo com esses textos, podemos começar a concluir que nossos corações estão certos com Deus. No entanto, devemos ter um coração que não se rebele contra qualquer texto na Bíblia. Somos exortados fervorosamente pelo apóstolo Pedro a confirmar nossa "chamada e eleição com certeza". A única maneira de fazê-lo - é viver de forma submissa a cada palavra de Deus. Oh, meu querido leitor, aquelas esperanças doces que você teve de chegar ao Céu e de ver Jesus, e aqueles amados queridos que foram antes de você para o outro lado - nunca serão realizadas por você, a menos que seja um praticante diligente da Palavra de Deus. Sinto-me no dever de  alertá-lo contra todo descuido e negligência, e para manter-se no amor de Deus. Veja que o seu coração e a vida leiam todos os dias à medida que lê a Bíblia - e você terá um fundamento inabalável para sua fé e esperança. Se você deseja saber como viver e fazer o melhor da vida - leia a Bíblia muitas vezes e conforme sua vida ao seu ensino.

QUEM SÃO OS SÁBIOS?

Quem é um homem tolo? É um homem que ouve as palavras de Jesus - e não as pratica. Ele é comparado por Ele a um homem que era tolo o suficiente para construir sua casa sobre a areia. Seria melhor para este homem não ter construído, pois o custo de construção foi perdido. Ele poderia ter tido o dinheiro para seu uso e prazer - se ele não tivesse desperdiçado na construção de uma casa na areia. Um homem tolo, na verdade!

Quem é um homem sábio? É o homem que ouve as palavras de Jesus e as pratica. Ele é comparado a um homem que construiu sua casa sobre uma rocha. Do ponto de vista temporal, nada mais é tão propício para a felicidade do homem como uma boa casa. Não é possível usar melhor o dinheiro do que gastá-lo na construção de uma casa, desde que a casa seja construída em uma base segura. Um homem que ouve a Palavra de Deus e a pratica, é parecido com esse homem. Construir um caráter cristão em obediência à Bíblia, é a maior sabedoria. Isso é construir uma mansão no céu.

Uma experiência cristã real e verdadeira e a vida, custam algo - mas pagam, porque ficarão de pé. Uma mera profissão do cristianismo pode custar muito pouco - mas não paga, uma vez que não vai resistir. Um homem que ergue sua casa sobre a areia, pode construir a um custo menor do que aquele que escava profundamente e coloca suas bases sobre a rocha - mas no momento em que mais precisa de sua casa - quando os ventos sopram e a chuva cai - é quando é destruída. Por outro lado, o homem que constrói sobre uma rocha, tem uma casa para protegê-lo das tempestades. Da mesma forma, aquele que constrói uma experiência cristã em obediência à Palavra de Deus, terá algo para atendê-lo em um momento de necessidade.

Aprendemos assim da parábola de Jesus dos sábios e insensatos construtores de casas - que obedecer a Bíblia é o verdadeiro caminho da vida.

GUARDAR OS MANDAMENTOS, UMA PROVA DE AMOR

Nós somos ordenados a amar a Deus. É o primeiro e o maior mandamento. O amor é mais do que uma emoção; é um ato da vontade. Uma mãe ama seu filho constantemente, embora ela nem sempre experimente as emoções do amor. Seu cuidado com seu filho é uma prova de seu amor. Talvez não possamos sempre experimentar um sentimento de amor em relação a Deus - mas sempre podemos amá-lo. Nosso amor é medido, não por nossas emoções - mas por nossa obediência - nosso serviço. Trabalhamos para aqueles que amamos - e o amor torna o trabalho leve. Não é uma coisa irracional obedecer a Deus - quando o amamos.

É possível fazer uma profissão de amor a Deus - e não amá-lo realmente. Pode ser que muitos estão enganados neste momento. Uma Escritura diz: "Se alguém ama a Deus, este é conhecido dele". Jesus diz: "Por que você diz "Senhor, Senhor", e não obedece as coisas que eu digo?" O amor é algo mais do que meras palavras. É inútil fazer uma profissão de amor com Jesus - e não fazer o que ele diz. Um marido não pode convencer sua esposa de seu amor, por uma mera profissão de amor - mas ele pode convencê-la por seus atos. Nós devemos amar, não apenas em palavras e língua, mas também em ações e em verdade. Mais uma vez, Jesus diz: "Se um homem me ama - ele guardará minhas palavras". Aqui está uma prova infalível de amor. Se você não obedecer a Deus - então ele sabe que não o ama, não importa o quanto você possa professar amá-lo.

Por isso, a Bíblia Sagrada lembra que, para passar a nossa breve vida como deveríamos - devemos guardar os mandamentos de Deus. Nenhuma outra vida encontrará aceitação com Deus. Nenhuma outra vida o agradará. Ele deseja o seu amor com certeza - mas ele quer um amor tão grande que o induzirá a obedecê-lo. Não conduza a sua experiência cristã pelos seus sentimentos, mas mire-a pela sua obediência como procedendo de um princípio interno. Quando você encontra alguma coisa em seu coração que faz você obedecer a Deus, não importa o que você sinta, então você tem boas razões para esperar que seja cristão.

Nos capítulos subsequentes, digo-lhe algo sobre o que a Palavra de Deus ensina - mas, antes de tudo, desejo convencê-lo plenamente e ajudá-lo a sentir que o caminho certo e verdadeiro é a obediência ao seu ensino.

O BENEFÍCIO DE OBEDECER A PALAVRA DE DEUS

Tudo que é dito nas Escrituras é dito para nos mostrar a necessidade de viver em harmonia com a Bíblia. Se nossas vidas estão fora de harmonia com um texto nesse livro abençoado - ainda não estamos preparados para o Céu. Nunca podemos ser admitidos no eterno reino de Deus - se recusarmos conscientemente ou negligenciarmos a viver cada palavra de Deus. Somos, portanto, exortados, suplicados, encorajados, advertidos e comandados – a obedecer todos os textos da Bíblia. Somos encorajados a obedecer - sendo informados sobre o benefício de guardar os mandamentos.

É natural para as mães, amar ver seus filhos sendo bem falados. Quando um jovem, por sua boa conduta, está ganhando um nome justo, as mães, quando juntas, observarão: "É abençoado ser a mãe de um jovem assim". Havia uma mulher que ouviu falar da fama de um jovem. Ele estava expulsando demônios, curando os doentes, abrindo os olhos aos cegos e abrindo ouvidos surdos e, consequentemente, ele estava ganhando uma reputação ampla e favorável. Esta mulher veio ao jovem e com a mãe em seu coração, disse-lhe: "Bem-aventurada a mãe que te deu nascimento e te cuidou". Foi, de fato, abençoado ser a mãe desse jovem. Um anjo do céu reconheceu isso. Ao falar com Maria do nascimento de Jesus (pois ele era o jovem), o anjo disse: "Salve, você que é altamente favorecida, o Senhor está com você: abençoada é você entre as mulheres". Ela era mais favorecida do que qualquer outra mulher na terra, porque ela se tornaria a mãe do Filho de Deus.

Pode ser que alguém seja mais abençoada do que essa mãe feliz de Jesus? Deixe-nos ouvir sua resposta à mulher - "Mas ele disse: Sim, mais abençoados são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a guardam". Jesus não negou que era abençoado ser sua mãe - mas disse que aqueles que ouvem a palavra de Deus e a guardam são mais abençoados. Deus favorece aqueles que o obedecem. "O disposto e o obediente comerão o bem da terra". "Se você tivesse ouvido os meus mandamentos, a sua paz sairia como um rio". A felicidade é o resultado da obediência - e o céu é a recompensa final

A RELAÇÃO QUE TEMOS COM CRISTO ATRAVÉS DA OBEDIÊNCIA

A razão pela qual é mais abençoado obedecer a Palavra de Deus, do que ser a mãe de Jesus, é óbvia. As coisas espirituais são mais altas do que as coisas físicas. A relação espiritual é mais próxima do que a relação natural. A irmandade em Cristo é mais próxima do que a fraternidade na carne. Um irmão no Espírito é mais caro para nós do que um filho de nossa própria mãe. A obediência a Deus nos faz um com Deus. Maria era a mãe de Jesus segundo a carne - mas os filhos de Deus desfrutam de tal relação segundo o espírito.

“Disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, e procuram falar contigo. Ele, porém, respondeu ao que lhe falava: Quem é minha mãe? e quem são meus irmãos? E, estendendo a mão para os seus discípulos disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Pois qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã e mãe.". Mateus 12: 47-50.

Todo mundo que deseja passar a vida no mais alto grau possível de perfeição, deve fazer um estudo constante da Bíblia e obedecer com atenção e diligência a todos os seus preceitos. Fazer isso o levará ao relacionamento mais próximo possível com Deus e fará melhor a vida que o homem possa viver.

(Nota do tradutor: à medida que crescemos espiritualmente, mais entendemos e praticamos a verdade revelada na Bíblia, e a recíproca é verdadeira pois quanto mais conhecemos a verdade, mais crescemos. Isto é processado por graus ao longo da vida, e mais intensificado até o atingimento da maturidade espiritual, pelo acréscimo de virtude a virtude, como se vê no primeiro capítulo da segunda epístola de Pedro. As experiências da vida cristã nos ensinarão a sermos longânimos, pacientes, misericordiosos, perseverantes, amorosos, etc, em meio às tribulações. Observe que primeiro aprendemos a paciência, depois a experiência, e finalmente a esperança.)

NOSSA VIDA DEVE ADORNAR O EVANGELHO

Adornar é fazer atrativo, embelezar. Somos exortados pelo apóstolo Paulo a enfeitar a doutrina do Novo Testamento pela nossa vida cotidiana. Este pensamento deve ser um poderoso incentivo para fechar a vida com Deus, e assiduamente guardar todos os seus mandamentos. Quem não gostaria de decorar os ensinamentos de Jesus, por uma vida pura? Esta é a alegria do coração do cristão. Ele não se importa com as decorações do mundo - mas, oh, que ele possa viver de modo a tornar linda a bênção da Bíblia! Esta é a felicidade suficiente para ele.

Em outra das Epístolas de Paulo, somos comandados a "deixar nosso modo de vida ser como convém ao evangelho de Cristo". Adequar, é também fazer atrativo ou dar uma melhor aparência. Um artigo de vestido é adequado a nós, quando nos dá uma aparência melhor. Nós falamos da má conduta de qualquer pessoa como não sendo apropriada para ela. Devemos adequar o evangelho de Cristo - pela vida santa. Quando uma vida é vivida como Deus projetou que a vida deveria ser - que a vida seja um adorno para as Escrituras.

Deus embelezará seus filhos com as glórias de sua graça redentora; ele os adornará com um espírito manso e quieto, o que, à sua vista, é muito precioso, para que eles, por sua vez, possam adornar seus mandamentos. Como uma noiva se adorna com joias - então o Pai celestial embeleza seus filhos com a túnica da justiça.

A vida de um cristão é o tesouro especial de Deus. "Eles serão meus", diz o Senhor, "naquele dia em que eu os fizer minhas joias", ou "tesouro especial", como é representado pela margem (veja Malaquias 3:17). Ao ler o contexto, aprendemos que são aqueles que temem o Senhor, que são suas joias. Temer a Deus e guardar os seus mandamentos - é todo o dever do homem. É uma vida perfeita. Tal vida é a joia do Senhor. Tal vida está registrada no céu. Oh, quão animador é esse conhecimento! Como fortalece nossos corações para viverem uma vida justa. Porque viver uma vida digna de ser gravada no Céu, e ser um tesouro especial para Deus - é verdadeiramente maravilhoso. Nossas almas estão maravilhadas com tal pensamento.

Ah, como deve mover nossos corações para o cuidado na vida! Quão diligentes devemos ser para caminhar como cidadãos dignos do nosso estado celestial! Algum dia o Senhor virá e reunirá essas vidas santas e colocá-las-á em seus pátios celestiais do Alto, onde devem brilhar como as estrelas para sempre!

O CRISTÃO É UMA EPÍSTOLA DE CRISTO

A vida que vivemos está sendo lida. Não passamos pelo mundo despercebidamente. Alguém está olhando, e alguém está, até certo ponto, moldando a sua vida pela nossa. Nossa vida a cada dia, está sendo escrita na memória de alguém. Meu próprio grupo de filhos queridos ao meu redor às vezes falam de sua mãe, que foi para o céu. Sua vida pura e santa, escrita em sua memória, é lida uma e outra vez para mim. Ela ainda vive como uma epístola em seus corações. Eles liam sua vida diária enquanto ela estava com eles, e eles continuam lendo isso desde que ela se foi. Dos cristãos é dito serem a epístola de Cristo (2 Coríntios 3: 3). Porque ler sua vida - é ler a vida de Jesus. Toda a Bíblia que muitos lerão - é o que eles leem nas vidas dos cristãos!

A vida será lida exatamente como é, não como possa fingir ser. Não é o que pretendemos ser - mas o que realmente somos, que irá ficar na memória dos outros. Aqueles que leem nossas vidas, têm uma maneira de ler entre as linhas. Não devemos esforçar-nos tanto para tornar a vida santa - como para ser santo. Se você é santo - então viva exatamente o que você é. Nunca devemos nos esforçar para ser o que não somos. A única maneira pela qual a Bíblia pode ser lida na vida - é levá-la ao coração. As pessoas nunca lerão a Palavra de Deus em sua vida, simplesmente porque você tem um Novo Testamento no seu bolso ou uma grande Bíblia familiar na sua mesa central. A Bíblia pode entrar na vida, apenas começando no coração. Existe o poder na Palavra de Deus - mas funciona no interior. "Que a palavra de Cristo habite em você ricamente". Isso transformará a vida para que a vida seja lida como as Sagradas Escrituras.

A Palavra de Deus é uma luz para nos iluminar em uma vida santa. Se seguimos suas instruções em justiça - isso nos tornará espiritualmente maduros. Isso revela nossas imperfeições e, assim, nos dá a oportunidade de fazer melhorias. Descobrir uma imperfeição na vida não é uma coisa ruim, e não precisamos pensar que somos pior para a descoberta. É somente quando deixamos que a imperfeição permaneça depois que nos é revelado, que ficamos pior.

O coração que vem sob a influência da Bíblia - carregará a imagem de Jesus - mas disso eu terei mais a dizer em outro lugar. Então concluo aqui dizendo: viva a Palavra de Deus, deseje o leite genuíno da Palavra, e você será uma epístola de Cristo. Devemos sentir a responsabilidade que está sobre nós, lembrando que toda a Bíblia que alguma vez lerão - é o que eles leem em sua vida! Ah! Deixe-nos ver que eles leem em nossa vida - como fazem no livro, para que os que nos seguem caminhem nas pegadas de Jesus

COMO PODEMOS VIVER COMO UMA BÍBLIA LIDA

É tão natural e fácil para um cristão viver a vida cristã - como é para um pecador viver uma vida pecaminosa. O pecador não precisa fazer nenhum esforço para viver uma vida pecaminosa; ele a vive naturalmente e facilmente. A vida procede do coração. O coração é a fonte - e a vida é o fluxo. Como a fonte é - então o fluxo será. Não é difícil viver uma vida cristã - quando nossos corações são puros. Este é o segredo da santidade da vida.

A questão importante, então, é: "Como posso ter um coração puro?" Os corações são feitos puros pelo sangue de Jesus. Então vem o comando, "Mantenha-se puro". Para que o coração seja mantido puro - deve ser preenchido com o que é puro. Para manter a escuridão fora de uma sala, precisamos apenas mantê-la cheia de luz. Fechar cuidadosamente todas as fendas, não será suficiente se a luz estiver apagada. A escuridão estará presente. Mas simplesmente mantenha o quarto cheio de luz, e nenhum esforço é necessário para evitar a escuridão. Da mesma forma, nenhum esforço deve ser feito para manter a impureza fora do coração, e manter o coração preenchido com o que é puro.

Mas o que é puro? "A palavra de Deus é pura, como a prata provada em uma fornalha de fogo, purificada sete vezes". "Sua palavra é muito pura, portanto seu servo a ama ". "Que a palavra de Cristo habite em você ricamente", e seu coração será puro. O escritor do salmo disse: "Escondi tua palavra no meu coração, para que eu não peque contra ti". Aqui está o único caminho para uma vida santa. Mantenha o coração preenchido com a Palavra de Deus - esta é a maneira de viver como uma Bíblia lida.

Porque ter um volume das Escrituras deitado na mesa central, não manterá a vida santa. Devemos ter a Palavra em nosso coração.

Viver uma vida bíblica - é a única maneira verdadeira e correta de viver, e para viver tal vida, precisamos ter a Palavra escrita no coração. "Vou colocar minhas leis em suas mentes e as escreverei em seus corações". Hebreus 8:10. Vamos ilustrar isso, tomando um único texto: "Ter comida e roupas nos deixam satisfeitos." Quando tivermos estas palavras no coração, elas serão verdadeiras na vida. Todos os transtornos e preocupações e murmúrios serão banidos da vida - quando o coração estiver cheio da verdade.

COMO MANTER A PALAVRA DE DEUS NO CORAÇÃO

Se manter a Palavra de Deus no coração é o único caminho para o bem-estar cristão bem-sucedido, imediatamente você quer saber como mantê-la no coração. A Palavra é mantida no coração, assim como a comida é mantida no corpo. A comida é comida, e depois pelo processo de assimilação, ela se torna parte do corpo. Isso é um mistério, no entanto, todos sabemos que é verdade. Nós nos sentimos fracos no corpo - mas logo depois de comermos, nós nos sentimos mais fortes. De alguma forma, esse alimento entra na vida e nos torna mais fortes. Agora, "o homem não deve viver de pão somente, mas de toda Palavra que procede da boca de Deus". Nós podemos comer a Palavra de Deus, e devemos comê-la para entrar em nosso coração e vida. Ao ser comida e no processo de assimilação, a palavra se torna uma parte do nosso ser interior. Nós a comemos pela fé, e o Espírito a assimila em nossos corações.

Vamos tomar um texto: "Preferi-vos em honra uns aos outros". É abençoado ter uma experiência como essa. Porque se sentir feliz quando outros são honrados e não somos, certamente é uma experiência desejável. Nós podemos tê-lo. Ao ler o texto acima, ame-o, admire-o, deseje-o, peça-o, acredite que você o recebe - e você o possui. Será uma verdade de beleza e de poder em sua alma e vida. Mas lembre-se, você deve ter uma ânsia por isso. Você deve se apossar dele como o bebê faz no peito da mãe. O mesmo é verdade em relação a todos os textos da Bíblia. Coma todo o livro, e assim você o terá como uma fonte gloriosa de poder e pureza em sua vida.

O HOMEM É UM VEÍCULO PARA EXIBIR AS PERFEIÇÕES DE DEUS

O homem foi criado para um propósito, e esse propósito é glorificar seu Criador (Isaías 43: 7). Mas o homem pecou e ficou sem a glória de Deus. O Senhor, para que ele ainda seja glorificado no homem, fornece uma maneira de redenção. Através da redenção que temos em Cristo, podemos viver para a glória de Deus. Este é o propósito de Deus. Toda a vida deve ser tal como para glorificar o Criador - e tudo o que fazemos deve ser feito com esse fim em vista. Viver para Deus, honrar sua Palavra, exaltar seu nome - este é o dever do homem. Responsabilidade solene! Oh, que cuidado devemos trabalhar em nós. Que desejo veemente! Que busca sincera e séria de Deus! Oh para que possamos viver uma vida dessas.

Jesus estava aqui no mundo e era a luz do mundo. Ele tinha um corpo humano, e nesse corpo vivia uma vida que glorificava a Deus. Essa foi uma vida exemplar. Tal vida, e apenas uma vida - é para a glória de Deus. Devemos moldar a nossa vida segundo a dele - se desejamos passar a vida como deveríamos. Saber como Jesus viveu - é para saber como devemos viver. Toda vida que é semelhante à vida de Cristo é aceita por Deus. Nenhuma outra vida pode ser. Enquanto Cristo estava aqui no corpo, ele estava na imagem expressa do Pai. O verdadeiro e santo caráter de Deus foi revelado através da vida humana de Jesus para um mundo perdido e pecador. Deus fez tudo o que pôde para revelar seu verdadeiro caráter ao homem por leis, cerimônias e ordenanças; mas estas eram apenas a sombra da vida verdadeira que deveria ser a luz do mundo. Cristo era Deus e homem. Tendo uma forma física, que é visível, ele poderia colocar a santidade de Deus em plena vista diante do mundo. Se você deseja conhecer a vida verdadeira - olhe para Jesus.

Mas sua vida poderia ser perfeita - apenas como foi dada em sacrifício pelo homem. Sua vida era santa - porque era uma vida sacrificada a Deus. Nenhuma vida pode ser possuída por Deus e usada para a sua glória, que não lhe seja sacrificada. Jesus se entregou como oferenda e sacrifício a Deus por nós (Efésios 5: 2). Ele não está mais na Terra, para demonstrar o princípio moral ao mundo. Mas agora vem o comando ao homem: "Portanto, imploro aos irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresentem seus corpos, como um sacrifício vivo, santo, aceitável a Deus, que é seu culto racional". Romanos 12: 1.

