Como reconhecer um ladrão a distancia – Curso prático para forasteiros e turistas

Obviamente toda regra tem exceção, mas é possível   detectar a  proximidade de um mau elemento ( trombadinha, batedor de carteira, golpista, etc)

Antes de entrarmos no mérito da identificação pessoal -   exclua do grupo de suspeitos – homens com mais de 40 anos, gordos,  óculos de grau.  Cuidado com a idade mínima que pode ser já a partir de 7 anos, mais comumente chamados trombadinhas,

Acima de 40 Anos -  Dificilmente um ladrão com esta idade estará solto ou vivo. Se por acaso  sua soltura acontecer antes dos 40 é bem provável que  tentará mudar de vida para não retornar ao  presidio, onde terminará seus dias, sem direito a aposentadoria.

Gordo -   Devido a dificuldade de fuga, entrar em lugares apertados (bueiros, grades, exaustores, pular cercas e  muros,  geralmente  não qualificam.  Ladrões gordos tendem a serem  presos com mais facilidade.

Óculos -   Enxergar bem é   indispensável aos ladrões.   Além do mais fugir  de óculos é uma  missão quase impossível.  Só os atores de Hollywood conseguem tal proeza, sem despentear o cabelo e nenhuma bala acerta eles.  Enquanto isso, no Rio de  Janeiro até bala perdida mata.

Excluidos da lista de suspeitos  definidos  acima, começamos nosso curso   pela parte inferior – Os pés.

Calçados - Se o sujeito  que você desconfia estiver com sapato  tipo social, com cardaço e salto, provavelmente é  gente boa, até que prove o contrário. Estes tipos de calçados não são apropriados para  correr  (Leia-se -  fuga).  Além de desconfortável há o risco dos  cardaço  desamarrarem colocando  em risco a fuga do  meliante.

 Pode ainda sair do pé  e terá que prosseguir com  um, ou abandonar o que restou, o que seria um vexame para o ladrão.  Pode ainda correr o risco de soltar o salto, caso não seja de marca renomada ou o sapateiro não fez um trabalho de primeira qualidade.

Os calçados preferidos dos gatunos, especialmente batedores de carteiras  são os sola flexível de borracha, especialmente tênis.  Usar tênis permite manobras rápidas para escapar de  transeuntes mais corajosos e que  praticam  halterofilismo,  tentando detê-lo.  Se for da marca  Nike ou Adidas certamente  os meliantes  terão mais exito na corrida e na  carreira do roubo. A marca e modelo  depende do último assalto  que realizou.   

- Passa o tênis, é um assalto.

Teria dito para a vitima.

Próximo passo  identificação - 

Calça -  Dificilmente um ladrão usará calção ou short (exceto nos estados do Norte e Nordeste), quando estiverem em atividades.   Se o suspeito em questão, estiver usando calça tipo social, destas que os evangélicos usam para ir a igreja aos domingos, de tecido fino, tipo tergal, não se aplica ao perfil do ladrão    tradicional.  Entretando  pode ser um golpista, bem vestido para impressionar as vitimas.

Um genuíno batedor de carteiras, geralmente  prefere calça jeans pois    na fuga, não vai rasgar com facilidade.  Se precisar escalar um muro, mesmo com caco de vidro,  não causara muito dano as pernas.   Na pior das hipoteses se ficar encurralado num beco sem saída, e os câes da PM   ao agarrarem o pelo traseiro, a calça vai ajudar aliviar os dentes caninos  dos caninos.

Vestes superiores

 Camisa – Jaqueta – Blusa. Se o sujeito  estiver com camisa social, de colarinho, manga comprida e de botões, provavelmente é   honesto, exceto , como citei anteriormente   tratar-se de um  golpista. Se estiver com camisa tipo Polo (aquela do jacarézinho e do homem sobre o cavalo) ou camiseta  - fique esperto.     Fique de olho. Não durma no banco da rodoviaria se ele estiver por perto. Até a mala que você usou como travesseiro será levada. Tamanha é a habilidade deles e profundo o seu sono.

