A VISÃO MICRO.

Supondo que vivemos em uma cidade muito interessante que perto de um suposto planeta seria uma coisa muito fácil de você enxergar os pormenores, pois você estaria esbarrando a todo instante na intimidade que a suposta cidade apresenta.

Você poderia saber todos os nomes dos bairros e ruas, talvez conheceria todos as famílias daquela cidade, saberia o que provavelmente eles pensam e quais os direitos e deveres de cada um e quais a regras que ali se apresentam e até se elas favorecem um bom entendimento estre os cidadão que ali se alojam.

Supondo que esta cidade fosse para você e talvez até para todos os cidadãos uma cidade especial muito bem estruturada, tranquila, cordial e quase que perfeita. Aqui estou desprezando possíveis tetras do ser humano já que ele é capaz de coisas incríveis devido sua imaginação fértil e confusa.

Bem pois aí você teria então uma visão micro de algo especial em sua imaginação e que poderia ser de toda a população desta cidade.

A princípio me parece uma cidade maravilhosa e inquebrável. Suas regras, sua economia, sua consideração de igualdade, sua justiça. Afinal não temos o que questionar já que tudo isso se passa diante de nossos olhos (você está constatando isso não é mera imaginação).

Assim essa visão Micro de sua existência lhe permite uma suposta certeza de que tudo esteja bem.

Mas é o resto do planeta como está, como é? Enfim o que você sabe sobre ele?

Na verdade você não sabe...Ele pode ser muito bom ou quem sabe até mais maravilhoso, mas para um pessimista não conhecer ele poderia ser nosso fim.

Vamos pensar em uma visão macro de nosso planeta e vamos supor que a imaginação passou dos limites e foi muito otimista pois ao chegarmos ao perímetro de nossa cidade verificamos que ela é cercada por arvores enormes que nunca permitiu com que pudéssemos ver o que há além de nossa pequena visão micro de nossa vida. Assim ao chegarmos no limite do perímetro e atravessarmos nossas enormes arvores que até então nunca tínhamos notado ou pensando em o porquê daquilo estar ali, vislumbramos uma infinita quantidade de agua (um oceano) imenso que rodeia toda a nossa pequena cidade maravilhosa, perfeita, inquebrável e supostamente indestrutível.

Ou seja nosso planeta é formado apenas de agua e de nossa pequena cidade maravilhosa.

Após uma catástrofe daquelas que parece um acidente da natureza nossa cidade maravilhosa, perfeita e supostamente eterna foi engolida e nosso planeta ficou sem nós (triste fim).

Essa visão micro é a visão do especialista, uma visão capaz de ter certezas firmes sobre tudo que diz respeito a aquilo que ele sempre está praticando e isso faz com que ele tenha muita condição de ter quase certeza daquilo que ele está vendo e assim conduzir com mais perfeição sua jornada por estar perto dela, convivendo com ela, mas apesar de tudo isto, ele não conseguiu enxergar o todo porque ele estava sempre preocupado com individual ou aquilo que estava próximo dele. Assim sua cidade e todos os seus habitantes pagaram caro por esta visão micro e supostamente perfeita.

Eles não conseguiram enxergar o todo e assim o que parecia maravilhoso transformou-se em aberração(catastrofe).

Uma insignificante jornada de uma raça ou ser de uma brilhante e especial visão micro...

Publicado
Visualizações
175