Culpa

FAMÍLIA X CULPA X AUTOCONHECIMENTO

Como viver em um contexto familiar ou iniciarmos a nossa própria família sem nos conhecermos de verdade? Sabermos como iremos reagir a situações extremas? Costumo guardar sentimentos de mágoa, rancor?

 O que é culpa? É quando vivenciamos alguma situação de uma maneira que nos marcou profundamente negativamente e não sabemos como revertermos esta situação. Existe algo assim no seu coração? Enquanto não nos conhecermos de verdade, sem medo do que iremos encontrar interiormente (sentimentos de inveja, egoísmo, preconceito, orgulho,...) não dá para viver ou conviver com alguém por inteiro, pois estaremos sempre cobrando reações, atitudes, que nem sempre será o que esperamos. Vai haver sempre insegurança, medo de estarmos errados e aí tomarmos decisões que nos farão sentirmos culpados.

Até onde somos responsáveis pela felicidade, infelicidade, enfim pela vida do outro com quem convivemos, filhos, companheiros...? A partir do momento que vivemos a vida do outro, nos esquecemos da nossa e vamos desenvolver doenças psicológicas e até mesmo físicas (depressão, ansiedade, síndrome do pânico, insônia, medo, insegurança, dores sem causa específica).

A culpa leva a separações conjugais? Por que? Bem , quando nos sentimos culpados de algo, estamos doentes psicológicamente e não estamos em condições de dialogarmos, impor limites aos filhos, resolver situações mesmo que as mais corriqueiras do nosso cotidiano. Então vamos nos distanciando, brigas, um colocando a culpa no outro. Como evitar que as situações, originadas pela culpa que criamos interiormente, saiam do nosso controle? Primeiramente você deve se conhecer interiormente, de verdade, fazer uma autoanálise diária das atitudes que tomou que você não ficou contente consigo mesmo. Sou rancorosa, permissiva, tomo atitudes levadas pelo calor do momento (raiva, vingança,...), não consigo impor limites aos meus filhos? Depois pensar que cada um é responsável pelas suas atitudes e pelas consequências advindas delas. Que família é uma união de sentimentos diferentes e intensos, nem sempre fáceis de lidarmos com eles. Se nos conhecermos de verdade, vamos conseguir ter um maior autocontrole para nos posicionarmos. Sempre dá para revertermos uma situação que está nos fazendo mal. Existem palavras mágicas como pedir desculpas, reconhecer que errou, ouvir mais, se colocar no lugar do outro. Será que na mesma situação você teria feito melhor? Enfim esgotar todas as possibilidades de entendimento. Procurar ajuda, familiar ou profissional, se for algo muito pesado e difícil para você resolver sozinho e ter sempre a consciência que naquele momento você fez o melhor que pode.

Publicado
Visualizações
116