Deus teria essa vida humana nossa, para ser oferecida em sacrifício, de modo que não sejamos mais nossos, senão dele. Quando fizermos isso, haverá uma mudança, uma mudança maravilhosa. A vida não será mais mundana, ou no curso de homens comuns de mentalidade terrena. Será uma vida transformada, uma vida na qual Deus pode viver e fazer a vontade dele. Através do sacrifício de Cristo, Deus tomará a vida sacrificada do homem e a possuirá por seu Espírito - e novamente demonstrará o princípio moral ao mundo. Ó homem, esse é o seu chamado na vida. Você é o veículo para transmitir as perfeições de Deus a um mundo incrédulo. Você deve ser um vaso vazio para que Deus o preencha consigo mesmo e o use para a sua glória.

Ó homem, considere e conheça, o propósito para o qual você foi criado e o lugar que você ocupa na criação. Você não é uma criatura baixa. Você é a mais alta de todas. Deus condescende a andar e conversar com você. Ele mantém você na mão dele. Anjos ministram para você. Quando você passa pelas águas profundas - o próprio Deus estará com você para que não o afoguem; e quando atravessar o fogo - ele andará com você para que a chama não o queime; porque você é precioso e honrado à sua vista, e ele colocou seu amor sobre você. Você é tão precioso para ele - que deu o seu Filho unigênito para morrer para resgatá-lo do pecado e do inferno!

No vasto universo criado, que lugar o homem ocupa? Ele se destaca como uma criatura que traz o selo da imagem divina, uma criatura dotada de eternidade. Os céus passarão, mas o homem será para sempre. Ele foi capaz de manter comunhão com o Criador. Ele ocupa o relacionamento com Deus – como a criança com seu pai. Sendo feito à semelhança de Deus, ele sai no palco do poderoso universo - para desempenhar a parte mais alta e mais nobre em todo o drama das existências criadas. As canções das estrelas da manhã enquanto cantam juntas, derramando seus hinos nos ouvidos de Deus, não são tão doce música como a voz de orações e a adoração da alma santificada do homem. O Mestre foi criado para o propósito mais elevado na mente de Deus. Ele é escolhido para representar o caráter divino. No palco, homens e mulheres representam certos personagens. O homem no grande estágio da vida é selecionado para representar o caráter santo de Deus. Ah, que ele possa desempenhar sua parte bem! Aquele que ocupa a parte mais alta e mais responsável neste maravilhoso jogo do universo - se afundará para a mais baixa vergonha e desgraça se ele falhar. Os olhos da terra, do Céu e do Inferno foram virados para o homem, enquanto ele saiu para desempenhar sua parte. Um jardim a leste no Éden foi selecionado como o terreno da exposição. Foi sussurrado pelos corredores do universo: "Será que ele conseguirá? Será que ele vai desempenhar sua parte bem?" Ah, a história triste! Ele falhou e ele caiu, trazendo um mundo em vergonha e desgraça, fazendo com que os anjos chorem e Deus se arrependesse de o ter feito. Mas o amor divino estava apontado para ele, e Deus buscou uma maneira pela qual o homem caído poderia ser levantado de seu plano baixo e degradado - até a alta posição que ele ocupou uma vez. Depois de procurar no céu, Deus encontrou apenas um caminho para a redenção do homem - mas com um preço a pagar. Ele pagaria? Ele convocou seu Filho, Seu único Filho, e apontou para ele a condição caída do homem, e como Ele foi roubado de glória e os demônios se regozijaram. O Pai disse ao seu Filho: "Somente a sua entrada nesse mundo inferior, semelhante à carne pecadora e ao sofrimento e à morte, pode redimir o homem". O Filho respondeu: "Eu irei. Eu sofrerei. Vou abaixar minha vida - esse homem pode ser restaurado para sua posição anterior, para que ele possa voltar a ocupar o papel que ele deveria desempenhar". O preço foi pago; o plano da redenção do homem foi efetuado; a imagem divina foi novamente estampada sobre o homem - para que em Cristo Jesus ele pudesse voltar a sair e, na peça de sua vida, revelar o caráter de Deus para o mundo.

Leitor, isso nos leva à sua parte e à minha. Temos a nossa parte a desempenhar na vida. Essa parte é exibir as perfeições divinas. Através de Cristo, isso é possível. Oh, que responsabilidade! Vamos desempenhar nossa parte bem? Novamente os olhos da terra, do Céu e do Inferno são voltados para nós. O apóstolo diz: "Somos feitos um espetáculo para o mundo, para os anjos e para os homens". 1 Coríntios 4: 9. "Homens" inclui bom e mau; da mesma forma, o termo "anjos" inclui anjos bons e maus. Então, como eu disse - Terra, Céu e Inferno são nossos espectadores. Viver a vida como deve ser vivida - é atuar nossa parte no palco da vida de modo a honrar a Deus e demonstrar seu caráter diante deste poderoso exército de espectadores.

Tal é o homem. Através dele, o caráter justo de Deus é tornado visível para o mundo. O próprio Deus é invisível; mas desde que entra em nosso coração e vida, e como nossa vida é física e visível - a sua santidade torna-se visível em nossa vida santa. Isto é como viver. Aquele que vive em um plano mais baixo do que a santidade - não está vivendo para os requisitos de Deus.

Deus não redimiu o homem a um preço tão grande - apenas por amor do homem. Ele o redimiu por sua própria glória. O homem redimido é a possessão comprada de Deus,  para que ele possa "mostrar as virtudes daquele que o chamou das trevas para a sua luz maravilhosa". 1 Pedro 2: 9. Mais uma vez, aprendemos que a missão do homem é mostrar em sua vida diária - as verdadeiras e santas virtudes de seu Criador e Redentor. Este deve ser o primeiro negócio de nossa vida - viver unicamente, propositalmente e com fervor para Deus.

Somos seres em quem Deus habita, e por meio de quem Deus deve exibir suas próprias perfeições sagradas. Isso é maravilhoso; isso é pesado. Existe, eu repito, uma grande responsabilidade no homem. Mas, a menos que ele sinta, ele nunca preencherá completamente, a medida da vida. Oh, quão deleitado é o coração amoroso de Deus para encontrar neste mundo, um ser em quem ele pode habitar e através de quem ele possa revelar sua própria vida santa! Devemos entregar-nos a ele? Devemos convidá-lo para os nossos corações? Devemos consagrar nossas vidas a ele - para que ele possa exibir suas virtudes em nós? Sim, querido Senhor, somos seus, inteiramente seus, agora e para sempre. Tome total posse; viva em nós; reine em nossos corações; use cada faculdade de nossos seres para sua própria glória. Que sua vontade seja feita em nós e através de nós, como é feita no céu.

Jesus reunirá os seus santos anjos diante dele e os dirigirá assim: "Você vê o irmão fulano? Ele é um peregrino e estranho lá embaixo na terra. Ele é meu filho. Eu o lavei no meu sangue e o vesti com o belo vestuário de salvação. Seu coração é puro e cheio de amor. Está morto para o pecado e para o mundo. Ele ama minha vontade, e sua comida e bebida diária é fazê-la. Ele ama minha Palavra e a escondeu em seu coração. Ele guarda todos os meus mandamentos. Ele busca a minha glória. Muitas vezes comunica comigo. Ele é fervoroso em espírito e zeloso em boas obras. Suas boas ações e orações - eu guardo aqui no céu. Veja aquela bela mansão lá, com seus portões de ouro e paredes de jaspe, seus pisos de vidro transparente, seus corredores de calcedônia e colunatas de topázio e berilo. Essa mansão deve ser sua casa quando sua peregrinação naquele mundo subterrâneo for completada. Por sua caminhada santa e vida devotada - ele agora está confessando-me diante dos homens, e eu me agrado muito em dizer-lhe que ele é meu filho, e confessando-o diante de vocês e meu Pai no seu trono. Assim como eu disse na minha Palavra, quem me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai e dos santos anjos."

O homem redimido é uma luz no mundo. Na escuridão deste mundo, ele é um dissipador de escuridão. Sua vida brilha, derramando seus raios de luz pacíficos onde quer que ele vá.

A vida do homem, ao cumprir o propósito mais completo de Deus, é usada como uma lupa através da qual outros podem olhar e ver as belezas das perfeições divinas. Ai! É lamentável que a vida de muitos que professam ser seguidores de Jesus - é tal que desfigura as perfeições de Deus.

Ao concluir este capítulo, deixe-me dar-lhe algumas regras para a vida diária - regras que, se seguidas - tornarão a sua vida um transmissor de luz, paz e santidade de Deus para o mundo.

Viva tal vida - que o puro e dedicado ficará satisfeito por você ter vindo novamente.

Viva tão perto de Deus - que todo homem que se encontrar com você é feito um pouco melhor por conhecê-lo.

Vive tal vida a cada dia - que o mundo possa ver em você o verdadeiro caminho da vida.

Seja tão iluminado - que outros possam ver o caminho para caminhar.

UM USO PARA JESUS

Oh Cristo, o caminho, a verdade, a vida,

Mantenha-me seguro em meio a conflitos furiosos;

Me ajude a ser um guerreiro bravo

Que atue no campo de batalha para ti.

Não temo o poder da flecha veloz

Quando és a minha torre alta e forte;

Os dardos podem ter uma picada amarga,

Eu me abrigo sob as penas de sua asa.

Diante de mim, os Golias são altos

Devo fugir rapidamente ou cair de cabeça elevada,

O inimigo está ferido sob meus pés;

Em você, a vitória está completa.

Jesus, para você, desisto de tudo,

Para viver ou morrer, para ficar ou cair.

Os pardais têm seu cuidado gentil;

Eu sou mais do que eles, então eu terei medo?

Tenho um refúgio de todo mal

Dentro do seu forte braço circundante;

Você me guarda de dia e de noite,

E guia bem meus passos fracos.

Os cabelos na minha cabeça indigna

São numerados todos, o seu Livro disse.

Reunidos, como a ninhada indefesa,

Minha alma é guardada em quietude.

Como pais amáveis ​​e amorosos

Dá a seus filhos todo bem,

Então, da sua presença, os anjos trazem

Para seu filho, cada coisa necessária.

Às vezes você esconde seu rosto doce;

O caminho é escuro, não consigo rastreá-lo.

Você faz o melhor; eu não vou repetir - mas digo:

"Sua vontade será feita, não a minha".

Como eles são bons, tão bons para mim,

Eu imploro ser útil para você;

Intensifique seu amor divino

Dentro do meu coração, para que eu possa brilhar!

Um pouco mais brilhante, Senhor, para você,

Para que os outros o seu grande amor possam ver.

Oh, crucificado seja todo o meu ser,

Para que você possa brilhar sua luz através de mim.

Eu não ficaria tão deslumbrante

Que todo o mundo possa ver minha luz;

Senão em algum ambiente tranquilo seu,

Um lugar fora do caminho, lá eu brilharia.

Não é para mim que desejo brilhar,

Como o sol ardente ou a estrela brilhante;

Apenas me ajude a ser como

Um pouco de luz de vela para ti.

VIDA DIVINA

Quando de alguém é dito estar vivendo uma vida mundana - significa que ele vive de maneira mundana, ou de uma maneira como o mundo. Da mesma forma, quando de alguém é dito estar vivendo uma vida piedosa - significa que ele vive de maneira divina, ou de uma maneira como Deus. Para muitos, isso é um ditado difícil - mas é possível para o homem viver tal vida; na verdade, é o único caminho certo da vida. Uma vida piedosa é a única vida verdadeira. Tal vida é exigida pelas Escrituras. Devemos viver "com sobriedade, justiça e piedade neste mundo presente" (Tito 2:12).

Os filhos queridos de Deus são instruídos a serem "seguidores dele" (Efésios 5: 1). Em algumas traduções, isto diz: "Sejam imitadores de Deus". Deste modo, entendemos que ser um seguidor de Deus - é viver ou agir de uma maneira como ele. Mais uma vez, é dito daqueles que permanecem em Cristo - que eles deveriam andar como ele andava. Nosso modo de vida deveria ser, assim como a vida de Jesus.

Diz-se de Cristo que "quando ele foi injuriado - ele não injuriou novamente". Embora ele tenha sido tratado com vergonha por seus inimigos, ele não procurou vingar-se. Quando as observações insultantes foram feitas a ele - ele não respondeu. Viver uma vida piedosa - é viver da mesma maneira. Quando os cristãos são injuriados - eles abençoam; quando são perseguidos - eles sofrem mansamente e pacientemente. Quando Jesus foi morto por seus inimigos, ele orou ao Pai para perdoá-los. Quando um homem que havia vindo para prender Jesus teve a orelha cortada, Jesus na sua terna compaixão - curou a ferida do perseguidor amargo. Este é o verdadeiro espírito de piedade.

O padrão completo da piedade é alcançado, somente quando todo o teor da vida é em simplicidade e sinceridade piedosa. O apóstolo Paulo disse: "O testemunho de nossa consciência é que nos conduzimos no mundo, e especialmente para você, com sinceridade e pureza piedosas, não pela sabedoria da carne, mas pela graça de Deus". 2 Coríntios 1:12.

Uma vida piedosa é totalmente livre de ostentação - cada ato é feito com a mais pura simplicidade e sinceridade. À medida que Deus examina cada ato por seu olho onisciente - ele não descobre nenhum motivo impuro como uma vanglória ou elevação de si mesmo; porque tudo está em sinceridade piedosa.

A graça da piedade no caráter cristão é capaz de ser cultivada e aumentada. Existe uma lei nos mundos material e espiritual - que o exercício é propício para o crescimento. O apóstolo cheio do Espírito disse: "Exercita-te na piedade". Isso também pode ser lido: "Treine-se para a piedade". Aqui está algo para toda alma que tem qualquer aspiração de ser mais piedosa na vida. Treine-se na piedade. Porque tornar uma piedade mais profunda e mais piedosa - é a alegria do coração cristão. Ao treinar, nos tornamos mais piedosos. O jardineiro forma um ornamento entrelaçando os ramos da videira. Ele mantém entrelaçando-os à medida que eles crescem, e por tal treinamento forma uma rede de madeira de arbustos. Assim mesmo, a alma entrelaçada com a vida mansa e humilde de Jesus - formará um caráter de piedade profunda e sincera.

A vida diária deve estar entrelaçada com a vida de Jesus. Não há nenhum alcance de qualquer coisa fora dele. Para um desenvolvimento adequado das graças cristãs, deve haver um treinamento constante ou entrelaçamento da alma com Deus. Esse vínculo mais forte é o resultado do crescimento e o crescimento é produzido pelo exercício e o exercício consiste em ler as Escrituras, na oração e no pensamento profundo ou na comunhão do coração com Deus. O atleta se aplica a certos exercícios e come determinados alimentos - na medida em que desenvolve e fortalece seus músculos adequadamente. A alma que tem desejos por mais de Deus - deve exercitar e comer a dieta espiritual adequada - para satisfazer seus anseios. Porque ser consciente de um crescimento em Cristo, sentir a alma entrelaçada cada vez mais com a vida de Deus - é plenitude de alegria e felicidade perfeita. Leitor cristão, há uma ardente chama de amor puro em seu coração? Você anda com Jesus em um espírito devoto, confiante e reverencial? Você costuma achar sua mente contemplando as maravilhas da criação e as glórias da salvação? Sua alma está habituada a respirar profundamente na atmosfera do Céu? Isso é um sentimento sagrado para enchê-lo? Essa sensibilidade é terna das coisas espirituais que enchem seu coração? Isso é bom e afiado em sua alma - o que dá tanta avidez para coisas santas? É tornar-se mais piedoso - um sincero desejo de seu coração? Em seguida, execute diligentemente todos os deveres que pertencem a uma vida piedosa. Alguns dão grande diligência por um tempo, e fazem ganho espiritual - e depois perdem tudo em um dia de folga. Mas não hesite, seja constante, seja perseverante, seja encorajado, alcance, avance, e o prêmio de mansidão, paz e piedade coroará sua vida!

(Nota do tradutor: É dito nas Escrituras que sem santificação ninguém verá o Senhor (Hb 12.14) porque a vida santificada é o pressuposto básico e necessário tanto para se conhecer a Deus de fato e fazer progresso em aumento nesse conhecimento, sobretudo de Sua vontade perfeita. À medida que somos crentes carnais, podemos ter alguma medida deste conhecimento, mas nada saberemos daquela altura, profundidade, largura e comprimento do amor de Deus e dos seus atributos. Não teremos um coração sintonizado com o dEle, com o mesmo sentir e querer, e tendo autoridade para separar o vil do precioso, e amar somente o que é puro, santo, justo e agradável ao Senhor. O discernimento adequado da verdade, das coisas que são espirituais, celestiais e divinas é visto somente naqueles que amadureceram na fé, por um caminhar constante e perseverante no Espírito e na Palavra. É somente quando Deus tem conquistado totalmente o nosso coração é que Ele pode incliná-lo e movê-lo segundo o Seu querer, para aquilo que é santo. Aqueles que não estão enlaçados ao coração de Deus em espírito, ainda se inclinam para as coisas reprovadas do mundo, pois sua fé na Palavra não é plena, e não é a Palavra todo o seu alimento espiritual. Não estando preenchido e enriquecido pela Palavra, seu coração buscará se encher de muitas outras coisas para achar significado para a sua vida natural. Mas naqueles em que esta vida da carne foi crucificada, estando o mundo crucificado para eles e eles para o mundo, com a consequente morte e despojamento progressivo do velho homem, há de ser vista mais e mais a plenitude e o poder da nova natureza, que crescerá o crescimento que procede de Deus em justiça e santidade, e é nisto que se encontra todo o prazer deles e do Senhor.) 

ALGO PARA FAZER

Há muito a fazer - e cada um é necessário para ajudar a fazê-lo. Neste mundo grande e ocupado da vida - há algo para cada um fazer. O comando é: "Tudo o que sua mão encontrar para fazer - faça isso com todas as suas forças". Pense sobre essas palavras por um momento. O seu coração não sente que elas implicam grande seriedade na vida? Elas significam uma vida de trabalho - uma vida de serviço. "Faça com todo o seu poder" implica colocar seu coração inteiro em seu trabalho. Faça isso de tal maneira, como mostra que você espera fazer um sucesso disso.

Deus tem um trabalho para cada um que vem para o mundo. Este mundo deve ser feito um pouco melhor por ter entrado nele - ou será piorado. Qual será? Ninguém pode fazer o trabalho de outro, já que cada um tem tudo o que pode fazer. É verdade que nos é dito para suportarmos os fardos uns dos outros. Eu vou ajudá-lo a carregar seus fardos; isso é parte do meu trabalho. Você vai me ajudar. Precisamos da ajuda um do outro. Mas não posso fazer o que você deve fazer; pois tenho tudo o que posso fazer. O que você negligencia fazer - terá que desaparecer. Se alguém parar de fazer o que você deve fazer - apenas uma fenda grande é feita no trabalho da sua vida - como teria sido feita na sua, mas a responsabilidade está sobre você.

Um pai que teve cinco filhos, deixou um certo trabalho para ser feito. Ele deu a cada um deles de acordo com suas habilidades. Ao retornar, ele descobriu que quatro deles fizeram sua parte e o fizeram bem - mas um só fez parcialmente a dele. Consequentemente, havia um ponto negligenciado - um ponto caído - que constantemente se mostrava. Se deixarmos de fazer o trabalho na vida que Deus em sua sabedoria nos atribuiu - haverá no grande mundo do Pai um espaço em branco, uma parte negligenciada, que se mostrará por toda a eternidade. Sua vida será o ponto caído na grande teia da vida humana?

Não deixe os momentos preciosos da sua vida, escoarem sem melhorar. Jesus é o nosso exemplo. Ele andou fazendo o bem. Em todo lugar, ele deixou evidências de que ele havia passado por esse caminho. Oh peregrino na jornada da vida - o que você está deixando ao longo do caminho para mostrar em anos depois que você passou? São flores que você está esparramando? A luz do sol é para animar e aliviar os corações dos outros? Triste, de fato, se não houver alguém para dizer: "Ele foi uma benção para mim!"

Não importa o quão pequena possa ser a parte de sua ótima obra que o Pai lhe atribuiu - faça essa pequena parte, e faça isso bem, e faça isso com toda a seriedade do seu coração! É sua parte, e você deve fazê-lo com tanta seriedade e interesse quanto aqueles que estão envolvidos nas obras maiores fazem suas partes. Se a sua parte não for bem feita, não haverá completude no mundo. Um único ponto caiu, mostra uma mancha na peça de vestuário. À vista de Deus, a tarefa mais ínfima é tão sagrada quanto a tarefa mais alta - e quando bem feita, ela cumpre muito sua aprovação.