A preferencia por camisetas sem botão também é estratégica. Se durante uma fuga alguém tentar detê-lo segurando pela camisa,  com uma manobra digna de malabarista de circo e dançarino de ballet, escapa deixando a camiseta na mão da pessoa.   Correrá sem camisa até encontrar o primeiro varal dando sopa.

Se for  nos  meses de  inverno, eles gostam de jaquetas de couro (ou imitação) preta com  bolsos internos e externos.   Geralmente   mantém  as mãos nos bolsos até encontrarem a chance de  atuarem.   No bolso trazem  cigarro, canivete, isqueiro, e produtos do último roubo.

Outra jaqueta preferida são aquelas  com capuz.   Elas  ajudam  esconder sua identidade. Por debaixo dele, planeja quem será a próxima vitima. Cuidado com os encapuzados, principalmente a noite.  Se o clima não estiver frio ou chuvoso, os encapuzados são suspeitos número um. Portanto se você ver um sujeito com blusa de capuz e um sol de rachar – desconfie.

Geralmente ladrões não usam blusas de lã, destas feitas na China.  Agora examine os braços.  Caso estejam descobertos. 

Acessorios

Relógios – pulseiras, bijuterias – joias .

Geralmente  não usam relógio, bijuterias, pulseiras ou joias.  Afinal para que eles necessitam saber a hora, se nunca tem compromisso marcado? Roubos acontecem nas horas mais inesperadas. É questão de oportunidades.

 Se  estiver  usando  um relogio, provavelmente  é roubado e está mostrando para vendê-lo.   O preço geralmente e cinquenta por cento do valor de mercado. Eles fazem qualquer negocio baseados no preço de custo  que é zero. O  único investimento foi o risco.  Ladrões geralmente ficam irritados quando descobrem posteriormente que roubaram uma réplica. Quando descobrem no ato do  assalto, coitada da vitima se ele tiver um coração ruim.  Sim existem ladrões com resquícios de bondade que até pedem desculpas e devolvem o roubo.  Um entre mil.

Vender rápido o relógio roubado, será um incentivo para  ele providenciar outro.  Obviamente novamente usando a mesma estratégia.

Eles não usam relógios pois não precisam se apressar para pegar a condução (ônibus, trem, etc).   Eles tem todo o tempo a seu favor.   Geralmente  dormem durante o dia e trabalham a noite.   Ladrões não levantam antes das 10 da manha a não ser que a Policia esteja na área como acontece nos morros do Rio de Janeiro.    Está aí a explicação porque a Policia sempre começa operações especiais antes das 6 da manhã.

Anéis e alianças  -    Geralmente não  usam  alianças   seja na  mão esquerda ou direita.    Nunca ficam noivos -  sempre estão trocando de namorada para não atrair suspeita  e ela descobrir suas atividades extras curriculares e pergunte onde é o seu local de trabalho.

Na esquerda porque  raramente   se casam.   Quando decidem um compromisso mais duradouro  simplesmente juntam os panos com alguma mulher aventureira ou desesperada, as vezes também envolvida nas atividades criminais.   Neste caso  nao funciona a lei que os opostos se  atraem,  mas justamente o contrário.  Ambos cursam a mesma escola da vida errante.

Imagine uma criança na escola, filha de um ladrão amador ou profissional, quando  lhe perguntam  qual é a profissão do seu pai. As vezes conseguem responder com sabedoria -  Serviços gerais!

Obviamente existem ex-ladrões, regenerados, arrependidos, frustrados com o crime,  convertido, etc.   Eles merecem uma segunda chance.  O que não podem é abusar das oportunidades, caso contrário voltarão para o presidio onde se aposentarão sem desfrutarem dos recursos  magros da Previdência.

A cabeça – Ultima parte do reconhecimento

Raramente um ladrão usa cabelo comprido, tipo hyppie, artista de novela da  Globo,  cabelo tipo rabinho que amarra com elástico.   Facilmente seria   identificado

Foi um sujeito cabeludo que me roubou – dirá a vitima ao Delegado de plantão.

    Pode ter sérios problemas durante a fuga.   Se for batedor de carteira, poderá ser interceptado por transeuntes que o  segurarão  pelo  cabelo, e como Sansão, da Bíblia, perderá a força e velocidade.

