Contribuições do Materialismo Histórico Dialético para a educação

A educação é um campo de atuação humana interdisciplinar, sendo permeado por diversas áreas do conhecimento cientifico. Nesse artigo escreveremos sobre as contribuições do Materialismo Histórico Dialético para o campo da educação.

O indivíduo, segundo Trivinos (1987), é entendido pelos cientistas materialistas a partir da maneira como ele se relaciona com o seu meio, com os outros sujeitos e com o modo de produção atualmente vigente, essa relação é o que se chama de ser social. As crenças, a subjetividade e o psiquismo são considerados ao se estudar o ser social na medida em que se relacionam com as atividades exercidas pelo sujeito dentro da sociedade, em particular o trabalho.

A educação, para os cientistas materialistas, seria o local de grande importância para se passar do senso comum à prática da reflexão filosófica e dialética sobre o mundo baseada na teoria. Sendo que esse movimento anteriormente descrito abrange tanto alunos e alunas quanto as próprias educadoras e educadores. No entanto, a educação também pode ser utilizada a serviço da alienação das massas, promovendo modos errôneos de interpretar a realidade (ideologia) para facilitar a submissão dos indivíduos ao sistema opressor vigente. Devido a isso, entende-se a escola como uma instituição que funciona na lógica da contradição, respondendo a vários interesses diversos ao mesmo tempo. (CURY, 2011)

A matriz epistemológica materialista possui grandes contribuições para a educação atual, desde noções sobre a importância da sociabilidade na formação individual até uma reflexão sobre os objetivos do ensino regular.

Referências Bibliográficas:

CURY, Carlos Roberto Jamil. Educação e contradição: elementos metodológicos para uma teoria crítica do fenômeno educativo. Em Aberto, v. 3, n. 22, 2011.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. O positivismo; a fenomenologia; o marxismo. Atlas, 1987.

Publicado
Visualizações
864
Votos
1