Existe um belo conto antigo. Ele conta que Gabriel foi enviado à Terra para fazer duas coisas. Uma delas era evitar que o rei Salomão ficasse tão empenhado nos assuntos de seu reino, que negligenciasse a hora da oração. A outra era dar assistência a uma formiga pequena que estava tentando levar sua carga de comida para casa. Para Gabriel, o primeiro dever era tão importante quanto o outro, porque ambos vieram no plano de Deus. "O que quer que sua mão encontre para fazer - faça isso com todas as suas forças". Pense nessas palavras novamente. Deixe-os ter toda a força do significado para o seu coração. Tome tanto interesse em ajudar a criança a pegar o emaranhado da corda - como na construção de um grande edifício da igreja.

Muitos estão trabalhando - mas, infelizmente! Quão poucos estão fazendo o seu melhor! Tanto tempo e trabalho estão sendo desperdiçados; tantas coisas estão sendo feitas que também não foram feitas. Deus quer não apenas o nosso serviço - mas o nosso melhor serviço. Temos a obrigação de fazer o nosso melhor todos os dias. Se deixarmos passar um dia sem fazer o que pudermos, e da melhor maneira possível - nosso trabalho não está perfeitamente feito.

Deus derrama suas bênçãos sobre nós - mas a bênção não deve terminar com nós mesmos. Lembre-se destas palavras: "Livremente você recebeu - dê livremente". Procure ser abençoado por Deus - para que você possa passar a benção aos outros! Deixe algumas pegadas aqui nas areias do tempo, de modo que, nos anos seguintes, possam guiar alguém a uma ação nobre e de melhor maneira. Quando você alcança o fim da vida, você não pode experimentar nenhum maior consolo, do que saber que você fez o que podia.

Melhore os momentos de tempo enquanto os possui. Eles estão passando rapidamente. Eles não vão esperar por você. Algumas pessoas sempre viverão uma vida santa no futuro - mas veem, a oportunidade passar antes de estarem prontas. Oportunidades não aguardam. Faça o bem - enquanto você puder. Você vai dar a flor amanhã - mas amanhã a flor pode ter desbotado. Você pretendia falar uma palavra gentil ontem - mas pensou que você adiaria até outro dia. Mas a doença foi tão grande que a vida acabou - e sua amável palavra vem muito tarde. Hoje é o dia para salvar o perdido. Amanhã poderá ser muito tarde. Que triste, que uma alma em toda a eternidade esteja gritando, "Você me ajudaria - mas você chegou tarde demais!" Ó Deus! nos ajude a estar prontos e a agir enquanto se chama hoje. O trabalho que você vai fazer - faça isso agora, como o poeta insiste nas seguintes linhas bonitas: Não vamos viver no passado, sobre o que temos feito, nem construindo castelos no ar e depois deles perseguindo. "Trabalhe na minha vinha, vá hoje". O tempo do Mestre é estreito. Porque o ontem, não veremos mais. Podemos não ver o amanhã! Se, por desânimo, você olha, você certamente os encontrará - mas eles não são desânimos exceto para aqueles que se importam com eles. O futuro por si só vai trazer seus cuidados, não teremos dificuldade em pedir emprestado; o mal suficiente é hoje, então, não pense no dia seguinte. Vamos lançar o nosso pão sobre as águas e em muitos dias o encontraremos. Escondamos a semente no fundo do solo e fechemos o sulco! O campo já está branco, não esperando o amanhã. O semeador e o ceifador podem agora se alegrar juntos. Pelo que eles semearam e juntaram. É fruto que vive para sempre. O santo se alegra cada vez mais, e no meio da tristeza; ele conhece as lágrimas, senão uma noite, pois a alegria vem no dia seguinte! O homem foi feito para trabalhar. Ele está de tal forma constituído que não pode encontrar o verdadeiro descanso e prazer na ociosidade. Oh quanto a Bíblia diz sobre boas obras! Nós somos "criados em Cristo Jesus para boas obras, que Deus ordenou antes para que andássemos nelas". Jesus purifica para "ele próprio um povo peculiar, zeloso de boas obras". As Escrituras nos dizem que "tenhamos cuidado de fazer boas obras" para "não nos cansarmos de fazer o bem", e "fazer o bem a todos os homens". O tempo nos é dado para ser gasto em utilidade, não na ociosidade. O dinheiro perdido pode ser recuperado - mas um momento nunca. Como cristãos, nós temos a mente de Jesus. Com tal mente, não podemos nos contentar - a menos que estejamos fazendo a vontade de Deus e fazendo o bom uso dos momentos que ele nos dá.

O homem não é projetado apenas para orar e louvar; ele foi projetado para o serviço também. Sua missão é dupla: ele deve adorar e louvar seu Criador - e servir seus semelhantes. Alguns simbolizaram as duas funções da vida do homem - através da ascensão e descida dos anjos na escada que Jacó viu em seu sonho. Subiram a Deus - e desceram ao homem. A vida deve ser usada para louvar a Deus - e servir ao homem por amor de Deus.

Há algo a ser feito. Há muito o que fazer - para que possamos desperdiçar um momento de tempo. Uma vida plena e bem passada é uma que é usada para fazer o bem - por amor puro a Deus e ao homem. Quando tivermos chegado ao fim da jornada da vida, quão doce será - saber que fizemos tudo o que pudemos para ajudar outros peregrinos a fazerem a jornada em segurança! Há uma recompensa por cada ato generoso. Jesus é fiel e pagará. O que fazemos aqui na Terra - encontrará uma eternidade de recompensa. Não deixe, portanto, um dia passar sem fazer algo útil para Deus e Seu povo.

(Nota do tradutor: Como poderemos ver na sequência deste livro, o que o autor enfoca aqui não é mero ativismo sem se levar em conta a condição real do coração daquele que trabalha, que já anteriormente ele demonstrou que deve ser puro e que busque conformidade a Cristo. O mero ativismo é o extremo errado que não leva em conta a necessidade de se ter uma vida piedosa pela qual poderemos influenciar e ajudar efetivamente a outros, assim como, no outro lado, a mera vida de adoração contemplativa, sob o argumento de se buscar um crescimento espiritual, negligencia a preocupação em servir efetivamente ao próximo. São dois erros extremos que devem ser evitados, para que não nos ocupemos com a obra mais do que com o Senhor da obra, ou então com a ilusão de que estamos servindo apenas ao Senhor da obra, enquanto negligenciamos a obra que Ele nos tem designado a fazer.)

SECURA ESPIRITUAL

Muitas vezes nos encontramos com aqueles que se queixam de secura e morte em sua vida espiritual. Eles são muito diferentes da imagem do salmista relativa ao "homem abençoado". "Pois será como a árvore plantada junto às correntes de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cuja folha não cai; e tudo quanto fizer prosperará." Esta é uma imagem verdadeira da vida cristã. A alma deve ser como um jardim regado, fresco e verde. Você viu um jardim bem regado na primavera - tudo é beleza, frescura e vigor. Tal jardim é usado pelo profeta para simbolizar a alma cheia do Espírito. Ele diz: "O Senhor te guiará continuamente, e te fartará até em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca falham!" Isaías 58:11.

Para ter uma experiência tão feliz, no entanto, os filhos de Deus devem cumprir certas condições. O contexto diz: "Se você se gastar em favor dos famintos e satisfizer as necessidades dos oprimidos, sua luz se elevará nas trevas e sua noite se tornará como o meio-dia". Se nossas almas não são atraídas por piedade para os famintos e deixamos de fazer o que pudermos para aliviá-los, não precisamos esperar nada além de uma seca espiritual em nossos próprios casos.

A secura espiritual às vezes é o resultado do apego ao mundo. "Defina suas afeições nas coisas de cima, e não nas coisas da Terra". A menos que vivamos pela Bíblia - não podemos ser espirituais. Um pouco de afeto para as coisas da terra, rouba a alma da vida espiritual. Nessa questão, Satanás é um excelente arrazoador. Ele sugerirá que seus desejos sejam apenas para a glória de Deus; que você não tenha afeto por objetos mundanos – mas que tenha desejos por objetos mundanos apenas para a glória de Deus.

Uma jovem a quem eu aconselhei, disse que seus desejos eram puros e que ela não tinha afeto pelo que é material - mas procurava apenas agradar o Senhor. Muito em breve, no entanto, ela percebeu que sua alma era um lugar deserto, e tudo porque ela acreditou na mentira de Satanás. Cuidado com o que você deseja das coisas terrenas - para a glória de Deus. Por baixo pode ser um desejo de autogratificação, facilidade ou luxo. Se você está preocupado com a falta de devoção sensata na adoração, examine suas afeições. Possivelmente, você pode encontrar pequenas raízes de mundanismo em torno de algo desse mundo.

A secura espiritual pode ser o resultado da preguiça. "A preguiça molda um sono profundo". Provérbios 19:15. A ociosidade espiritual logo resulta em secura espiritual. Esse sofisma de Satanás, "Sem tempo para oração", é muito perigoso. Qualquer negligência da devoção espiritual, deve resultar em perda. Oh, quão irracional é o homem e com que facilidade os loucos enganam! Se você negligenciou a água do seu jardim, não se perguntaria por um momento por que estava secando. Então, quando você está negligenciando a água da alma em exercícios vigorosos e espirituais, por que você se pergunta se seu ser está tão espiritualmente ressequido? "Acorde, você que dorme!" Para cima e para longe da colina do Senhor! Seja o testemunho frequente de uma cena do nascer do sol, do monte da oração.

Se o seu fruto espiritual não é tão bonito, bem elaborado e totalmente desenvolvido como deveria ser - então procure a presença de preguiça na alma. O veneno da preguiça entrará na alma, pouco a pouco. Primeiro, haverá um atraso momentâneo de deveres espirituais. Satanás é muito sábio para sugerir um abandono total deles - mas ele irá sugerir um pequeno adiamento. Um atraso em breve será seguido por outro e depois por outro. Esses atrasos são um opiáceo que aborrece os sentidos espirituais, e assim eles se renderão mais prontamente aos adiamentos e, finalmente, encontrarão prazer neles.

Deixe-me tornar isso ainda mais simples, pois alguns podem precisar que seja muito fácil de entender. Quando a alma é como um jardim bem irrigado - será atraída para Deus em oração no início da manhã. Qualquer atraso causará desconforto e inquietação. A alma deseja ir para longe da presença de Deus. Mas um pequeno atraso após o outro, traz uma condição mórbida. A alma perde seu gosto afiado; seus sentidos se tornam amortecidos, de modo que não há mal-estar na secura; enquanto os sentidos da vida encontrarão prazer na preguiça. Quando a alma uma vez entra no hábito da ociosidade, ela experimenta grande dificuldade em sair. Ao tomar consciência do seu estado, o indivíduo pode reconhecer a sua inatividade e fazer resoluções parcialmente formadas para ser mais sério e diligente, apenas para que muito cedo recaia na mesma condição anterior. Este vírus da preguiça infecta todo o ser espiritual, envenenando a vontade e tornando a atividade espiritual mais desagradável. Não só destrói a vontade da alma, mas venda os olhos para que o indivíduo não possa ver nenhuma necessidade de grande fervor em espírito ou diligência na devoção espiritual. De forma meio aturdida, ele reconhece que os "retiros frequentes" e "jejuns frequentes" e "oração incessante" do apóstolo Paulo foram muito consistentes para Paulo - mas não percebe que tal seria tão desejável em sua própria profissão cristã. Ele se pergunta por que ele está tão espiritualmente seco. Por que se pergunta? Ele não se pergunta por que as flores murcham quando não chove. É a oração fervorosa - o que Deus ouve. Nada, senão a maior diligência e determinação e forte posse de Deus - jamais matará a preguiça espiritual. A este respeito, é como o animal sul-americano chamado "preguiça". Embora uma espécie da preguiça seja apenas do tamanho de um gato, e é extremamente lenta no chão, sua maior taxa de velocidade não tem mais de dez pés por hora. Uma razão pela qual tantos são preguiçosos, é que eles não percebem o verdadeiro valor da oração. Ah, que os homens valorizassem com razão a comunhão com Deus ou alguns pensamentos dele! A elevação do coração para Deus em louvor ou adoração - é de maior valor do que as riquezas do mundo! Não basta saber muito sobre as doutrinas da Bíblia, conhecer as tradições religiosas e viver uma vida justa exterior; devemos ser preenchidos com o Espírito. Devemos ser como uma árvore plantada junto aos rios de água, cuja folha não murcha. Gaste muito tempo para ganhar o céu. Tome tempo para ser espiritual. Por uma casa eterna no céu vale a pena trabalhar! Desenvolva sua salvação com temor e tremor. A secura espiritual é o resultado da indolência espiritual. Seja ativo - e você não será infrutífero.

ORAÇÃO

Uma obra desta natureza seria inexcusável, se não dissesse algo sobre a oração - porque quem pode viver a vida triunfante sem oração? Quem pode estimar adequadamente o verdadeiro valor da oração ou, com razão, apreciar o privilégio da oração? O homem considera uma grande honra ser admitido nos tribunais dos senhores e reis da terra. Que honra é ter audiência com o Rei da glória! Ele nos estende o cetro de ouro, e esperamos, confiantemente, em sua presença para lhe contar tudo o que está em nossos corações. Ele também nos ama. Não nos atreveríamos a entrar na presença solene do Grande Rei - não saberíamos que ele nos ama com um amor eterno. Quando compreendemos seu amor em nossa direção - dizemos todos os desejos do coração com alegria e ânsia.

A oração é a energia e a vida da alma. É a armadura invencível que protege o devoto cristão dos mísseis envenenados atirados pelos canhões do inferno. É a arma poderosa com a qual lutamos as batalhas da vida para a vitória. Aquele que vive em oração - reina triunfante.

As sombrias nuvens de tempestade são expulsas,

montanhas de desânimo são lançadas no mar,

os abismos de dificuldades são superados,

À esperança asas são dadas,

A fé aumenta, e

alegrias abundam.

O inferno pode se enfurecer e ameaçar; mas aquele que é frequente e fervoroso na oração, não experimenta alarme.

Pela oração, as janelas do céu são abertas, e chuveiros de orvalho refrescante chovem sobre a alma. É como um jardim regado, um local fértil onde a rosa de Saron e o lírio-do-vale florescem; onde se espalham os ramos da árvore da vida. Pela oração, a alma é nutrida e fortalecida na vida divina.

Você deseja uma esperança mais brilhante e uma alegria mais profunda, para um senso mais profundo da plenitude divina, para uma caminhada mais doce e mais estreita com Deus? Então, viva em oração! Você gosta de sentir a santa chama do amor ardendo em toda sua intensidade em sua alma? Então acenda-o frequentemente no altar de ouro da oração.

Sem oração - a alma enfraquecerá e morrerá, a fonte do amor se secará e se tornará como um deserto sedento e seco.

Você admira o caráter de Jesus? Veja a sua humildade e mansidão, a sua gentileza e a sua terna compaixão. Eles têm alguma beleza, e você deseja que eles sejam criados em sua alma? então tire-os do céu em toda a sua plenitude gloriosa - pela fervorosa oração de fé. Com o processo de assimilação, o alimento é transformado em um ser vivo - por meio da oração, o caráter de Jesus, em toda a sua beleza e glória transcendentes - torna-se o caráter do homem.

Se você deseja a vitória durante o dia, comece com oração - não com poucas palavras apressadas, nem alguns pensamentos apressados ​​- mas com minutos de profunda e íntima comunhão com Deus. Permaneça no altar da oração até sentir partículas de glória caírem em riqueza em sua alma, espalhando doçura em toda parte. Nas primeiras horas da manhã, quando a calma, e a respiração da natureza toca em torno de você - deixe sua alma voar para longe nas asas da oração, com sua mensagem de amor e louvor ao Criador.

"Doce manhã é hora de orar:

 Quão adorável e quão doce,

Para enviar nossos primeiros pensamentos para longe

 Até o propiciatório!"

Se você deseja ser mais profundo e sinceramente piedoso, ore. Se você deseja alturas em seu amor, profundidades em sua graça, plenitude em sua alegria e riqueza em sua glória, ore com toda sinceridade de coração e intensidade de alma.

Você disse que não teve tempo para a oração? Que pena! Sua felicidade e sucesso na vida dependem da oração. Seu prazer eterno depende disso. Então, oh, que pena que você não tenha tempo para a oração! Satanás irá dizer-lhe que não há necessidade de muita oração. Ele irá dar-lhe sentimentos indiferentes se puder, e dizer-lhe que pode se dar bem o suficiente sem isso. Ele fará tudo o que puder para evitar a sua oração. Se não há muito benefício derivado da oração - então, por que ele está tão preocupado?

Os comandos da Bíblia são: "vigie e ore", "orai sem cessar", "seja constante em oração", "ore no Espírito em todo o tempo", etc. Santos amados, exorto-os a uma vida de oração. Peço-lhes, em nome de Jesus, a irem até seus quartos, e, com toda a seriedade, orem até que o amor de Deus e a luz do Céu preencham seus seres. Orem até que um arrebatamento dos céus varra sua alma, fazendo o lugar da oração, o lugar mais querido da Terra para vocês!

MANTENHA AS RAIZES REGADAS

Quantas vezes você admira uma árvore pela beleza da sua folhagem verde e pela profusão de seu fruto delicioso. Você fala com seu amigo da beleza da árvore e da bondade de Deus ao conceder tal presente aos homens; mas talvez você não fale nem pense nas raízes grosseiras e desagradáveis ​​escondidas no fundo do solo. Mas essa árvore deve sua beleza e sua vida às raízes! A folhagem é brilhante e fresca e verde, porque as raízes estão mergulhando profundamente em um solo rico e arejado. O sabor do fruto é gerado pelas raízes na câmara escura e silenciosa do solo. Talvez venha à sua mente, aqueles cujos rostos você vê sempre iluminados com uma glória radiante. Você não pode deixar de admirá-los. Suas palavras contêm um poder secreto e parecem despertar em você tudo o que é nobre. Parecem levantá-lo para uma vida superior. De suas palavras, suas ações e seus semblantes flui uma influência que faz com que você esqueça as coisas da terra - e faz você se sentir como se tivesse se juntado à sociedade dos anjos. Tais pessoas têm uma vida secreta escondida que gera esse charme peculiar em sua vida visível. Em seus corações há um laboratório secreto, onde a fragrância e a beleza e a glória que fluem de suas vidas são produzidas. As raízes da sua vida interior se apoderam das riquezas da graça do céu - e bebem nas águas que fluem. Em sua comunhão silenciosa com Deus, elas correm para baixo, e então elas vão para a vida e dão frutos em cima. Enquanto outros estão falando com seus amigos sobre as coisas da terra - eles se encontram com Deus no jardim das graças, onde as especiarias doces fluem e o incenso e a mirra perfumam o ar, e ali eles ficam carregados com uma profusão de frutos e impregnados com uma doce fragrância, que eles exalam no mundo. Eles são como a árvore plantada junto aos rios de água, cuja folha não desaparece. Peregrino amado, veja que as raízes do seu ser interior sejam bem irrigadas. Deixe-as beber nas águas cintilantes da vida. Lembre-se, o trabalho eficaz para Deus consiste mais em ser, do que em fazer. Não vá ao seu trabalho com uma cesta vazia. É somente quando você sai da comunhão profunda e silenciosa com Deus, que seu trabalho será efetivo. Nunca pense que você tem muito a fazer, que você não tem muito tempo para a oração. Uma hora de trabalho feito no silencioso e secreto poder do Espírito - vale mais do que um dia de seus próprios esforços. Mantenha as raízes bem irrigadas!

SOB A FIGUEIRA

No início de seu ministério, Cristo convocou Filipe para segui-lo. Ao ser chamado, Filipe foi em busca de Natanael para dizer-lhe que ele (Filipe) havia encontrado o Cristo. Natanael estava um tanto duvidoso - mas no convite de Filipe, ele foi ver. Quando Jesus viu chegar a Natanael, ele disse: "Eis, verdadeiramente, um israelita, em quem não há engano!" Natanael, perguntando-se como este homem o conhecia, disse: "Como você me conhece?" Jesus respondeu: "Quando você estava sob a figueira, eu vi você". João 1:48.

É evidente que algo ocorreu com Natanael sob a figueira, fora dos detalhes comuns da vida cotidiana. Se não houvesse algo bastante incomum ou algo maior do que os eventos comuns da vida ocorridos lá - o Salvador não teria mencionado esse lugar em particular. Havia nessa resposta, algo que era altamente significativo para Natanael.

Neste momento, havia muitas pessoas devotas à procura do "consolo de Israel". Estavam à procura da vinda do Rei dos judeus. Não é difícil para mim acreditar que Natanael estava debaixo da figueira orando a Deus pela rápida vinda do Messias. Quando Jesus lhe disse: "Quando você estava sob a figueira, eu vi você", Natanael respondeu imediatamente: "Você é o rei de Israel". Ele estava, sem dúvida, debaixo da árvore em oração para este fim, não uma vez, mas muito provavelmente por meses e talvez por anos. Ele estava orando por isso mesmo. Ele escolheu uma figueira especial como lugar de oração. Não era uma figueira - mas a figueira. Lá, ele orou muito e muitas vezes para o rei de Israel vir. Então, quando Jesus disse: "Quando você estava sob a figueira, eu vi você", ele soube imediatamente que suas repetidas orações foram respondidas e, portanto, disse: "Rabi, você é o Filho de Deus, você é o Rei de Israel."