Se for um ladrão motorizado,  (moto) , terá dificuldade para colocar o capacete com rapidez. Se estiver de carro, deve tomar cuidado para não fechar os vidros e deixar parte do cabelo para o lado de fora.  Não é a toa que a maioria dos ladroes são carecas ou quase. Tem sentido.  Quando não é careca  por completo, gostam de cortá-los com a lamina   de corte número 1 e 2. 

Também há  aqueles que já foram presidiarios e acostumarem com o corte  à moda penitenciaria. Alô Cabral!

Importante -  Nestes dias de Direitos humanos plenos cuidado no julgamento.  Discriminação pode trazer complicações –  não julgue ninguém pela cor da pele.  Isto depende do contexto e local.

Em Salvador por exemplo,  pessoas de pele escura perfazem a maioria da população. Voce não poderá dizer – Aquele sujeito tem cara de ladrão.  Suspeitar de alguem por esta razão é politicamente e humanamente errado.  Você terá que julgar apenas pelo comportamento suspeito do suspeito.

Em São Paulo , devido a grande miscigenação você  poderá ter surpresa -  ladrões  podem ser  branco, negro, moreno, queimadinho de praia, desbotado, etc.  Se você for ao  bairro da Liberdade poderá ser assaltado por um de olho puxado que perdeu os laços culturais de seus ancestrais, que geralmente são honestos e trabalhadores. Pode ser um ovelha negra da família!

Se voce estiver em Curitiba, Florianopolis, Porto Alegre, não se equivoque – você deparará com ladrões loiros e de  olho azul. Não se deixe levar pela aparência.

Acessorios

Boné -  Ladrão gosta de usar  boné ou gorro.   Gente  usando chapéu de palha ou de couro estão descartados de suspeição.  O boné ajuda  esconde sua identidade quando  caminha na rua. Por debaixo da lapela frontal,   seus olhos  giram como  o de  camaleão buscando oportunidades – um carro com a janela aberta,  chave na ignição, um celular dando sopa, uma bolsa descansando, uma carteira pedindo para ser roubada, um carro de entrega com as portas traseiras abertas.

Obviamente ele  muda  frequentemente o boné.  Pois a última vitima poderá dizer na delegacia:

 – Foi um sujeito com um boné vermelho com uma estrela no meio.

E o que estava escrito no boné perguntará o delegado.

- Parece que era Universidade de  Ohio.

Óculos -  Geralmente  não usam a não ser escuros (tipo ray ban de qualquer marca).  Ladrões com problemas  de visão, seja  estigmatismo ou miopia não tem  futuro.  Será preso no começo da carreira e vai mofar na cadeia.  Será dificil até para fugir do presidio se tiver oportunidade.

Estes com problemas de visão terão  que   especializar em outras areas do crime como venda de drogas,  documentos falsos,  botijão  vazio de gás,  fraudes online e golpes em geral.

Ladrões de rua, especialmente batedores de carteira gostam de usar oculos escuros pois dissimulam suas atividades.  As vezes voce até pensa que o sujeito é cego, se ele ficar parado muito tempo num  local.    Pela direção que o ladrão está olhando  voce imagina que está olhando para o outro lado da rua, quando na verdade seus olhos estão na sua bolsa,  carteira, celular alheio.

Com o avanço da tecnologia, os ladrões tambem evoluem.  Estão mais sofisticados.  Antes  assaltavam bancos, agora querem o caminhão todo e até o escritorio da Companhia transportadora.

Hoje usam carros para fuga. Não demora terão aviões,  helicopteros e num futuro próximo, motos voadoras.  Antes usavam arma calibre 38, hoje,  agora   fuzis e metralhadoras.

Antes arrombava.  Agora explodem.

Na próxima aula  daremos dicas como reconhecer ladrões online.

Chegamos ao final.   Por favor não sinta que teve seu tempo roubado .  Estas informações são importantes e na proxima ida ao centro da cidade poderá colocar em pratica.  Porém recomenda precaução para não julgar inocentes.

Publicado
Visualizações
154
Votos
1