Contribuições do positivismo para a educação

A matriz epistemológica positivista esta fortemente presente no mundo cientifico atual, sendo utilizada em pesquisas cientificas, politicas publicas e na construção de currículos escolares. Nesse artigo iremos nos ater as contribuições positivistas para a educação atual.

Para Silva (2004), os pensadores positivistas interpretam a educação como um processo de grande importância, no qual, através da lógica e da transmissão de conhecimentos científicos, é possível contribuir para a formação de indivíduos instruídos e de uma sociedade melhor. Através da repetição e da prática seria possível instruir sujeitos, mentalmente e fisicamente, para serem cidadãos lógicos e produtivos. A educação então deveria abandonar qualquer pretensão humanista e religiosa e focar-se apenas em seu caráter positivo e científico, pois, para os pensadores dessa linha, é a razão e a ciência que possibilita o bom funcionamento da sociedade.

A educação brasileira sofre influências da corrente positivista até os dias de hoje, ela motivou fortes práticas de higienização na escola com o intuito de ensinar hábitos e modos de agir considerados saudáveis, assim podendo ocorrer um maior aproveitamento da apreensão do conhecimento. Outra grande influência na educação foi a organização do currículo brasileiro, o qual dá ênfase nos conteúdos científicos necessários para a formação da futura classe operaria. (SILVA, 2004)

O positivismo possui grandes contribuições para a educação atual, desde as concepções de educação e escola até a influência nos currículos e politicas publicas da educação brasileira.

Referências bibliográficas:

SILVA, João Carlos da. Utopia positivista e a instrução pública no Brasil. Revista HISTEDBR online. Campinas, n. 16, p. 10-16, dez. 2004. 

Publicado
Visualizações
1.700