Muito devoto desde aquele dia, teve sua comunhão secreta com Deus. Talvez estivesse no bosque em uma casca coberta de musgo, debaixo de um carvalho, em uma área coberta de grama no riacho de uma corrente ou debaixo de uma sombra que crescia junto ao ribeiro no prado. A esses lugares de solene silêncio, eles se retirariam quando as sombras da noite estavam caindo ou quando a luz da manhã estivesse arrumando o céu, e lá da plenitude de suas almas, derramariam seus louvores e ações de graças a Deus. Estes eram os lugares mais queridos do mundo para eles. Pode ser, que existem idosos hoje que tiveram tais lugares nos dias anteriores de suas vidas. Embora estejam agora distantes das cenas, estes ainda são sagrados em sua memória.

Há aqueles que hoje têm seus altares de oração em algum lugar isolado.

Lá se encontram com Deus e lhe dizem todas as suas dores e cuidados,

Lá eles contam a ele de sua bondade amorosa,

Lá imploram sua graça para sustentá-los em todas as suas cenas de vida difíceis,

E eles adoram a seus pés.

Amado, você tem uma "figueira"? E você costuma encontrar isso? Você tem um recanto tranquilo em algum lugar, que é santificado pela presença de Deus?

O discípulo amado, João, quando no Espírito, viu frascos de ouro nas mãos dos adoradores do Cordeiro ao redor do trono. Esses frascos de ouro, diz ele, estavam "cheios de incenso, que são as orações dos santos" (Apocalipse 5: 8). Você está, querido leitor, todos os dias enchendo frascos de ouro em torno do trono de Deus com o doce incenso de oração? Mais uma vez, este discípulo, quando o sétimo selo foi aberto, viu sete anjos diante de Deus com sete trombetas. Então veio outro anjo, com um incensário dourado. A ele foi dado incenso, que ele ofereceu com as orações dos santos sobre o altar de ouro, e a fumaça do incenso que veio com as orações dos santos ascendeu diante de Deus. (Apocalipse 8: 3, 4.) Temos o privilégio de misturar nossas orações - com o incenso que está sendo oferecido diante do trono!

O salmista parecia compreender algo da natureza da oração quando ele disse: "Que a minha oração seja apresentada diante de ti como incenso e o levantamento das minhas mãos como o sacrifício da tarde." Salmo 141: 2.

As orações oferecidas pelo devoto Cornélio foram tão perfumadas diante de Deus, que foram mantidas como um memorial diante dele. Um memorial é algo mantido em lembrança por alguém. Se você quer ser lembrado diante de Deus - veja que suas orações sejam altamente impregnadas com uma fragrância doce. Você deve orar - ou morrer. Ninguém pode reter a vida espiritual em grande período de tempo, sem oração. Então, exortamos você a uma vida de oração.

FECHE A PORTA

É tão impossível viver e prosperar espiritualmente sem oração - como é viver e prosperar fisicamente sem alimentos. Aqueles que desfrutam de uma caminhada próxima com Deus e têm poder com ele - são aqueles que oram. As habilidades naturais e o intelecto nunca podem causar falta de espiritualidade. A menos que você seja espiritual - você é de pouca utilidade para Deus; e para ser espiritual - você deve viver muito em oração.

Não são aqueles que estão de joelhos por mais tempo que oram ao máximo. Alguns podem orar com mais orações reais em uma hora - do que outros em duas ou três horas. Muitas pessoas deixam a porta aberta. A oração que alimenta a alma, deve ser oferecida com a porta fechada. "Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará." Mateus 6: 6. Deus está em oculto. Ele está escondido do mundo. O mundo não o vê, nem o conhece. Você nunca pode alcançar Deus em suas orações - a menos que exclua o mundo. Fechar a porta significa algo mais do que fechar a porta do seu quarto literal. As pessoas podem entrar no quarto literal e fechar a porta - e, no entanto, têm o mundo em seus corações e pensamentos. Estes não fecharam a porta no verdadeiro sentido. Na assembleia pública, você deve entrar no seu quarto quando você orar e fechar a porta - ou as suas orações não são úteis com Deus. Você deve falar do seu coração - para o coração de Deus. Aqueles ao redor podem ouvir suas palavras, mas eles não conhecem o segredo. O segredo está entre o seu coração e o coração de Deus. Você mal ouve suas palavras. Você conhece e ouve mais falar sobre seu coração. Há uma benção em tal oração; há uma alegria que não pode ser dita. Essa oração alimenta a alma sobre a vida divina e nos levanta em reinos de santidade e felicidade. Agradeça a Deus pelo doce privilégio de uma comunhão secreta com ele. Ó amado, quando você orar, entre no seu quarto - e não deixe de fechar a porta!

SOMENTE COM DEUS

Esta nossa vida nunca será tudo o que deveria ser - a menos que estivéssemos muito a sós com Deus. Somente aqueles que estão frequentemente sozinhos com ele - conhecem o benefício que é derivado disso. Você não pode ser como Deus - a menos que você esteja muito com ele; e você não pode viver como ele - a menos que você seja como ele. As Escrituras nos dizem que Jesus partiu para a montanha para ficar sozinho com o Pai, e que ele costumava estar "sozinho orando". Quando Jesus teve algo de grande importância para dizer aos seus discípulos, ele sempre os separou da multidão. Quando ele foi transfigurado, ele levou três de seus discípulos para uma montanha além de todo o mundo. Quando ele estava sozinho orando com seus discípulos, ele perguntou quem era. Pedro respondeu: "O Cristo de Deus" (Lucas 9:18). Foi somente quando ele estava sozinho com eles e depois da oração - que ele poderia levá-los a uma proximidade tão próxima dele que eles poderiam saber em seus corações que ele era o Filho de Deus. Quando em meio aos deveres ativos da vida e quando em contato com o mundo - dificilmente podemos entrar naquela proximidade sagrada de Deus que nos permita sentir em nossos corações tudo o que Deus é. Podemos ter pequenos vislumbres de sua glória, podemos ocasionalmente ter uma visão fraca de algumas de suas belezas, podemos sentir um pouco de aquecimento de seu amor em nossos seios; mas só quando estamos a sós com ele - ficamos maravilhados com a visão de sua glória e grande beleza. É só então que o vemos em sua pureza e sentimos o sol quente de seu amor. É só então que nossos corações podem ficar profundamente impressionados com o conhecimento de que ele é Deus e, em sentimento infantil, podemos olhar para ele e chamá-lo de Pai.

ELE CUIDA DE VOCÊ

A vida nunca será bem sucedida, a menos que aprendamos que Deus se importa conosco. A menos que tenhamos fé para saber que Deus é nosso detentor e que, por isso, não temos nada a temer - nunca seremos a luz neste mundo sombrio, que Deus nos projetou para sermos.

Este é um mundo de problemas. "Aqui na Terra você terá muitas provações e dores!" João 16:33. O pecado envolve muitas almas com horrível tristeza da meia-noite. Alguns podem nunca encontrar Jesus - a menos que o vejam sorrindo no seu rosto. Você, como um filho querido de Deus, deve ser uma luz para aquelas almas pobres e ignorantes. Para ser uma luz, você deve estar cheio de luz, e para estar cheio de luz - você deve estar cheio de esperança pela fé nas promessas animadoras de Deus. Ninguém pode ser verdadeiramente feliz, ninguém pode ser um conforto e consolo para o mundo - quando está com seus próprios fardos. Somente aqueles que aprenderam a doce lição de confiança em Deus e sabem que Deus cuida deles - são verdadeiramente felizes e livres e capazes de animar os outros.

Há muitas promessas inestimáveis ​​na Palavra de Deus. Existe uma promessa para cada necessidade, condição e circunstância da vida. Entre essas promessas abençoadas, aqui está uma que trouxe consolo a muitos peregrinos cansados ​​no caminho da vida: "Lançando todos os seus cuidados sobre ele, pois ele cuida de você". 1 Pedro 5: 7. Se essa promessa não o levantar muito acima de todas as provações, desânimo e cansaço da vida - é porque você não acredita nem entende a plenitude de seu significado.

"Ele cuida de você". Não é de seu vizinho ou seu amigo - mas é de você. O cuidado virá até você, certamente; você nunca poderia se importar com Deus se não tivesse nenhum. Mas você os tem, e sem dúvida muitos deles. A dificuldade com muitos é que eles não os lançam sobre Deus. Leitor, sua vida nunca será, não pode ser, aquela vida livre, alegre, radiante, iluminada pelo sol e útil que agrada a Deus - se você carregar seus próprios cuidados.

Não há nada muito trivial na vida, para levar a Deus. Nas mais pequenas preocupações de sua vida diária, ele tem interesse. Em tudo, seus pedidos sejam conhecidos dele. Aprenda a levar tudo para ele. Nada retenha, nunca se preocupe por um momento. Não deixe nada incomodá-lo ou inquietá-lo. Não diga nada! "Ele cuida de você". Você compreende o significado completo dessas palavras? Pense nelas por um momento. Solte-se - e deixe Deus cuidar de você. Oh, a liberdade que pertence aos filhos de Deus! A sua é uma terra doce da liberdade. Mas, infelizmente! Quantos continuarão carregando seus próprios fardos e ponderando com preocupação, com essas palavras bem diante deles: "Ele cuida de você!" Por que não confiar nele?

A preocupação é um destruidor da graça. Se você fosse forte na graça de Deus - então você viveria livre de preocupação. Um cabo forte feito de muitos fios finos estava esticado pelo rio e foi usado para rebocar um barco de carga pesado de um lado para o outro. Um dos fios estava partido, mas isso foi considerado um assunto pequeno. Em breve outro foi quebrado e depois outro. Ainda assim, isso não teve muitas consequências. Um a um a mais foram quebrados, mas não atendidos porque cada um era tão pequeno. Finalmente, todos estavam quebrados, e o barco foi à deriva. Um pouco de preocupação não parece ter muita consequência. Mas a Bíblia diz "não se preocupe com nada", e "lance todo o seu cuidado sobre ele".

Alguns pensaram que carregar os fardos e os cuidados nos fortalecem no Senhor. Não, é o lançamento deles em Jesus, que nos fortalece. Para um homem debaixo de um peso pesado, não é exercício para os músculos dele; mas estar de pé e passar pesos pesados para outro - isto é exercício. Estar debaixo de fardos e cuidados não é exercício para a alma - mas é realmente a morte; a passagem dos cuidados para Jesus é o exercício e a força dos poderes espirituais. Se você soubesse quanta graça poucas preocupações destruíram - você rapidamente as lançaria em Jesus.

Foi-me perguntado uma vez se fosse possível chegar a uma experiência em que nunca nos preocuparíamos. Certamente podemos. Nunca devemos chegar a um lugar onde não teremos tentações - mas podemos chegar a um lugar onde não devemos ceder às tentações. Sua vida não alcançou esse grau de perfeição que deveria, até que você tenha alcançado tal experiência.

Jesus diz: "Não se preocupe com o amanhã!" Quando você está tendo grandes ansiedades sobre coisas futuras, você está fazendo o que Jesus lhe diz para não fazer, e você não pode fazer algo que ele lhe diz para não fazer - sem sofrer perda espiritual. Ah! Por que você se preocupará com qualquer coisa, quando Jesus diz: "Não se preocupe com nada". "Mas", você diz, "quando não há comida na dispensa não podemos ansiar?" Há aqueles que estiveram em tais circunstâncias, e ainda não foram muito incomodados.

Se você estiver ansioso por qualquer coisa, você nunca pode viver perto de Deus. Quando as angústias batem na porta do seu coração para a admissão e você abre a porta e deixa-as entrar - você está abrindo a porta para uma corrente de elos perigosa. São ladrões de graça e paz. Quando as ansiedades ultrapassam o limiar da porta do seu coração - a graça e a paz voam para fora da janela! "Mas o que devo fazer?" suspira uma alma preocupada. Faça exatamente o que um homem bom diz que ele fez. Ele disse que ele abriu seu coração para Jesus, e ele entrou e fechou a porta. Deixe Jesus guardar a porta do seu coração. Quando as ansiedades vierem e quiserem entrar em seu coração, diga-lhes que devem obter permissão de Jesus, porque você deu todo o seu coração a ele. Isto é o que se entende por "se dedicar a ele". Não basta ajoelhar-se e pedir a Jesus para levá-las; você deve lançá-las sobre ele. Nesse caso, é o exercício necessário da alma. A alma que fizer isso, será forte. Você deve colocar o peso sobre os ombros do Senhor - e deixá-lo suportar. Ele suportará todos os seus fardos para você - se você colocá-los sobre ele.

Não somente deve colocá-los sobre ele - mas deve deixar tudo inteiramente. Você nem precisa cuidar deles para ver o que ele faz com eles. Seu filho pequeno vem até você com um fio emaranhado. Ele o deixa em suas mãos - mas segura uma extremidade. Agora, você sabe que, para acabar com o emaranhado, você deve ter ambas as extremidades. Oh cansado, Jesus desembaraçará todos os cuidados da vida - mas você deve deixar que ele tenha ambas extremidades. Ele não quer sua ajuda. Você o impede se você tentar ajudá-lo. Cuidados virão; as coisas que são de natureza tentadora nos atacarão enquanto vivermos; mas temos um refúgio em Jesus; ele carregará nossos fardos; ele cuidará de nós.

CONSIDERE OS LÍRIOS

Que linda lição que Jesus nos ensinou sobre descanso e quietude dos lírios! "Considere os lírios do campo", ele diz, "como eles crescem: eles não trabalham nem fiam". Ele está tentando nos ensinar o quão livre podemos ser - livres de todos os cuidados e ansiedades terrenos. O lírio não luta; não tem ansiedades sobre o seu futuro; mas cresce. Ele cresce lindo. Mesmo Salomão em toda a sua glória, não estava vestido como um deles. Deus pinta a flor com maior beleza do que as vestes dos reis! Se você quer ser lindo, você deve descansar no Senhor. Apenas um pouco de ansiedade - e você vai amargar o todo.

Cristo quer revelar-se através de você. Ele brilhará a beleza de sua própria pessoa gloriosa em sua alma - se você ficar quieto. Não tenha ansiedades sobre as coisas que pertencem a esta vida - e Jesus o vestirá com as belezas do céu. O caráter, quando os anos passam, é revelado no rosto. O rosto do miserável, mostra a condição miserável de seu coração. Jesus gravará sua própria imagem sobre a alma, se a alma for mantida em silêncio - e essa imagem se destacará em beleza no rosto e na vida externa.

Com esta lição dos lírios, Jesus não quis ensinar que não devemos orar. Ele disse uma vez: "Os homens devem sempre orar". Devemos orar muito. Se não orarmos, Satanás nos fará trabalhar e fiar. Manter-se perto de Jesus com uma fé forte e uma confiança firme, é a única maneira de descansar, e não podemos fazer isso sem muita oração. "Cesse seu trabalho e cuidado".

Aprenda uma lição dos lírios! Descansa no Senhor, e ele fará de você um objeto de beleza cristã que abençoará o mundo. Mesmo depois de você ter desaparecido há muito tempo - essa vida tranquila e paciente reviverá seus raios de luz e beleza e afugentará as sombras da vida dos outros.

O dia se foi, o crepúsculo desaparece,

Há uma quietude em todos os lugares;

Procuro um lugar de solidão,

E humildemente me curvo em oração.

Eu conta a história do dia -

A alegria, o sofrimento, o cuidado;

Não volto com uma coisa secreta -

Mas conto tudo em oração.

Ó meu coração, seja leve e livre,

Não carregue o peso mais leve,

Em tudo, faça seus pedidos

Serem ditos a Deus em oração.

Sim, tudo; eu falo tudo a Cristo

À noite, ao crepúsculo, e de manhã:

De alguma forma meu coração muito mais leve cresce

Uma vez que tudo lhe é dito.

Deixo minha vida em seus pés preciosos -

Ó Jesus, eu sou teu!

Eu andarei o caminho da vida contigo;

Sua vontade, ó Cristo, é minha.

E agora eu me deito para dormir

Ao cair as sombras,

E doce, de fato, meu descanso será,

Quando Jesus tudo conhece.

ENGENHARIA

Árvores frutíferas são usadas nas Escrituras para representar a raça humana. O Salvador compara os ímpios com "árvores corrompidas", que carregam frutos ruins; e os justos às "boas árvores" que dão bons frutos (Mateus 7:15, 20). Ele também ensina muito enfaticamente, a impossibilidade de ser uma boa árvore - e ainda ter frutos ruins; ou de ser uma árvore corrupta - e com bons frutos. Uma vez que a natureza do fruto que temos, determina o tipo de árvore que somos - é muito aconselhável que nós, professantes cristãos, examinemos frequentemente o tipo de fruto que damos.

Para ser de Cristo, ou ser cristão - devemos ter o Espírito de Cristo; pois as Escrituras dizem que "se alguém não tem o Espírito de Cristo - ele não é dele" (Romanos 8: 9). Tão certo como a causa produz o efeito - aqueles que têm o Espírito de Cristo - dão o fruto do Espírito. Porque não dar o fruto do Espírito - é prova completa de que você não tem o Espírito. Um exame aprofundado do fruto que você está dando - revelará a você se tem ou não o Espírito de Cristo, e assim, se é ou não um cristão. Você pode fazer um exame superficial - e permitir ser enganado. Você pode fazer desculpas por causa de suas fraquezas - e, assim, enganar a si mesmo. Mas um exame completo e profundo irá divulgar a cada um - o tipo de fruto que ele produz.

"O fruto do Espírito é ... gentileza" Gálatas 5: 22-23

GENTILEZA é um dos frutos do Espírito. Se tivermos o Espírito de Cristo - nós temos esse fruto. "Bem", diz alguém, "na minha maquiagem - eu sou áspero, rude e severo". Se assim for, você precisa ser feito de novo. Quando Deus encontra um homem que é áspero, rude e severo em sua maquiagem - Ele, quando o homem cede à operação do Espírito Santo - o faz amável, gentil e pacífico.

As pessoas vão ao hospital e por uma operação, têm abscessos e tumores removidos do estômago e outras partes internas. Assim, Deus, por meio de uma operação bem-aventurada, maravilhosa e bem-sucedida do Espírito Santo, tirará a dureza, a rudeza e a severidade da sua natureza - e, em vez disso, infundirá brandura, ternura, suavidade e gentileza. A dureza e a aspereza são uma corrupção que Deus, em Seu gracioso plano de salvação tem prazer em remover. Quando o Espírito Santo trabalhar em você o que é agradável aos olhos de Deus - Ele o tornará gentil.

O que é a gentileza? É humildade, suavidade, e mansidão. É o oposto da dureza, da aspereza, da severidade, etc. É a doçura de disposição, brandura de temperamento, suavidade de hábito, bondade, ternura, etc. Aqueles que são de uma disposição gentil - agem e falam sem rudeza. Eles não são cruéis, ásperos, violentos, indiferentes, mas são suaves e firmes. As boas maneiras estão intimamente ligadas à gentileza, e as boas maneiras não são desonra para o cristianismo. O apóstolo Paulo, por meio do testemunho, disse aos santos de Tessalonicenses: "Fomos gentis entre vocês - como uma mãe cuidando de seus filhos". 1 Tessalonicenses 2: 7. Tal era a maneira dele. Como uma mãe gentil é para uma criança delicada - assim era ele para aqueles que ele amava.

Era tão diferente do que ele era quando ele estava perseguindo e destruindo a igreja de Deus. Ele tinha sido mudado pela graça. Ele exorta os servos do Senhor a "serem gentis com todos os homens" (2 Timóteo 2: 24) e ser "gentil, mostrando toda mansidão a todos os homens" (Tito 3: 2). Davi, em seu sublime tributo de louvor a Deus em 2 Samuel 22:36 diz: "A vossa gentileza (brandura) me engrandece".

Você, meu leitor, gostaria de ser mais gentil na sua maneira? Você é muito áspero e rude? Você é, se um pai - tão gentil com seus filhos como deveria ser, em todos os momentos? Marido, você é tão amável e gentil com a sua esposa como deveria ser? Você acredita que você vem à medida da Bíblia neste particular? Ou você tem sentimentos impacientes e atua de maneira precipitada e abrupta em relação a eles? Se você encontrar alguma coisa bastante provocadora da sua esposa ou das crianças - você se mantém tão brando e doce como você sabe que deveria?

Agora, espero que você examine de perto. Não quero condená-lo; eu quero ajudá-lo. Há muitos santos professos hoje, que não são tão gentis como deveriam ser. Por que não ser sincero e procurar ajuda de Deus e fazer melhorias? Por que ir junto com a rudeza, e frieza em sua vida? Seja gentil em relação a todos.

A mansidão é uma bela graça. Sua excelência é maravilhosa. Pela cultura, essa graça é capaz de muita melhoria. Poucos santos o experimentam na medida em que deveriam. Peço-lhe, pela gentileza de Jesus (2 Coríntios 10: 1) que seja sincero e melhore a sua gentileza. Nunca permita uma carranca por um só momento em sua face! Deixará sua marca, se você fizer isso. Aprenda a ser gentil - especialmente em sua casa. Às vezes, quando longe de casa, você se imagina como é gentil e amoroso estando em casa. Pela graça de Deus você pode ser tão gentil – como você vê na foto como você deveria ser! "Aprenda comigo, pois sou gentil e humilde de coração". Mateus 11:29 "Seja completamente humilde e gentil". Efésios 4: 2 "Deixe a sua gentileza ser evidente para todos". Filipenses 4: 5 "Mas você, homem de Deus ... persegue a ... gentileza". 1 Timóteo 6:11 "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade." Colossenses 3:12.

TERNURA

"Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." Efésios 4:32.

Para que a vida seja o que deveria ser - deve fluir de um coração cheio de ternura. Esta é a qualidade da alma que nos permite dar atenção aos outros, estar disposto e ansioso para fazer o bem, exercitar grande cuidado para não ofender e ser brando e gentil em todas as expressões. Como todas as outras graças sagradas, essa se encontra na perfeição do caráter de Deus. "O Senhor é muito compassivo e misericordioso". Por causa da sua piedade - ele nunca coloca sobre seu filho confiante um fardo maior do que ele possa suportar; e em sua terna misericórdia - ele sempre dá a cada provação um final feliz.

Será útil estudar por alguns minutos, o princípio da ternura como um atributo na natureza de Deus. "Como um pai tem piedade de seus filhos - então o Senhor tem piedade dos que o temem". É o pai que vê seu filho pequeno em profunda dor - quem sabe o que é a piedade. É esse sentimento que torna o pai desejoso de suportar toda a dor no lugar dele. Foi a piedade ou a compaixão de Deus pelos perdidos no pecado - o que fez com que ele desse seu único Filho para sofrer e morrer por eles. Quando Deus viu a miséria dos homens - ele tinha um sentimento tão grande em seu coração que ele não poderia encontrar alívio de nenhuma maneira, senão ao fornecer o único meio de seu resgate.

Ah, pense nisso! O filho de Deus nunca tem dor ou tristeza - sem que Deus não tenha um sentimento de piedade. O conhecimento de que alguém tem piedade de nós e simpatiza com o nosso sofrimento – muito ajuda a aliviar nossas dores. Recentemente, enquanto vivia em sofrimento profundo da alma, recebi uma carta contendo estas palavras: "Nós sofremos em espírito com você". Este foi um grande alívio. Se em um momento de provação pudéssemos saber como Deus estava sofrendo conosco, seria um grande consolo.

Mais uma vez, lemos: "Como alguém a quem sua mãe consola, eu também o consolarei, e você será consolado". Quem é que não conhece o conforto de uma mãe? Quando ouvimos sobre o encontro de um jovem com um acidente triste longe de casa, temos muita pena; mas quando sabemos que a mãe dele foi até ele, nos sentimos melhor. Ah, o conforto de uma mãe é superado apenas pelo conforto de Jesus.

"Se mamãe estivesse apenas aqui!" diz a filha problemática. Nada mais tão apropriadamente representa a natureza do conforto que Deus dá - como o conforto de uma mãe! Ó filho de Deus, você nunca deixará de ter dor, mas a ternura de Deus fará com que ele venha e o console. Deixe-nos levantar nossos corações e louvá-lo por sua misericórdia e amor reconfortante. Uma mãe pode esquecer de consolar o filho - mas Deus nunca esquecerá!

A ternura de Deus é revelada nessas palavras tocantes: "Com que frequência eu reuni seus filhos juntos como uma galinha reúne seus pintinhos sob suas asas". A imagem é rústica - mas ah! tão impressionantemente sublime. Não posso fazer melhor do que usar aqui as palavras de outra. Alguma imagem tão rústica, investida com tanta graça e sublimidade como essa no toque de nosso Senhor? E, no entanto, quão bela é a figura de proteção, descanso, calor e todo bem-estar consciente naqueles pobres, indefesos, dependentes pequenas criaturas, enquanto elas se arrastam e se sentem cobertas pela amável e gentil asa da ave mãe. Se vagando além de ouvir sua chamada peculiar, eles são ultrapassados ​​por uma tempestade ou atacados por um inimigo - então, o que eles podem fazer, senão serem arruinados em pedaços, mas se eles conseguirem chegar a tempo ao seu lugar de segurança sob a asa da mãe - em vão algum inimigo tentará arrastá-los dali. Porque subirá em força, acenderá em fúria e esquecer-se-á inteiramente de si, e deixará escapar a última gota de seu sangue e perecerá em defesa de sua preciosa prole - ao invés de ceder às garras de um inimigo!

Quão significativo é tudo isso, do que Jesus é e faz para o seu filho indefeso! Sob sua grande asa - ele amavelmente, abriga amorosamente seus pequeninos e lá estão seguros. Ele é um refúgio seguro!

A partir da canção de Moisés, aprendemos ainda mais sobre o terno cuidado de Deus. "Achou-o numa terra deserta, e num ermo de solidão e horrendos uivos; cercou-o de proteção; cuidou dele, guardando-o como a menina do seu olho. Como a águia desperta o seu ninho, adeja sobre os seus filhos e, estendendo as suas asas, toma-os, e os leva sobre as suas asas.” Deuteronômio 32: 10-11.

Esta metáfora expressa lindamente o cuidado e a ternura de Deus em relação a seus filhos. A águia é conhecida por seu grande apego à sua cria. Seu cuidado é extraordinário. Quando as pequenas águias atingiram a idade e a força para deixar o ninho e aprender a voar, a mãe os leva, quando cansados, no topo da asa.

Essas figuras expressam a todos os nossos corações - a maravilhosa ternura de Deus para seus filhos. Mas não há nada no mundo material que forme uma analogia completa e perfeita para as coisas no mundo espiritual. Estas são muito altas.

Se não tivermos a ternura de Deus em nossos corações - então nossa vida é encurtada quanto a ser um vida plena e verdadeira. A Bíblia nos diz para "ser amáveis ​​uns com os outros, ternos de coração". Não há verdadeira santidade de vida - sem ternura. À medida que crescemos mais como Deus - nos tornamos mais ternos de coração. Existem algumas coisas que evitarão esse coração terno. Apenas um pouco de ressentimento, um pequeno desejo de retaliação, ou um desejo secreto de que algo aconteça com aqueles que nos fizeram uma injúria - tornará insensível o coração e endurecerá as afeições. Quando fomos desprezados por alguém ou mal julgados - oh, como Satanás se esforça para nos fazer pensar muito sobre isso e para trabalhar um sentimento de "ferida" em nosso coração. Mesmo ao pensar sobre a rudeza dos outros, trará uma dureza e frieza para a vida interior. O que condicionamos nos outros, se pensarmos e falarmos muito sobre isso - reflete nos nossos corações! Você diz que está salvo e está tentando agradar ao Senhor. Graças a Deus por uma experiência tão abençoada; mas você ainda tem que ganhar. Você ainda não atingiu a profundidade total de qualquer coisa. Existe ainda uma ternura de coração que você pode alcançar - apenas através de muitas e variadas experiências. Há ternura de voz, ternura de maneiras, ternura de sentimento, ternura de pensamento que você alcançará - somente através de uma profunda comunhão com Deus. São essas conversas íntimas e familiares com Jesus, que nos formam à Sua imagem sagrada! Poucas manhãs atrás, um irmão cristão me relatou a sua experiência da noite anterior. Ele ficou acordado, por um longo tempo e teve uma conversa doce com o Senhor. Tão íntima foi a comunhão que, virando-se para dormir, ele disse, meio sem pensar, "Boa noite" - como se estivesse se separando de um querido amigo. Uma comunhão tão estreita com Jesus, nos dá visões mais claras do seu caráter, e estampa a beleza dele em nossas almas. Vocês não viram aqueles que são duros, ásperos e insensíveis em suas conversações e maneiras? Ninguém quer ser como eles. Estamos felizes em nos afastar deles. Eles medem uma pessoa por seu padrão, e se ela não é o que eles pensam que ela deveria ser - eles falam sobre ela de uma maneira indigna e insensível. Sentimos que algo grosseiro e rude precisa ser retirado de sua natureza. Não dizemos que não são cristãos - mas que são muito amargos e severos. Eles precisam ser banhados no amor de Deus; eles precisam estar imersos no mar da sua gentileza. Vimos, por outro lado, aqueles que estavam tão calmos, ternos e gentis - que estar na sua presença era como o sopro de uma doce manhã de primavera. Havia uma ternura nos olhos, uma suavidade em sua voz, que lançava sobre sua alma um sentimento de prazer. Há muito para nós ganharmos nessa área para tornarmo-nos mais ternos e brandos. Mas podemos ganhar apenas no final da baioneta. Se desejamos ganhar - devemos lutar. Não há vitória sem batalha. Um irmão, depois de obter uma vitória decisiva, disse: "O diabo está morto!" Ele era tão vitorioso e livre que achava que o diabo deveria estar morto. Em pouco tempo, no entanto, o irmão aprendeu seu erro. O príncipe do poder do ar ainda vive - e ainda temos nossa carne pecaminosa. Se não somos pessoas de oração e vigilantes, e não nos tornamos dispostos a lutar pelo nosso caminho; por nos sentir um pouco amargos se somos pisoteados. Jesus nos diz para "não resistir ao mal". Nós não devemos apenas não resistir ao mal externamente - mas não ter sentimento de resistência em nossos corações. Se desejamos ter santidade de vida - devemos ter ternura de espírito. Se você deseja que sua vida seja como o oásis no deserto, onde o viajante cansado seja refrigerado - seja terno de coração, seja compassivo, enfrente cada prova com paciência, sofra todo sofrimento sem murmúrio, comungue muito com Deus - e ele irá trazê-lo para aquela ternura de alma que fará sua vida, em qualquer lugar que você vá, como a atmosfera do Céu!

A CAMINHADA CRISTÃ

A vida é chamada de caminhada nas Escrituras. Onde as Escrituras dizem que devemos caminhar como Jesus andava - elas se referem ao nosso modo de vida. A maneira pela qual o cristão caminha - é chamada de caminho da vida. É chamado o caminho da vida porque leva a uma terra da vida - um lugar onde a morte nunca entra, onde tudo é vida e vida para sempre. O cristão caminha no caminho que leva a essa terra da vida. Há também um lugar de morte - e o caminho aí, é chamado de caminho da morte.

O caminho pelo qual o cristão caminha é um caminho estreito. "Estreito é o portão, e estreito é o caminho, que leva à vida". Mas não precisamos ter medo; pois embora seja estreito - não está escuro. "A tua palavra é uma lâmpada para os meus pés, e uma luz para o meu caminho". Preferiria andar de maneira estreita, em plena luz - do que de maneira ampla, no escuro. A Palavra de Deus ilumina o caminho do cristão. Quão lindamente as luzes elétricas acendem os passeios no parque da cidade! Não há perigo de tropeçar. A Bíblia é uma luz ao longo do caminho da vida, e ilumina o caminho lindamente. Nem um passo deve ser dado no escuro. Há luz para cada passo do caminho. Às vezes, o cristão pode pensar que ele chegou a um lugar escuro; mas se ele abrir sua Bíblia, ele encontrará uma luz para iluminar esse ponto!

 O cristão deve caminhar atentamente.

"Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus." Efésios 5: 15-16.

"E não nos cansemos de fazer bem" Gálatas 6: 9.

Caminhar com cuidado, é andar com cautela; para olhar onde está pisando; para ser vigilante, atento, diligente. Seja nosso caminho sempre tão brilhante, se não olharmos onde estamos pisando, podemos tropeçar. Alguns representam o texto acima nestas palavras: "Veja então que você ande sem tropeçar". Não devemos caminhar como pessoas tolas, mas como sábias. Nós julgamos que age de forma insensata, quem não julga a maneira como ele está caminhando. Aqueles que são sábios nos negócios, andam com cuidado; eles olham para onde estão indo; eles aproveitam todas as oportunidades para fazerem de seus negócios um sucesso.

Em nossa caminhada cristã, devemos aproveitar todas as oportunidades para progredir. Não há tempo nesta curta vida, para desperdiçar o amor em facilidades. O descuido e a indolência são perigosos e destrutivos para a espiritualidade. Um homem indolente nunca cumprirá o que deve em relação a Deus - nem será de grande benefício para os seus semelhantes. Mas ah, quão fácil é se tornar descuidado!

Muitos começam a caminhada cristã com cuidado e diligência - mas logo dão lugar ao descuido e à indolência. Como as pessoas ficam propensas a perder o interesse em qualquer coisa - quando o novo se desgastou!

Eles se interessam por um novo pregador - mas eles ficarão tão familiarizados com ele e tão acostumados com ele - que perderão o interesse. Nunca ouviram ninguém pregar, assim como o novo pregador, e o que ele diz tem tanto peso e autoridade; mas eis que depois que o novo desapareceu - ele não pode pregar melhor do que qualquer outro; eles não têm mais em conta suas palavras, do que as palavras dos outros.

Existe um velho ditado que diz: "Uma nova vassoura varre." O menino está ansioso para cortar madeira com o novo machado. Uma criança escreverá cuidadosamente nas primeiras linhas; mas quanto mais longe fica a página - quanto maior o descuido. A jovem sente um grande interesse pelas lições de música no início; ela quer praticar o tempo todo; mas logo fica velho, e então é difícil manter um interesse. O marido é muito amoroso, amável e atento com sua esposa por um tempo - mas, infelizmente! em pouco tempo ela se torna velha para ele, e então ele muda seu comportamento. Isso não precisa, e não deve ser; senão uma tendência à indolência que parece ser a natureza do homem.

Na vida cristã há uma forte tendência a deixar as coisas escorrerem. Algumas pessoas ouvem um sermão e são despertadas - mas logo elas dormem novamente. Talvez o exemplo de alguém lhes tenha mostrado que eles não oram o suficiente, e eles decidem orar mais - mas eles logo se desviam da mesma maneira descuidada. Talvez eles vejam que eles não leem as Escrituras o suficiente, e se melhoram, eles são muito movidos para fazer melhor - mas, infelizmente! quanto tempo eles permitem que essa resolução se enfraqueça para se tornarem tão negligentes como sempre! Nada além da maior diligência e determinação inflexível nos salvará de nos cansar de fazer. Mantenha uma fé forte. Mantenha a sua mansão no céu bem em vista - e não deixe que nada o impeça na sua viagem para casa!

Há cristãos professantes que nunca dão uma boa olhada em sua mansão no Céu, e teme-se que muitos que são realmente filhos de Deus não vejam suas casas acima, tão frequentemente e de forma distinta quanto deveriam. Eles veem mais coisas temporais - do que coisas eternas. É pela fé que vemos coisas eternas - mas se temos uma visão muito aguda para as coisas temporais, ela escurece nossa visão spiritual Se você soubesse que você tinha uma bela casa em um Estado adjacente, e você nunca a tivesse visto, você desejaria que alguém que a tenha visto lhe desse uma descrição da mesma. Talvez você queira uma fotografia dela. Você iria dar uma olhada na imagem com frequência, e aprenderia tudo sobre ela quanto pudesse, e pensaria no momento em que você poderia ir e morar lá. Agora, Jesus diz que ele preparou uma mansão para você no céu. Ele não lhe conta muito sobre isso - mas você sabe muito bem, que uma mansão que Jesus prepara é perfeita e completa. Por que não pensar muito sobre esta mansão? Por que não vê-la frequentemente pela fé? Por que não aprender tudo sobre ela quanto você possa? Estar muito envolvido com as coisas desta vida é o motivo disso! Caminhar com cuidado, é ver que cada passo nos leva para o céu, ter nossos rostos voltados para Deus, ter nosso lar eterno em vista e estar viajando no caminho. Nós não devemos estar passeando juntos - mas viver diligentemente para Deus e para o Céu. Com frequência, você decidiu que seria mais dedicado à oração, que leria mais as Escrituras, amaria mais a Deus e as almas dos homens, que faria mais pela causa de Deus! Com que frequência você decidiu andar mais dignamente de Deus, ser mais paciente, viver uma vida mais santa, cultivar um espírito de amor e bondade, ser mais como Jesus! Você começou bem e com muita diligência - mas, infelizmente! Em pouco tempo você ficou cansado em proceder bem; você ficou menos vigilante; você não andou tão cuidadosamente e ficou menos atento ao seu caminho. Um dia ocorreu uma circunstância que fez um irmão ver que ele não estava tão atento aos outros como ele deveria estar, e que muitas oportunidades de ajudar os outros em coisas pequenas não haviam melhorado. Ele decidiu que ele ficaria mais atento e, portanto, seria mais útil; mas, como ele disse, ele logo se tornou tão negligente como sempre. Uma e outra vez, ele resolveu - e muitas vezes tornou-se negligente. Não seja desencorajado. Um pouco mais de determinação, um pouco mais de fé em Deus para ajudar, e você triunfará. Caminhe com Deus "Enoque caminhou com Deus" Gênesis 5: 24 A vida de Enoque, é descritiva dos cristãos. De mãos dadas com Deus, coração no coração e vida na vida - é o verdadeiro caminho cristão. Para andar assim com Deus, devemos estar de acordo com Ele; pois dois não podem caminhar juntos coração com coração - a menos que estejam de acordo. Estar em acordo com Deus implica submissão à vontade divina. É seguir para onde Ele dirige. "Ele me conduz" é o sincero sentimento do coração cristão. Deus às vezes pode liderar em um caminho laborioso; no entanto, seguimos. Ele pode liderar de uma maneira que traz sofrimento e autonegação; ele pode levar nossos entes queridos de nós; ele pode chamar alguém querido para nós em um campo estrangeiro, ou Ele pode nos chamar. Se caminhássemos com Deus, não devemos recuar - mas diga: "Senhor, que seja feita a tua vontade. Eu irei contigo por todo o caminho!" Tal caminhada pode levar a alguns caminhos espinhosos e através de algumas águas profundas e provas ardentes - mas agrada a Deus e acaba no céu! Então adiante, vamos!

UMA VIDA SANTA

O que, em seu verdadeiro sentido, é uma vida santa? É a vida de Jesus. Todo o seu modo de vida era verdadeiramente santo. Sua vida é a vida ideal. Se desejamos viver de maneira santa - devemos viver como ele viveu. O artista tem o seu ideal diante dele, e com os toques do pincel aqui e ali sobre a tela - ele forma uma imagem exata do ideal. A vida de Jesus é o que devemos imitar. Ele dá o exemplo de uma vida santa e nos chama a uma mesma vida santa. "Mas, assim como é santo aquele que te chamou, seja santo em tudo o que fazes!" 1 Pedro 1:15. Como cristãos, somos descendentes de Deus e, como tal, somos como ele.

Santidade na vida de Jesus, é encontrada não só nos grandes milagres que ele realizou, mas também nos menores acontecimentos de sua vida. A restauração da vida aos mortos não é mais lindamente sagrada do que a imposição de suas mãos sobre as cabeças das crianças abençoando-as. Seu memorável Sermão da Montanha não mais retrata a beleza do seu caráter, do que a conversa com a mulher samaritana.

São as pequenas coisas da vida cotidiana, se atendidas e mantidas na mansidão e na solenidade do Espírito de Cristo - que tornam a vida verdadeiramente bela e santa. Não é o sermão eloquente que faz uma vida tão sublime - mas é o sorriso terno, a palavra amável, o olhar gentil, dado a todos; é a maneira paciente com que todas as pequenas coisas tentadoras e provocadoras da vida são atendidas. Você pode pregar ou escrever de forma tão forte e eloquente, e trazer as sublimes verdades da Bíblia em grande beleza; mas se na privacidade de sua própria casa - há alguns transtornos, um pouco de irritação, um pouco de aborrecimento, um pouco de superficialidade, um pouco de egoísmo, um pouco de desconfiança - então sua vida não é tão verdadeiramente santa como deveria ser.

Se desejar que a imagem sagrada de Deus seja estampada em sua alma, seu semblante e sua vida, você deve evitar cuidadosamente os pequenos raminhos de superficialidade, os pequenos pedaços de preguiça e indolência, toques de dureza, descortesia, egoísmo, etc.

As palavras puras pertencem a uma vida santa. Você deve usar as palavras mais elegantes, linguagem livre de vulgaridade, gíria e espírito do mundo. Deserção, impureza, preguiça e fragilidade não são belos ornamentos em uma vida santa. Mas quietude, modéstia e humildade são gemas que brilham em uma vida santa, como diamantes colocados em uma corrente de ouro. Dê atenção às suas palavras, seus pensamentos, seu tom de voz, seus sentimentos; a pequenos atos de benevolência, à prática da abnegação, da prontidão, do método e da ordem. Estes são auxiliares da vida santa. Não há muitas pequenas coisas em sua vida doméstica que você pode melhorar? Procure a ajuda de Deus e seja verdadeiramente santo.

MORNIDÃO

"Eu conheço suas ações, que você não é nem frio nem quente. Eu queria que você fosse um ou outro! Então, porque você é morno - nem quente nem frio - estou prestes a vomitar você da minha boca!" Apocalipse 3: 15-16.

Uma vida morna é um desagrado para Deus; ela teria que ser fervorosa em espírito. Deus está satisfeito conosco, quando somos vivos - mas não quando somos formais e mornos. Um estado morno é um estado perigoso. Uma coisa muito perigosa sobre isso, é que geralmente quando uma pessoa está morna - ele não sabe que ele está morno. Se um homem está doente e não sabe que ele está doente - ele está em grande perigo de sua vida, porque ele não é susceptível de cuidar adequadamente de si mesmo. Então, o homem que é frio e formal, mas pensa que ele é espiritual e cheio de vida - não é provável que nada faça pela melhoria de sua condição espiritual. Ele é muito parecido com a tartaruga do irlandês. Eu hesito em relacionar qualquer coisa tão divertida - mas isso ilustra bem o estado do professor morno, que eu acho justificável.

Alguns irlandeses pegaram uma grande tartaruga e lhe cortaram a cabeça. Então esperaram ela morrer - mas a tartaruga revirou por algumas horas. Desejando uma explicação de tal fenômeno, abordaram um homem que estava passando. Depois de observar a tartaruga por um momento, ele disse: "Ela está morta - mas ela não sabe disso". Esta é a condição dos professantes mornos. Eles estão espiritualmente mortos - mas não estão cientes disso. Os professantes do cristianismo em Laodiceia eram mornos - mas eles se achavam ricos e aumentados com bens e não precisavam de nada.

As doenças do corpo humano são atendidas com certos sentimentos e sintomas, pelos quais o médico pode dizer a natureza da doença em um caso particular. As doenças da alma humana também são atendidas com certos sintomas, pelos quais a natureza da doença em um dado caso pode ser conhecida. Agora vou lhe contar alguns dos sintomas da mornidão, para que você possa saber se esse é o seu estado.

Primeiro. Há uma espécie de sentimento duvidoso ou incerto sobre se você está certo com Deus, juntamente com uma falta de vontade para se examinar de perto por medo de que você esteja em falta. Estar cheio do Espírito, nos dá plenitude de segurança.

Segundo. Se você testemunhar ser salvo, santo e pronto para a vinda de Jesus - seu coração não diz amém e você deseja em sua alma, você teve uma pequena garantia de que o que os seus lábios dizem é verdadeiro - então você não é tão espiritual quanto deveria. Quando estamos cheios do Espírito, nossas almas são asseguradas e satisfeitas. Terceiro. Passando dia após dia na mesma rotina de vida, dando por certo que você está no trabalho que o Senhor quer que você faça, e que não esteja buscando saber sua vontade. Aqueles que são espirituais, não podem se contentar sem um conhecimento definitivo da vontade de Deus. Se você está indo sem um conhecimento real e positivo da vontade de Deus e não está procurando saber disso - então certamente você é morno. Quinto. Se, quando a sua rotina de vida estiver de alguma forma interrompida, você está insatisfeito e reclama; se você não gosta de ser deslocado para fora do seu antigo canal - mas você quer ser deixado sozinho, é evidente que você escolheu o seu próprio caminho e que Deus não está ordenando seus passos. Se, quando for chamado à assistência de um vizinho ou de um doente ou mesmo de um inimigo - você encontra uma relutância em ir, e muitas vezes retorna sua própria mente às suas próprias preocupações e um desejo de se apressar de volta para elas - então você está, ao que parece, olhando apenas seus próprios interesses, e não os dos outros. A Bíblia nos diz para olhar as coisas dos outros. Se você vê suas próprias necessidades, e vê e se preocupa pouco com as coisas dos outros - então você é egoísta. Aqueles que são espirituais têm tempo para ajudar os outros - e fazem-no voluntariamente. Sexto. Se, quando convocado para ir à assistência de algum infeliz e não pode ir, se você não tiver um profundo coração de arrependimento e se não pensa, durante o dia, no pobre infeliz, e não sente dor no coração por sua incapacidade de ajudá-lo - então você deve estar mais preocupado com você do que com os outros. Você olha suas próprias coisas e não vê nem sente as necessidades dos outros. Se tal for verdade em você - então você está em um estado morno.

Sétimo. Se você fosse perguntado se está fazendo o trabalho que está fazendo agora, unicamente e propositadamente para a glória de Deus, e você deveria ser obrigado a responder que não havia pensado em particular - mas supôs que importava pouco para o Senhor, apenas que você estivesse fazendo alguma coisa - então isso certamente mostra negligência e indiferença.

Oitavo. Se você é indiferente e despreocupado com o progresso espiritual; se você não está desejando e buscando com sinceridade por mais de Deus; se você não se empenhar ardentemente em ser mais manso e humilde, ser mais gentil e paciente; se você tolera descuidadamente os atos de egoísmo, de impaciência, crueldade, dureza e superficialidade - então você certamente é morno.

Nono. Desconsiderar ler a Bíblia e orar em segredo; tendo maior fervor na oração pública do que na oração secreta; exibindo mais a piedade externa do que a verdadeira piedade interior; testemunhando ou pregando além do verdadeiro padrão de vida - estas também são evidências de mornidão. Um homem pode tornar-se entusiasmado em oração, testemunho ou sermão, e achar que ele está fazendo um grande avanço; mas se ele não pratica todas as palavras que ele fala - então ele está perdendo em vez de ganhar, porque ele não está caminhando na luz.

A imprudência é muito repugnante para Deus. Isso o censura. Porque não fazer nenhuma profissão de amor a Deus - não é uma opressão para ele, como professar amor e ser morno. Deus quer todo o seu coração. Se ele não pode ter tudo - então ele não terá nenhum. Ele deseja um amor caloroso e fervoroso. Amá-lo apenas parcialmente, e não supremamente, faz parecer como se ele fosse digno de apenas um amor sem coração. Isso faz Deus ser igual às demais coisas.

Depois que o médico aprende os sintomas e pronuncia a doença - ele prescreve o remédio. Graças a Deus, há um remédio infalível para a mornidão. Claro, "uma onça de prevenção vale uma libra de cura". "Arrependa-se e faça as primeiras obras!" Venha a Deus e compre ouro provado no fogo. Exercite-se em coisas espirituais, se houver algum amor em seu coração. Mova tudo o que está espiritualmente morno. Pressione o caminho até Deus, apesar da secura e da morte. Mova sua alma. Faça uma meditação profunda sobre o grande amor de Deus por você. Ore com fervor e fé. Consagra-te a toda a vontade de Deus. Seu caso não é impossível - esse remédio trará uma cura.

PERSEVERANÇA, CONSTÂNCIA, FIRMEZA

"Portanto, meus amados irmãos, sejam firmes, inamovíveis, sempre abundantes na obra do Senhor". 1 Coríntios 15:58.

A firmeza é um princípio essencial no caráter cristão. Não pode haver sucesso nem prosperidade na vida cristã, quando falta esse princípio. O salmista disse: "Meu coração está firme, confiando no Senhor". Esta é a firmeza constante. Ela está se abrindo para Deus - deixe as tempestades se enfurecerem quanto puderem. Está descansando e permanecendo em Jesus - embora as provações da vida possam ser as mais severas possíveis. É uma decisão firme, fixa e decidida de respeitar as doutrinas da Bíblia. É descansar confiantemente sobre o ensino e as promessas das Sagradas Escrituras. Assim como um homem descansa com confiança para dormir sobre sua cama - então um cristão, em sua firmeza, descansa confiantemente, repousa sem medo, na Palavra de Deus que jamais se transforma.

Os cristãos são feitos participantes da natureza divina. Eles recebem a impressão do caráter divino em suas almas. Entre os diferentes princípios do caráter de Deus, encontra-se a firmeza. Quando Deus livrou Daniel dos leões, Dario, o rei, disse: "faço um decreto, pelo qual em todo o domínio do meu reino os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo, e permanece para sempre; e o seu reino nunca será destruído; o seu domínio durará até o fim." Dan. 6:26. Assim como a fortaleza de um cristão é nobre, viril e agradável a Deus - então, a falta de firmeza é ignóbil e muito desagradável para Deus.

Alguns (podem ser muitos) são liderados por seus sentimentos. Nós, como filhos de Deus, devemos ser guiados pelo Espírito de Deus; mas nem todos compreendem completamente o que se entende por "ser guiado pelo Espírito". Eu preferiria ser liderado por um senso de dever - do que pelos meus sentimentos. Para ser guiado pelo Espírito - nem sempre precisamos ter uma forte impressão interna, ou voz quase audível que nos fala. O Espírito de Deus iluminou a Palavra e iluminou sua mente para saber qual é o seu dever cristão; portanto, quando você avança e cumpra seus deveres fielmente - você está realmente sendo liderado pelo Espírito. Você sabe que é seu dever ajudar os pobres, apoiar os fracos, consolar os aflitos, atender aos serviços cristãos, testemunhar Jesus, estudar as Escrituras, orar e diligentemente seguir todos os bons trabalhos.

Às vezes, pode-se sentir uma forte impressão de orar - mas você não precisa ter esse sentimento sempre, para ser obrigado a orar. É seu dever orar, dar seus meios, etc., muitas vezes tanto quanto você não se sente impressionado ao fazê-lo - como quando você possui fortes impressões internas. Você não precisa aguardar essas impressões antes de agir - porque um conhecimento do seu dever o torna responsável. Um homem não pode ter uma firmeza constante, quando é influenciada por suas emoções ou impressões. O homem que é firme, inamovível na Palavra - avança para o cumprimento de seus deveres conhecidos, independentemente dos seus sentimentos. Quaisquer que sejam suas impressões para fazer uma coisa certa, se não for consistente com a Palavra e o Espírito e com o seu conhecimento do que é direito - ele se recusa persistentemente a obedecer. A confiabilidade é um propósito firme e fixo do coração para se unir a Deus, Atender de forma estrita e imediata a todos os deveres cristãos. É um propósito decidido, imutável e inabalável do coração - obedecer implicitamente os ensinamentos do Salvador, independentemente dos sentimentos. Você achará isso, se você atender a todos os deveres cristãos - que muitas vezes você terá que ir ao contrário dos seus sentimentos. Com que frequência o inimigo de sua alma, se puder, lançará sentimentos indiferentes sobre você em relação à oração. Esse é o momento de mostrar sua firmeza cristã e constância. Há a fraqueza e a preguiça para negligenciar a oração - simplesmente porque não nos sentimos inclinados a orar. Ceder a sentimentos indiferentes - é encorajá-los; e eles se tornarão mais fortes, para que nos sintamos cada vez menos inclinados a orar. Quanto mais oramos - quanto mais desejo de orar nós sentimos; da mesma forma, quanto menos oramos - menos desejo de orar sentimos. Quando produzimos sentimentos indiferentes por algum tempo e oramos triste e negligentemente, temos dificuldade em superar a gloriosa luz e a vitória e a doçura da oração. Mas você deve sair onde as bênçãos caem; você deve chegar onde você tem gostos do amor e as bênçãos satisfatórias da presença de Deus. Você deve ser corajoso, viril e decidido. A maneira de desfrutar de servir a Deus e fazer o nosso pleno dever cristão - é sempre fazer o nosso dever, e especialmente naqueles momentos em que o fazem parecer ser o menos agradável.

Resolva firmemente contra Satanás e todo sentimento indiferente - e faça o seu dever a qualquer custo. "Lembre-se, é pecado saber o que você deve fazer - e então não fazer isso!" Tiago 4:17

COMO ENCONTRAR A VONTADE DE DEUS

Para fazer a vontade de Deus - primeiro devemos conhecer sua vontade. Para ter satisfação real, repouso e contentamento na vida cristã - e não há um verdadeiro descanso fora da vida cristã - devemos ter toda a certeza de que estamos fazendo a vontade de Deus. A alma que ama a Deus, não pode ficar satisfeita com nada menos que isso. Enquanto houver uma dúvida, não pode haver satisfação perfeita. Devemos ter um verdadeiro conhecimento da vontade de Deus em relação a nós - ou então não saberemos completamente que estamos fazendo a vontade dele.

Muitos estão dizendo: "Gostaria de fazer a vontade de Deus - se eu soubesse o que é!" Os tais não chegaram àquela proximidade com Deus que deveriam. Deve haver sempre um entendimento claro e definitivo entre Deus e seus filhos. "Minha ovelha", diz Jesus, "escuta a minha voz"; e sabemos que Deus ouve a voz de seus filhos. Podemos conversar com Deus e Deus conosco; consequentemente, pode haver compreensão entre nós. Você pode viver o suficiente para que Deus faça conhecer sua vontade - não apenas para supor sua vontade ou dar por certo - mas para conhecê-lo, porque ele lhe disse.

Os funcionários de um homem podem supor que estão fazendo o que ele quer que eles façam - mas isso não lhes confere toda a certeza. É somente quando eles estiveram em sua presença e o ouvirem expressar sua vontade - que eles sabem que estão fazendo isso. Você pode conhecer a vontade de Deus. Você não precisa passar um dia sem saber se você está em sua vontade ou não.

A Escritura diz: "Não seja insenstao, mas entenda o que é a vontade do Senhor". Efésios 5:17. Nos versículos que precedem este, nos é dito que devemos  caminhar com cuidado e resgatar o tempo. Precisamos conhecer a vontade de Deus, para que possamos aproveitar todas as oportunidades para a maior vantagem. Porque passar um dia após o outro sem um conhecimento definitivo de estar na vontade de Deus, ou sem pensar muito sobre isso ou procurar seriamente por isso, é estar vivendo em um plano espiritual completamente baixo. Deus quer que você venha mais alto - alto o suficiente e próximo o suficiente, para conhecer sua vontade.

Deus não comprou você? Você é seu servo. Você deve fazer tudo o que faz por ele. Aquele que tem homens em seu emprego, espera que eles façam sua vontade. Eles não trabalham um único dia, ignorando sua vontade. Eles nem sempre esperam ser informados sobre o que fazer - mas eles fazem uma indagação. Com muitos, pode não haver muita busca séria de Deus para conhecer sua vontade.

Para conhecer a vontade de Deus, deve haver uma perfeita consagração a Deus. A alma deve abater a própria vontade e apresentar-se diante de Deus, tanto quanto para dizer: "Eu desisto do meu caminho e sempre, para ser seu e seu único, amar-te e servir-te, fazer toda a tua vontade agora e sempre."

Deve haver humildade diante de Deus; uma profunda consciência interior de seu nada e sua incapacidade de realizar qualquer coisa na vida de si mesmo. "O manso - ele irá guiar". Devemos ser mansos e humildes perante o Senhor, e confessar que somos dependentes dele e que a vida será um fracasso total - a menos que ele instrua, guie e planeje e trabalhe em nós e conosco e para nós.

Deve haver um grande amor a Deus, e um desejo sincero de conhecer sua vontade. Sem um forte desejo de conhecer a vontade de Deus - você nunca pode aprender. São aqueles que desejam - que obtêm respostas para suas orações; e esse desejo deve ser realmente bom. Você deve procurar saber. Onde há um grande desejo, haverá busca séria; mas não haverá busca séria - sem o desejo fervoroso. O desejo deve ser tão intenso, que você sente como se tivesse que saber. Você deve sentir que não pode se dar bem na vida, sem saber a vontade de Deus. Você não pode ser de nenhum serviço para ele, sem ter conhecimento de sua vontade.

Você também deve ter fé. Quando você pede a Deus que lhe ensine sua vontade, você deve acreditar que ele fará isso. Quando ele começa a revelar sua vontade, você deve obedecê-la sem duvidar ou questionar. Ele irá guiá-lo e dirigir cada passo, e você pode saber que você está fazendo exatamente o que Deus quer que você faça. Bendiga seu nome! Tal vida é o céu aqui na terra!

 (Nota do tradutor: A vontade de Deus não é algo que se busca de modo incerto, como se tateando no escuro, mas é algo que pode ser conhecido de modo objetivo e real, com toda a segurança, quando vemos e entendemos a verdade revelada na Bíblia sendo aplicada em nossa própria vida. Como já foi dito anteriormente, este conhecimento deve aumentar em graus, à medida que permanecemos nos consagrando ao Senhor, pelo uso dos meios de graça (oração, meditação na Palavra, vigilância, culto, comunhão etc) com constância, e tendo formado em nós o hábito da santificação. É todo o prazer de Deus tornar-se conhecido de nós mais e mais, bem como a Sua vontade, quanto àquilo que devemos ser e fazer para Ele. Mas é necessário andar no Espírito, seguir o pendor do Espírito, e não da carne, porque somente o Espírito pode nos revelar qual seja a mente de Deus. À medida que nosso caráter avança em transformação, segundo o próprio caráter de Cristo, mais somos habilitados a entender a vontade de Deus, e a proceder em conformidade com esta vontade. O velho homem deve morrer, conforme o sacrifício apontado pelo apóstolo em Romanos 12.1-3, para que a mente renovada da nova criatura entre em cena e nos governe em todo o nosso entendimento e comportamento, segundo a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.)

UMA VISÃO DE JESUS

Vejamos Jesus. oremos para que o Espírito Santo possa revelá-lo e apresentá-lo claramente. Devemos vê-lo como nosso. Você pode vê-lo assim? Ele é tudo para você? E ele está em tudo o que vem para você?

Tenhamos uma visão de Jesus através de dois textos da Escritura. Primeiro, "E colocou tudo sob seus pés". Efésios 1:22. Nós o vemos como nosso protetor. Cristo conquistou tudo, e Deus colocou todas as coisas debaixo dos pés de seu filho. Em todo o mundo, não há coisa má que possa prejudicar o filho de Deus. Jesus cuida de seus filhos. Quão seguros nós nos sentimos! Ele é nosso refúgio, nossa torre forte e nosso escudo. Desânimos, dúvidas, medos, doenças, Satanás, juntamente com tudo o que nos antagonizaria - estão sob seus pés e, portanto, nunca podem ser para o nosso mal. Em segundo lugar, "O Pai ama o Filho, e deu todas as coisas em suas mãos". Todo bem está na mão de Jesus. Ele está pronto para dar a seus filhos. Não há necessidade de que você possa ter - mas Jesus tem na mão dele, algo com o qual atender essa necessidade. Sua mão amorosa é estendida para você. Contém algo que satisfará todas as suas necessidades na vida. Louvado seja o Senhor! Nada pode nos prejudicar, pois toda coisa prejudicial está debaixo dos pés do nosso Senhor. Portanto, não precisamos ter medo. Nós nunca podemos deixar de ter todas as nossas necessidades providas, pois Jesus está com a mão estendida para dar exatamente o que precisamos apenas quando precisamos disso. Você vê Jesus como tal? Abra os olhos, olhe e viva, seja feliz e livre.

DEVOÇÃO A DEUS

A devoção a Deus implica afeto ardente por ele - uma entrega do coração a ele com reverência, fé e piedade em todos os atos, particularmente na oração e na meditação. Nós percebemos o verdadeiro significado da devoção, no que é dito sobre o centurião. Ele foi chamado de homem devoto porque temia a Deus, deu muitas esmolas ao povo e sempre orou a Deus (veja Atos 10: 2). Esta é a essência da verdadeira devoção. Ele amava Deus, sem o que não pode haver devoção. Quanto mais amamos um objeto - o mais dedicados somos a isso. A devoção é, portanto, o amor manifestado. Aos pés de Jesus, uma mulher estava chorando e lavando os pés com as lágrimas, limpando-os com o cabelo da cabeça e beijando-os. Não é essa uma imagem de devoção? É o amor expresso em ação. Jesus disse: "Ela amou muito". O segredo da devoção - é muito amor. Todos os desejos cristãos dedicados são mais dedicados ao seu Deus. Fico feliz que possamos ser. É agradável sentir em nossos corações um ardente desejo de amar mais a Deus. Uma amada mãe agarra seu bebê ao peito. Ela o ama, e seu coração está feliz com esse amor; mas ela sente que não pode amar o suficiente. Ela anseia amá-lo mais. Seu coração anseia amá-lo mais, embora ela o ame na plenitude de sua alma. Esse desejo de amar - aumenta a nossa capacidade de amar. Ao ser cheio de ar - alguns vasos são feitos para expandir. Na medida em que o coração está cheio do amor de Deus - o homem é feliz. Desejar ser mais devocional, não é uma prova de falta de devoção - mas, pelo contrário, uma evidência de grande devoção. Aqueles que são os menos devocionais, têm o menor desejo de ser mais devocionais. O coração que é mais cheio de amor é o mais feliz; e, embora seja feliz e satisfeito - ainda assim deseja mais. Ah, como desejamos envolver nossos braços com mais força sobre Jesus! Como desejamos que ele abrace seus braços com mais força sobre nós! Como desejamos nos aninhar com carinho e afeto no seu peito! Que arrebatamento para nossas almas inundadas pelo amor - receber de suas carícias e ouvir suas palavras ternas! Para a alma no êxtase de seu amor celestial - o mundo com seus prazeres desapareceu como um vapor da manhã. Não é entendido por todos, como e por que devemos ter o desejo de possuir mais do que já estamos cheios . É o desejo de desenvolvimento; é um desejo inato; é um princípio plantado em nossa constituição sob a graça. Deixe-me repetir o que eu disse em outro lugar: todo ser vivo consciente ou inconscientemente se esforça para se adequar ao seu maior tipo. Quando a pequena planta se expande pelo chão, entra na espécie de acordo com o tipo que ela carrega no seu peito. Assim, no coração da bolota - há um carvalho em miniatura. O pequeno pintainho carrega dentro dele - uma imagem do pássaro-mãe, ao qual, naturalmente, se conformará inconscientemente. No mundo natural, quando as coisas atingem o ponto mais alto do desenvolvimento - começam a decair ou a deteriorar-se; mas isso não é verdade no mundo espiritual. Nunca nesta vida e possivelmente nunca naquela vida que está por vir - devemos alcançar o ponto mais alto do desenvolvimento. Como a bolota ou a pequeno pintainho tem em sua natureza uma imagem do pai - assim o cristão tem em sua alma a imagem de Deus. Esta é a imagem a que ele deve se conformar. Dia após dia, ele pode crescer em graça. Dia após dia, as belas graças do Espírito podem tornar-se mais lindas, e a vida exterior estar mais marcada com a imagem sagrada de Deus. Deve haver progresso - ou haverá uma regressão. Quando uma bola que foi jogada para cima deixa de subir - começa a descer. Quando a plenitude do tipo é atingida - então começa o retrocesso. Isto não é menos verdade para as coisas espirituais. A razão pela qual não há necessidade de declinar no amor - é porque o ponto mais alto de desenvolvimento nunca é alcançado.

Por exemplo, vamos estabelecer uma criança pequena em nosso meio. Como criança, é perfeita. Todos os seus órgãos estão no lugar apropriado e estão desempenhando corretamente suas funções. É uma imagem perfeita do tipo de homem em que crescerá. A natureza dessa criança tende, e a criança deseja ser, um homem. O desejo inato do desenvolvimento da criança não a faz descontente, desde que seu desejo de crescimento seja satisfatório. Nisto, contemplamos a bondade e a sabedoria do Criador. Que a criança possa ser feliz, está tão constituída que satisfaz satisfatoriamente todos os requisitos da lei de desenvolvimento. A criança é assim mantida em estado de contentamento. Procurar cumprir a lei do crescimento ao contrário de sua natureza, tornar-se um homem seria uma tarefa incômoda. É um deleite para a criança comer, brincar, dormir. E essas coisas, produzindo crescimento, atendem às demandas de sua natureza. É implantado nisso, tanto um desejo de crescer quanto um gosto pelas coisas necessárias ao seu crescimento. Assim, todo o processo de desenvolvimento é um deleite. Na verdade, não haverá prazer a menos que haja desenvolvimento.

Na verdade, uma criança não come e joga com o propósito expresso de crescer. Na verdade, não pode pensar em crescer. Mas há na natureza da criança, quando na saúde - uma demanda de crescimento. Quando a criança está em estado de saúde, o crescimento cessa; consequentemente, não há demanda de desenvolvimento, e perde o gosto pelas coisas que atendem a essa demanda.

Isso ilustra muito bem o desenvolvimento cristão, que inclui tornar-se mais devocional. Você deseja ser mais devocional. Tal desejo é legítimo. A natureza de toda alma santificada anseia pelo desenvolvimento. A alma não está insatisfeita, mais do que a criança em crescimento. Como a vida em desenvolvimento na criança move-a para buscar as coisas que produzem o desenvolvimento - então a vida de Deus na alma santificada, move-a a buscar as coisas que  desdobrarão e ampliarão essa vida.

"Se você é ressuscitado [tem vida] com Cristo - então busque as coisas que estão acima". Essas coisas celestiais, entrando em nossa alma diariamente, nos desenvolverão cada vez mais em uma vida celestial. Elas são alimento para a alma santificada. Elas mantêm a alma satisfeita, porque são os meios fornecidos por uma Providência amorosa e sábia – para o constante crescimento saudável de nossas naturezas espirituais. Aqui, apenas há o verdadeiro descanso da alma.

Deus nos dá uma apreciação pelas mesmas coisas que atendem às exigências da nossa natureza cristã. Oração, meditação, leitura da Bíblia, confiança e descanso no Senhor - todos promovem o aumento dele. Que prazer é a oração para a alma que é saudável e crescente! E a Palavra de Deus é mais doce que o mel. Onde há uma demanda na alma por essas coisas - quão delicioso é se envolver nelas! Você vê a beleza e a sabedoria de Deus aqui? Deus implanta um desejo na alma, para o desenvolvimento espiritual - e, ao mesmo tempo, implanta um gosto pelas coisas necessárias para esse desenvolvimento. Bendiga seu nome! Compreenda-me, por favor, esse desejo não é um anseio inquieto, um vazio dolorido, como é encontrado em um coração não regenerado ou em uma alma em declínio espiritual; mas é a luta deleitável de uma alma que tem a semelhança de Deus, para se conformar com a lei natural do desenvolvimento reprimida no seu seio.

O que há na natureza do carvalho, que o faz enviar sua raiz para o solo e para beber seu alimento? O que há na natureza da criança, que faz com que tenha tanta vontade de comer e brincar? É a demanda em sua natureza para o crescimento, ou aquela luta inata para se adequar ao seu maior tipo. O homem maduro está dormindo no peito da criança, e luta para aumentar a plenitude dessa imagem. O que faz com que o coração cristão deseje se aprofundar em Deus - o que faz a alma procurar seu abraço? É essa luta inevitável para se conformar com a gloriosa imagem de Deus. Todo o processo de desenvolvimento é deleitável. Sempre que a tendência natural para o crescimento cessa - a alma está em um estado anormal e perde o gosto pelas coisas necessárias ao crescimento.

Cristão, cuide-se para que mantenha em seu coração um desejo, uma saudade, uma respiração; ou, se você preferir, digo, uma exigência, em seu ser espiritual, de ser mais devotado a Deus - e atender a essa demanda, descansando pela fé nele, pela oração, pela meditação, pelo serviço. Faça isso, e você se tornará mais espiritual.

Eu amo a palavra "desejo". O desejo na alma por coisas espirituais é o apetite. Satisfazer esse desejo é um prazer. Nunca houve alimentos tão doces para o sentido físico do gosto - como essa comida para a nossa alma que nos ajuda a ser mais devocionais. "Desejo" é um termo bíblico. "Como bebês recém-nascidos, desejem o leite sincero da palavra, para que vocês cresçam desse modo".

Antes de concluir este capítulo, chamarei sua atenção para uma forma de tornar-se mais devocional - estar ativo no serviço. O desejo deve ser satisfeito - ou vai morrer. Do mesmo modo, o motivo deve encontrar expressão em ação - ou morrerá. Você tem um desejo de oração; então conceda esse desejo orando na verdade, ou você perderá o desejo. Um pouco de apetite perdido - é difícil de recuperar. Você pode ter em sua alma um motivo puro; então leve-o à ação. Faça algo por Deus - e você se tornará mais devocional a Deus. Não é que a devoção venha pelas obras, para começar, mais do que a graça; mas nos tornamos mais devocionais ao fazer - assim como nos tornamos mais fortes fisicamente pelo exercício. Siga todas as inclinações para fazer o bem que puder, e você se tornará mais devocional ao seu Deus. Ame aquilo que você tiver dedicado a ele, e deseje ser mais devotado. É surpreendente, no entanto, Deus tem desejo intenso de que oremos a ele e grande amor pela comunhão com nossos corações. Ele diz: "Meu filho, me dê seu coração!" O que ele quer com nosso coração? Ele quer colocar seu amor nele, para que ele possa ser amado por ele e manter a comunhão com ele. "A oração dos retos é o deleite dele". Oh, quão triste é que existem tão poucos corações que amam Deus! Jesus chorou sobre Jerusalém, porque não iria até ele. Mas por que ele anseia tão intensamente pelas orações e devoções de nossos corações? Porque é outra vida jovem lutando para se adequar à imagem em que foi criada. É outra alma que foi conquistada por Deus, e em que ele tem o seu trono. Deus! tome nossos corações e infunda dentro deles, esse amor puro de seu próprio coração que nos faça orar: "Ó Deus, aumente nossos corações!" Deus encha nossos corações com a plenitude de seu amor, até que não encontremos facilidade senão em expansão!

A REGRA DOURADA DA VIDA

"Faça aos outros - como você gostaria que eles fizessem com você!" Lucas 6: 31.

Esta é a melhor regra para a vida diária. É conhecido em todo o mundo cristão como "A Regra de Ouro". Tem grandes profundidades. Ela contém mais, sem dúvida, do que qualquer um de nós compreende. Mas deixe-nos estudá-la por um momento. Podemos dividi-la em duas regras: Primeiro, faça o bem a todos. Em segundo lugar, não prejudique ninguém. Desejamos que todos os homens devam nos fazer bem - e desejamos que nenhum deles nos prejudique. Mas se vemos as profundidades maiores dessa regra, devemos olhar para além do homem físico. Fazer o bem a todos, e prejudicar a ninguém, em um sentido físico é realmente bom - mas fazer o bem para todos e não prejudicar a ninguém em um sentido espiritual é muito melhor. Devemos fazer tudo o que pudermos para ajudar os outros em um sentido espiritual. Não é o que nós desejaríamos, que todos os homens fossem como nós? Não devemos prejudicar ninguém em um sentido moral. Isso exige viver uma vida muito santa. Há duas maneiras pelas quais podemos fazer o bem aos homens espiritualmente: primeiro, fortalecendo o bem que está neles; segundo, suprimindo e ajudando-os a superar qualquer mal ou culpa que possa estar neles. Além disso, existem duas maneiras pelas quais podemos fazer mal aos homens espiritualmente: primeiro, fortalecendo e incentivando o mal e a culpa que podem estar neles; segundo, suprimindo e destruindo o bem que pode estar neles. Somos todos criaturas de influência. Estamos sendo influenciados e estamos influenciando. Nunca houve um ser humano, que não teve influência sobre alguma outra vida humana. Nós influenciamos mais pelo exemplo, que por palavras. Se dissermos uma coisa e agirmos de outra forma - então devemos encontrar nossas ações falando mais alto do que nossas palavras. Se amamos a Deus com todos os nossos corações, esse amor influenciará a outra pessoa para amá-lo. Nunca foi perdido o amor. O amor que você tem, ó filho de Deus, encontrará seu caminho para alguma outra vida em algum momento, em algum lugar. Quanto mais o amor de Deus está exaltando em nosso coração e nossa vida - maior será a nossa influência sobre os outros. Então, que possamos amá-lo com todo o coração. Deveríamos ser enchidos com o Espírito. Se somos espirituais, fazemos com que aqueles com os quais conversamos desejem ser mais espirituais. Devemos estar cheios de fé - que nossa fé forte possa ajudar os outros a terem mais fé. Nós gostaríamos dos outros - sendo um exemplo para nós; e como desejamos que outros façam conosco - façamos com eles. É uma fonte muito grande de arrependimento, de fato, ser tão destituído de amor, fé e espiritualidade - que desencorajamos e atenuamos o ardor daqueles em cuja presença podemos estar por um tempo. Seja o seu melhor para Deus todos os dias da sua vida - e exerça uma santa influência sobre os corações dos homens. O maior benefício que podemos ser para o homem e a maior homenagem que podemos pagar a Deus - deve ser que sejamos enchidos com o Espírito.

TEMPO PARA FAZER O BEM

Para gastar bem esta nossa breve vida - devemos ser ativos em fazer o bem. Isso já aprendemos. Mas não só devemos ser ativos em fazer o bem - mas devemos fazer o bem quando o ato será mais útil. Faça a boa ação - quando a boa ação precisa ser feita. A palavra gentil pode valer muito e ser muito útil para a alma desmaiada hoje - mas pode ser tarde demais para amanhã. "Como temos a oportunidade - façamos o bem a todos os homens". Você vai parar um momento e pensar sobre essas palavras? Não permita que nenhuma oportunidade de fazer o bem não seja melhorada. Porque negligenciar a oportunidade presente de fazer o bem, e nunca mais ser capaz de fazê-lo - é uma coisa triste! De todas as palavras tristes as mais tristes são estas: "Poderia ter sido". Por que você retém todos os pensamentos gentis e palavras gentis para um homem - até ele esteja morto! Elas não lhe farão bem então. É enquanto ele está vivendo, que ele precisa delas. Ele tem fardos pesados para serem carregados; os problemas se aglomeram sobre sua cabeça; ele é negligenciado e até mesmo deturpado. Você pode ajudá-lo com um sorriso ou algumas palavras gentis; mas, não, você passa por ele. Agora ele é trazido para o túmulo. Enquanto os torrões frios caem sobre seu caixão simples, você diz: "Bem, ele era um bom homem, afinal". Por que você não disse isso a ele quando ele estava vivo? Em seguida, teria sustentado o espírito dele; isso o faria sentir que a vida não era tudo em vão, e ainda assim ele poderia fazer um pouco de bem. Mas agora ele não pode ouvir suas palavras. Elas flutuam no espaço vazio - um mero som. O ouvido que já estava ansioso por elas e o coração que estava doendo por elas - agora está frio na morte. Suas palavras gentis e afetuosas estão muito atrasadas para dar-lhe incentivo; suas flores estão muito atrasadas para serem apreciadas. Uma vez elas iriam iluminar sua vida - mas agora sua vida acabou! Uma vez você poderia ter afugentado algumas nuvens que estavam escurecendo sua vida - mas você não o fez, e esse dia passou na eternidade como um dia de escuridão, que você poderia ter iluminado. Nesta manhã, uma mão gentil colocou um vaso de lindas flores na minha mesa. Enquanto escrevo, sua fragrância chega até mim e me traz notícias da amável lembrança de alguém. Custa pouco dizer palavras gentis - mas ai! Muitas vezes elas valem tanto! Não sei de nada que custe tão pouco para dar - o que seja tão valioso para receber! Mas por que reter todas as flores, as palavras gentis, os sentimentos e pensamentos sensíveis e as lágrimas simpatizantes - até que aquele a quem elas sejam dadas morra e depois você venha e deixe cair tão gentilmente sobre o caixão? Você conhece alguém que está sendo deturpado? Você conhece alguém que está sendo pisado pelos outros, com quase ninguém para falar uma palavra de conforto? Agora, o que Jesus faria?

Olhe para o pobre Lázaro - desprezado pelos ricos, negligenciado e rejeitado; observado por anjos prontos para conduzi-lo para o paraíso quando ele passou além da necessidade de auxílio dos homens. Por que não ser um anjo e fazer um dia de paraíso para ele aqui? Deixe-nos fazer algum trabalho de anjo enquanto estivermos aqui na vida. Os anjos são espíritos ministradores. Eles sussurram: "Tenha bom ânimo", "Paz na Terra". Eles vêm para alegrar corações; eles fecham a boca dos leões; eles vieram abrir as portas da prisão e quebrar as cadeias de ferro. Oh, vamos fazer algum trabalho de anjo!

Você tem flores para mim?

Você pode deixar que elas sejam gentis?

Dadas antes da morte cerrar meus olhos?

Não espere, entregue-as agora!

Enquanto estiver no dia da vida

Tentado, e cansado cresce o caminho,

Quando em horas sombrias e solitárias,

Dê-me então a flor querida!

Você tem palavras gentis para transmitir,

Palavras que levantam o coração desmaiado?

Fale antes da mão da morte vir sobre mim;

Fale essas amáveis ​​palavras agora - hoje!

As palavras gentis são apenas uma respiração vazia

Para o coração que já está na morte;

Quando a carga da vida é difícil de suportar -

Deixe-me então ouvir a palavra gentil!

Você tem sorrisos iluminados pelo sol para dar,

Sorrisos que nos fazem querer viver?

Antes de atravessar o fluxo sombrio da morte,

Em mim deixe esses sorrisos brilhantes irradiar!

Sorrisos, seja qual for o seu poder de salvar,

Não podem penetrar na sepultura.

Antes de chegar ao fim da vida,

Dê para mim, o sorriso iluminado pelo sol!

A oração pode ficar com o joelho tremendo:

Se você tem apenas uma para mim,

Deixe-a ser oferecido hoje,

Antes que a luz da vida fade.

Quando minha alma transcende o ar,

Eu não precisarei mais de sua oração:

Deixe agora, hoje, sua alma ter trabalho;

É só agora que as suas orações são úteis.

A GUERRA CRISTÃ

É abençoado e glorioso ser um cristão. Nenhuma outra vida é tão bonita e pura; nenhuma outra vida é tão tranquilamente pacífica; nenhuma outra é tão cheia de descanso, felicidade e satisfação. O cristão, no entanto, não vai ao céu em camas floridas de facilidade. Seu caminho não está cheio de rosas até o fim; há de vez em quando um espinho. Não é luz do sol o tempo todo; de vez em quando uma sombra cai. Para ganhar o Céu - ele deve lutar. Há algumas coisas para se opor a um cristão em sua peregrinação aos céus; a isso ele deve enfrentar. A disputa contra essas coisas o prepara para sua casa bem-aventurada acima. "Aquele que vencer herdará tudo isso, e eu serei seu Deus e ele será meu filho". Apocalipse 21: 7.

"Todas as coisas funcionam juntas para o bem dos que amam Deus".

Bênçãos do céu - e o veneno do inferno;

os sorrisos dos anjos - e as carrancas de Satanás;

conforto da graça - e maldade espiritual;

o bem e o mal;

amor e ódio;

Todos funcionam bem para aqueles que se uniram com Deus.

É a batalha que disciplina e faz o guerreiro forte e corajoso. Somos exortados a "suportar a dureza como um bom soldado". Há algumas coisas para suportar ao longo do caminho cristão.

Tiago diz: "Bem-aventurado o homem que sofre a tentação". Não devemos esperar ser livres das tentações; portanto, permitam-nos resolver que as suportaremos. É realmente uma coisa abençoada suportá-las. Você pode pensar que seria uma coisa abençoada ser livre delas - mas tal não seria o caso. É mais abençoado suportá-las. As tentações nunca cessarão de atacar a alma, desde que habitemos nesta "vesícula enlameada de decadência". Seja corajosa, ó alma, e suporte as tentações. Seja corajosa e lute o bom combate da fé. Não desmaie, porque você tem tentações. Não tema, porque há batalhas longas e ferozes para lutar. Seja forte e de boa coragem. É uma luta de toda a vida - mas, no final, há uma eterna vitória. Tinos espirituais fortes e bem desenvolvidos, são o resultado de tentações resistidas.

Não é pecaminoso ser tentado. Nunca perdemos qualquer espiritualidade sendo tentados. É a ligeira produtividade que causa vazamento, perda de graça. Limpe a visão da sua fé um pouco e dê uma olhada em sua bela e brilhante coroa de vida. Não é ouro nem cristal. Não olhe isso como tal, mas veja uma coroa de vida. Sim, você será coroado com a vida eterna - se você suportar a tentação. Pense nisso na hora da sua provação dolorida. Lute pois Jesus espera recompensá-lo.

 VIVER PELA FÉ

Viva pela fé. Não existe outra maneira verdadeira e certa de viver. Sem fé, é impossível agradar a Deus e, claro, a vida que agrada a Deus, é a única vida que leva ao Céu. Podemos agradar a Deus; nós podemos caminhar todos os dias de uma maneira que seja agradável a ele. Tal caminhada é pela fé, não pela visão. Deus honra a fé. Ele adora ter sua Palavra crida. Ele se deleita em ouvir a oração de fé.

Em torno do grande trono branco no céu, os anjos estão clamando dia e noite, "Santo, santo, santo, Senhor Deus Todo-Poderoso!", Benção e glória e sabedoria e ação de graças, honra e poder, pertencem a ti". Mas, em meio a todo esse louvor, Deus ouve uma voz e inclina o ouvido para ouvir. É a oração de fé do coração de um de seus filhos. Nunca há muitos anjos cantando nem muitas arenas ressoantes, para Deus ouvir a voz de seu filho. "Minha voz", disse o doce cantor de Israel, "tu ouvirás pela manhã". Ele ouve o primeiro clamor fraco de seu filho nascido do céu. Mesmo o desejo imutável do coração, o desejo não expressado, a menor respiração do amor - ele ouve e reconhece como a voz de seu filho. A fé atravessará o caminho da presença de Deus. Percorre o universo até o encontrar - e ali traz a alma ao seu descanso. A fé nos guiará por este mundo. A pessoa toca Deus. Uma mulher veio a Jesus e estendeu tremendo sua mão fraca e tocou a bainha de sua veste. Ele perguntou: "Quem me tocou?" Não era o toque de dedo que sentia - mas o toque de fé. Hoje podemos tocá-lo pela fé - e de nenhuma outra maneira. Embora muitos anjos possam estar agarrando-o - mas o toque de fé mais fraco irá alcançá-lo. Você pode ser um dos mais fracos, despercebido e desconhecido. Uma pequena cabana à beira da montanha pode ser sua casa - mas seu mais fraco clamor de fé alcançará o trono de Deus, e ele enviará anjos para acampar em torno de você e livrá-lo. Tenha fé em Deus. Quando tudo estiver escuro ao seu redor, acredite nele. Confie em seu coração - quando você não consegue enxergar sua mão; e creia - quando você não pode ver. Nunca duvide da sua Palavra. A fé prevalecerá - e lhe concederá o desejo do seu coração.

O LEGADO

Um legado legitimamente concedido é um presente que alguém faz para outro; geralmente, algo que se deixa para trás, quando se afasta deste mundo, para que outros desfrutem. Alguns deixaram grandes somas de dinheiro para os outros e para as instituições - e esses legados foram chamados de legados valiosos. Agora vou contar-lhe o legado mais valioso que já foi deixado para o homem. É um legado deixado não para um só homem - mas para todos os crentes. Não é um legado de prata, ouro ou diamantes, nem de casas e terras. Nem esse presente precioso pode ser comprado com ouro. É algo que Jesus dá; e o que ele dá não pode ser comprado com qualquer coisa terrena. Eu vou ler o que é: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou". Estas são as palavras que Jesus pronunciou antes da sua partida do mundo, e este é o legado que ele deixa para o homem. Oh, que presente! Todos nós podemos possuí-lo. Nós precisamos disso enquanto atravessamos o mar da vida. Muitas tempestades surgem e as ondas voam alto - mas a alma possui esse valioso tesouro de paz. Há uma quietude, uma calma, uma paz na alma - que os ventos tormentosos nunca podem perturbar. Essa paz que Jesus dá, é dada por nossa obediência. "Oh, que você tivesse ouvido meus mandamentos! Então, sua paz fluiria como um rio". O que é mais pacífico do que a calma, mesmo fluindo de um rio? À medida que a consideramos, uma paz tranquila começa a espalhar o manto sobre nossos corações. As águas tranquilas são um belo emblema da paz, enquanto as águas perturbadas são uma imagem de conflito. Essa paz que Jesus dá, é diferente de tudo o que o mundo dá. Este mundo contém muitas coisas agradáveis ​​e faz muitas ofertas muito liberais - mas a paz nunca é encontrada em nenhuma delas. Os prazeres deste mundo deixam um gosto amargo; enquanto as dificuldades que sofremos por Jesus, adoçam nosso cálice. Podemos analisar esta paz, para que possamos saber tudo sobre isso, até mesmo o segredo muito escondido do princípio? O apóstolo diz: "A paz de Deus, que ultrapassa todo o entendimento, guardará seus corações e mentes". Fiquemos satisfeitos por ter nossos corações e mentes guardados por esta maravilhosa paz - embora não entendamos isso. Tenho algumas flores na minha mesa. Existem brancas, amarelas, roxas, vermelhas e azul pálido. Não entendo o princípio da vida que lhes dá tal beleza e fragrância. Se eu as dissecasse para descobrir esse segredo, eu iria destruir sua beleza e não seria mais sábio. Não podemos entender essa paz - mas podemos possuí-la. Há paz nessa paz para guardar o coração e a mente. "Deixe a paz de Deus governar  seus corações". Dê o seu coração ao seu calmo poder. Ela governará muito silenciosamente em sua alma - mas governará com o poder real. As águas não podem se levantar em problemas, onde a paz se mantém. Quando este poder secreto tem domínio em nossos corações, ele fala de paz para todos. Diz às ondas e aos ventos: "Aquieta-te". Sobre os medos atacantes, nas circunstâncias ameaçadoras - coloca uma mão calma e sussurra: "Paz, fique quieto", e grande é a calma da sua alma.

ALGUMAS ESCRITURAS PARA A PRÁTICA DIÁRIA

Leitura devocional. Se buscamos Deus sinceramente para nos ajudar na nossa prática diária dos seguintes textos bíblicos, e depois apresentamos nossos melhores esforços - devemos encontrar a vida em cada dia cada vez mais santa e bela. A beleza e o gozo de uma vida santa - é que sempre pode ser melhorada. Podemos viver em toda a luz que nos resplandece a partir desses textos hoje, mas amanhã os encontramos brilhando com uma luz mais brilhante e mais completa - para que tenhamos que viver um pouco mais santamente do que vivemos hoje. Assim, ao longo do nosso caminho cristão, devemos achar que estamos crescendo e nos tornamos mais santos na vida, e mais da beleza transcendente de Jesus será visto sobre nós. "Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." Efésios 4:32. Deixe essa lei de bondade entrar em sua vida como sua própria essência. Não é suficiente ser bondosos; devemos ser gentis. Um coração terno é o fundamento da bondade. De tal solo, as belas flores de gentileza, bondade e ternura crescem. Estas perfumam a vida e abençoam outros. Você pode ser mais amável em sua vida diária? Seu coração é tão terno, que sente o sofrimento dos outros, na medida em que você encontra prazer em dar alívio mesmo às custas da autofacilidade? "Ponha seu afeto nas coisas acima, não nas coisas da terra". Colossenses 3: 2. “Guarde seu coração com toda a diligência". Veja que todas as suas afeições estejam nas coisas acima. Algumas das coisas terrenas que Deus deu à sua guarda, vão requerer um pouco de seu afeto. A bela casa, a conta bancária, o trabalho e até algumas coisas quase inúteis - requerem um pouco do amor do seu coração. Seus próprios talentos e aparência pessoal podem requerer um pouco de seu afeto, apenas o suficiente para que você os aprove por sua própria causa. Pratique diariamente o texto acima. "Em tudo dê graças." 1 Tessalonicenses 5:18. "Dando graças sempre por todas as coisas". Efésios 5:20. O agradecimento é uma graça facilmente melhorada e desenvolvida, se cultivada. Da mesma forma, logo irá degenerar se for negligenciada. Para manter um profundo sentimento de gratidão em nossos corações, devemos estar atentos aos tratos graciosos de Deus. É bom gastar tempo sempre que as circunstâncias o permitam, meditar em algum lugar calmo sobre a bondade de Deus para você. Devemos ter corações tão agradecidos - que muitas vezes as lágrimas de gratidão fluirão na lembrança da bondade de Deus. "Alegre-se sempre". 1 Tessalonicenses 5:16. "Tristes, mas sempre alegres". 2 Coríntios 6:10. "Alegrai-vos sempre: e novamente eu digo, alegrai-vos". Filipenses 4: 4. "Tenha por motivo de toda a alegria, meus irmãos, o passardes por várias tentações". Tiago 1: 2. Este é o poder da vida cristã. Nós sempre podemos nos alegrar. Podemos estar satisfeitos e felizes, independentemente das nossas circunstâncias na vida. A graça de Deus nos sustentará. Todos os dias podem, e deveriam ser, um dia de alegria. Deus está satisfeito por nos ter felizes - mas pela alegria de estar nele - e não em suas bênçãos. Porque se alegrar no meio da provação - é saúde para a alma. "Orai sem cessar". 1 Tessalonicenses 5:17. "Continue na oração vigiando com ação de graças". Colossenses 4: 2. "Com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos". Efésios 6:18. Se você valoriza a paz e a prosperidade da alma - você não negligenciará a oração. É a oração que nos mantém acima das nuvens - e traz o céu para baixo. Aquele que nunca ora - não é um cristão; e aquele que não ora muito - não é muito cristão. Não são aqueles que têm muito tempo para orar, que fazem mais orando - mas aqueles que usam bem o tempo. Que haja alguma oração todos os dias. "Nada façais por contenda ou por vanglória, mas com humildade cada um considere os outros superiores a si mesmo". Filipenses 2: 3. Esta deve ser a experiência do seu coração todos os dias. Quando somos humildes, vemos nossas próprias falhas e imperfeições - e as virtudes do nosso irmão; portanto, nós o consideramos melhor do que nós mesmos. Parece-nos que os outros são mais santos do que nós, e temos mais fé e amamos mais Deus do que a nós. "Cada um de vocês deve olhar não só para seus próprios interesses, mas também para os interesses dos outros". Filipenses 2: 4. Devemos estar tão preocupados com o bem-estar dos outros - como com o nosso. Aquele que está cuidando de si mesmo e negligenciando os outros - não avançou muito longe na vida cristã. O cristão vive para os outros. Ele vai ignorar suas próprias necessidades - e ver as necessidades de seu irmão. "Vede que ninguém dê a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, uns para com os outros, e para com todos.". 1 Tessalonicenses 5:15. "E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos oportunidade, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé." Gálatas 6: 9, 10. Porque fazer o bem com um coração cheio de amor - é a maneira de passar a vida. O céu vai nos recompensar de acordo com nossos trabalhos. A Bíblia nos diz isso. Nunca um dia deveria passar, sem que fizéssemos algo bom propositalmente por amor a Deus e ao homem. O Senhor não negligencia pequenas ações quando feitas no amor. Um coral é muito pequeno - mas muitos deles fazem uma ilha: uma pequena boa ação feita todos os dias em toda a vida - equivale a construir uma mansão esplêndida no céu. "Carregai os fardos uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo". Gálatas 6: 2. Levantar uma carga dos ombros de outro é um nobre serviço. Remover um fardo do coração de outro, é ser verdadeiramente semelhante a Cristo. Aquele que atravessa a vida com os fardos dos outros - encontrou a estrada mais fácil; aquele que atravessa a vida se recusando a ajudar os outros - viaja numa estrada de trabalho mais difícil. "O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.". Romanos 12: 9. Deus é santo; consequentemente odeia o que é mal. Quando admiramos a santidade de Deus - nós detestamos o pecado; se o pecado não tem horror para a nossa alma - a santidade não tem beleza. Na medida em que amamos a santidade - na mesma medida odiamos o pecado. Um bom homem de há muito tempo disse: "Se eu pudesse ver a vergonha do pecado, por um lado, e a dor do inferno, por outro lado, e devesse necessariamente escolher um - preferiria ser empurrado para o inferno sem pecado, do que ir ao céu com o pecado. "O pecado é um monstro horrível. Se você visse a terrível face horrenda do pecado - aproximar-se-ia de Deus. Ao contrário da maioria das outras coisas, quanto mais longe você estiver longe do pecado - mais claramente você pode vê-lo como realmente é. "Apegai-vos ao bem". Romanos 12: 9. Apegar-se é aderir firmemente; agarrar-se. Nós apegamo-nos àquilo que é bom sempre fazendo o bem. Quando odiamos o pecado como devemos e vemos sua vergonha horrível - e amamos o bem e vemos a sua beleza maravilhosa - então preferimos ir ao inferno fazendo o bem - do que ao Céu cometendo pecado." Aproxime-se de Deus". Tiago 4: 8. O fim de cada dia deve encontrar-nos um pouco mais perto de Deus do que a noite anterior. Devemos nos esconder um pouco mais secretamente em seu pavilhão. Devemos aninhar um pouco mais de perto debaixo de sua asa; suas penas devem nos cobrir um pouco mais completamente. Sejam as tempestades o que elas forem - podemos viver diariamente muito perto de Deus; e o que podemos fazer - é nosso dever fazer. "Abre bem a tua boca, e eu a encherei." Salmo 81:10. Devemos viver diariamente com a boca aberta. Se quisermos, a promessa é que Deus a encherá. Para Deus ser tudo para nós - devemos esperar tudo dele. Deus nos transmitirá - apenas o que nossos corações estão abertos para receber. Se vivermos com Deus em nossa própria alma - devemos ter toda a nossa alma aberta para recebê-lo. Muitos não conseguem ver a beleza de uma vida escondida com Deus, porque eles estão olhando demais para a Terra. Abrir a boca implica um abandono de nós mesmos a Deus, com prontidão para receber tudo o que Deus deve dar, juntamente com a expectativa de não receber nada que não venha dele. Então Deus nos encherá diariamente consigo mesmo. Haverá um influxo constante de Deus, de força e habilidade de desempenhar todos os deveres da vida, e da graça e da paz para tornar a vida um emblema do Céu. "O Deus de nossos pais escolheu você, para que conheça sua vontade." Atos 22:14. "Não servindo somente à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus". Efésios 6: 6. "Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração." Salmos 40: 8. É nosso privilégio conhecer diariamente a vontade de Deus. É nosso dever diariamente fazê-lo. É uma bênção para o amor fazer. Aqui está a soma de toda a vida cristã: 1. Conhecer a vontade de Deus; 2. Fazer a vontade de Deus; 3. Fazer a vontade de Deus com amor. "Faça tudo sem murmurações e contendas". Filipenses 2:14. Deixe sua vida livre de todos os problemas e preocupações. Deixe que seja como o fluxo calmo do rio. Deus é uma torre forte e alta, um refúgio, um escudo. Com a nossa vida escondida nele - preocupações não podem nos alcançar. Podemos ser tratados injustamente por um amigo do peito - mas nós encomendamos nossas almas a Deus e, ao invés de sentir a ferida que o amigo fez - nós sentimos o bálsamo que nosso Pai dá. "Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei.". Hebreus 13: 5. "Aprendi, a viver contente em toda e qualquer circunstância". Filipenses 4:11. Aquele que ganhou o contentamento, ganhou mais do que aquele que ganhou a riqueza de um mundo - se é o contentamento com piedade. Uma vida descontente é um ponto escuro na página da história humana. Uma vida uniforme e contente - é como um farol que derrama seus feixes pacíficos sobre as turbulentas águas onde os viajantes viajam. "Eu posso fazer todas as coisas através de Cristo que me fortalece". Filipenses 4:13. Ou seja: "Eu sou poderoso o suficiente para todas as coisas através de Cristo que me capacita". Não há desculpas para você não viver uma vida vitoriosa hoje. Você pode ser um vencedor. As tentações irão ajudá-lo, as provações virão, mas você pode superá-las na força de Cristo. Eu li esta manhã esta boa sugestão: "Não se dedique às suas tentações. São como pequenos cachorros que se lançam sobre um homem que passa, e se ele parar para afastá-los, eles latirão com mais ferocidade do que antes". Você pode fazer todas as coisas através de Cristo - mas você deve fazê-las em seu caminho. Por vezes, ele teria que ignorar as tentações, em vez de lutar contra elas. "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade, suportando-vos e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como o Senhor vos perdoou, assim fazei vós também." Colossenses 3: 12-13. Tal vida é uma vida celestial Pense nessas palavras - e faça delas sua experiência hoje. Tenha compaixão - esse sentimento de anseio, compaixão e piedade que levaria todos os ofensores a Jesus por perdão. Seja gentil. Oh, o poder da bondade! Não pode ser resistido; conquista onde quer que vá. Este mundo frio não conhece música tão doce quanto a bondade; ela encanta e deleita os ouvidos de todos. Se você deseja ser gentil em palavras e atos - então você deve primeiro ser gentil no pensamento. Seja humilde em mente. Pense bem dos outros - e não tão bem de si mesmo. A vida fluirá de forma pacífica e fácil - se somos humildes; nada pode nos perturbar. Seja manso, doce e terno. Lembre-se das falhas e fraquezas dos outros, considerando cuidadosamente suas próprias fraquezas - e tenha em mente como você gostaria de ter outros tratando com você. "E, sobre tudo isto, revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição." Colossenses 3:14. Lança o manto do amor em cada ato e pensa na vida. Amor puramente, amor sinceramente, amor fervorosamente. Nada é tão grande quanto o amor. Todas as graças têm seu lugar no amor; você não pode ser compassivo, amável, humilde, manso ou tolerante - sem amor. "E deixem a paz de Deus governar em seus corações". Colossenses 4:15. Deixe a paz de Deus atuar como árbitro, decidindo cada caso. Deixe-a ter o poder dominante em seu coração e vida hoje e todos os dias. Qualquer coisa que possa surgir, deixe a paz de Deus tomá-la na mão. Se mostrar alguma resistência, deixe a paz de Deus expulsá-la.

"A vossa palavra seja sempre com graça, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um." Colossenses 4: 6. "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem." Efésios 4:29. Tenha uma conversação pura, feita poderosa pela graça de Deus. Seja sóbrio, sem trevas; seja sério com alegria. Tenha uma conversa tão adequada para levantar corações para um plano mais alto. Suas palavras devem ser tais para melhorar as pessoas com quem você conversa e fazê-las sentir que há algo maior para elas.

"Resgatando o tempo, porque os dias são maus". Efésios 5:16. O tempo é mais do que dinheiro; é a vida. Não desperdice. Melhore seus momentos de ouro hoje. Seja econômico em seu uso. Muitos se queixam de não terem tempo para a leitura devocional e para a oração - mas, se examinassem cuidadosamente, achariam que eles desperdiçaram tanto tempo quanto necessitavam para a oração todos os dias!

"Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo." Efésios 5:21. Isso é lindo. A submissão é uma graça desejável, e uma que abrirá o seu caminho com a paz. Quão abençoado é estar sempre pronto para desistir do nosso caminho! É o caminho fácil. Devemos encontrar o caminho da vida um caminho difícil para viajar - se estivermos sempre querendo o nosso caminho.

"Não fique ansioso por nada". Filipenses 4: 6. "Lançando todos os seus cuidados sobre ele, pois ele cuida de você". 1 Pedro 5: 7. "Não se preocupe com sua vida, com o que você comerá ou beberá, ou com seu corpo, o que você usará". Mateus 6:25. A vida cristã é uma liberdade de ansiedades. Jesus carregará todos os nossos fardos e cuidados - se quisermos, porém, lançá-los sobre ele. Não há necessidade de se preocupar, nem suportar uma grande quantidade de cuidados. Um certo irmão estava muito preocupado por não ter pão para a próxima refeição. Mas enquanto ele estava preocupado e carregava sua carga, um homem descarregou um barril de farinha na sua porta. Todo o tempo que o irmão estava preocupado, o barril de farinha estava a caminho. Não tente pensar ansiosamente em coisas futuras.

"Consultai com o vosso coração em vosso leito, e calai-vos." Salmo 4: 4. Toda noite em um lugar calmo e com quietude interior - fale com seu coração e deixe seu coração falar com você. Tome uma visão distintiva da sua vida interior. Você precisa ter muito cuidado, para que não pareça ser um pouco mais do que você realmente é interiormente.

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." Gálatas 2:20. É verdade? Jesus vive em você? Se você é ferido na face direita - Jesus então mora em você? Se você é mal falado, deturpado, incompreendido, negligenciado, desprezado e abandonado - Jesus vive em você então? Se você vê seu irmão necessitado; se você tem dois casacos e ele não tem nenhum - Jesus vive em você então? Há alguns na prisão perto de você; há aqueles que estão doentes; há aqueles com sede e fome; em terras estrangeiras há pagãos que não conhecem Deus - você tem certeza de que Jesus vive em você?

"Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros." Romanos 12:10. O amor fraternal é precioso à vista dos anjos. É a prova mais convincente da religião cristã. "Por isso, todos os homens saberão que vocês são meus discípulos - se tiverem amor uns pelos outros". Mas, além do amor fraternal - deve haver amabilidade gentil. Isso é sentimento e expressão de amor. Há aqueles que realmente amam - ainda, cuja natureza é tal que eles não demonstram muito amor. A amabilidade amorosa, como qualquer outra graça, é capaz de ser cultivada.

"Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros; não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor". Romanos 12: 10-12. Essas palavras contêm grande profundidade de experiência espiritual - mas somente por oração e meditação profunda, podemos descer à sua profundidade.

Mas devemos fechá-lo, encaminhando-o para toda a Bíblia. É um livro sagrado, sim, o mais sagrado dos livros. Uma vida em harmonia com seus preceitos - é a vida mais santa. Tal vida vai adorar na terra e brilhar como uma estrela para sempre no céu. Se encaixe na Bíblia, estude suas páginas, aproprie-se de suas verdades ao seu próprio coração pela fé. Ao vivermos na Palavra de Deus - nos tornamos mais como Deus. Palavras celestiais tomadas no coração - formam uma vida celestial. Deixe a sua alma ser alimentada a cada dia pelo abençoado Livro de Deus. Aproveite o tempo. Beba profundamente em seu fluxo puro e cristalino - e a beleza do Senhor crescerá em você.

Vigie as pequenas coisas da vida cotidiana - o pensamento, a palavra, o ato - até que você traga a vida inteira para o costume de agir piedosamente. Seja tão amável quanto você possa ser hoje - e você pode ser amável amanhã. Isto é para o cristão. Nós não nos tornamos cristãos pelo crescimento da idade etária - mas devemos crescer depois de nos tornarmos cristãos. Podemos ser mais pacientes amanhã - sendo tão pacientes quanto possamos ser hoje. Podemos ser homens melhores amanhã - sendo nosso melhor hoje nós cresceremos  - enquanto vivemos. Se vivemos do jeito certo, cresceremos dessa maneira, e quanto mais crescermos desse jeito, mais natural e fácil será o caminho. Portanto, deixe sua vida inteira fluir de acordo com a Bíblia, até que ela use um canal em santidade e caráter cristão. Reúna alimento diariamente para a sua alma, da página sagrada; viva na mais íntima comunhão com Deus possível; medite em sua lei dia e noite; deixe o amor de seu coração crescer mais fervoroso; deixe a vida ser a mais santa possível. Faça isso, e você será uma das joias que Deus irá reunir para dormir no templo dos céus!

Publicado
Visualizações
112